Selhorst comenta planos da ULM para 2011

Por Chico Limeira | Foto por Divulgação | 11 de dezembro de 2010 - 21:19

Em assembleia ocorrida no dia 27 de novembro, na San Juan, Porto Rico, foi realizada a eleição da nova diretoria da União Latino Americana de Motociclismo – ULM, para os próximos quatro anos. O empresário Reinaldo Selhorst, presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, foi eleito vice presidente na chapa encabeçada por Pedro Venturo, do Peru. Selhorst é o primeiro brasileiro a ocupar cargo de vice presidente da entidade, que agrega todos os países que compõem as Américas do Sul e Central.

Dos vinte presidentes das confederações presentes na reunião para a escolha da nova diretoria da ULM, Reinaldo conseguiu a adesão da maioria absoluta. Segundo Reinaldo, para chegar até a eleição, um longo trabalho foi realizado, num projeto iniciado ainda em 2003, quando da realização da etapa do Latino Americano de Motocross, com recorde Mundial de público presente na cidade de Ouro Preto do Oeste. De lá para cá, muitos outros eventos foram realizados no Brasil, sempre com total profissionalismo, o que credenciou Selhorst a ser indicado ao cargo.

Outro passo importante foi dado em 2009 com a implantação do projeto de crédito de carbono, que tem como finalidade preservar o Meio Ambiente, controlando e combatendo a poluição causada pelos gazes dos motores, além de realização do plantio de árvores como trabalho de reposição dos danos causado a natureza. O feito que foi novamente realizado durante o Latino Americano de 2010, na cidade de Cacoal é pioneiro e ganhou reconhecimento internacional durante o evento ocorrido recentemente em Porto Rico, onde Selhorst foi agraciado com uma comenda.

Além destes relevantes trabalhos prestados por Reinaldo Selhorst, foi preciso ainda todo um trabalho de bastidores por parte do presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, Alexandre Caravana e próprio Selhorst, presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR. “Tudo isso, aliado ao prestigio do motociclismo brasileiro nos rendeu a confiança do conselho latino-americano na eleição para o cargo de vice presidente da entidade”, completou Reinaldo.

Reinaldo é um batalhador em prol do Motocross

Reinaldo é um batalhador em prol do Motocross

Um outro ponto determinante em favor do vice presidente eleito da ULM é o teor de responsabilidade e seriedade com que são tratado os acontecimentos relacionados aos eventos realizados em território nacional. No lamentável episódio ocorrido durante as etapas Brasileiras do Campeonato Latino Americano de 2010, sete motos foram roubadas na saída de Brasília para Rondônia. Reinaldo assumiu a o compromisso, alugando motos de primeira linha para os pilotos de gringos, que inclusive venceram a prova. Após as motos roubadas terem sido recuperadas pela polícia brasileira, o presidente da FMR mais uma vez assumiu a responsabilidade enviando as máquinas dos estrangeiros aos seus países de origem.

Passado o processo eletivo, de acordo com Reinaldo Selhorst, agora é colocar em prática os vários projetos, entre eles de buscar alianças com os países ainda sem muita tradição em celebrar eventos, trabalhando a parte política governamental, na divulgação do motociclismo, nas modalidades de um modo geral. “Nosso objetivo é promover grandes eventos de motociclismo nas diversas modalidades, também nos países onde a modalidade não é uma tradição”, confirmou o vice presidente.

Reinaldo frisou ainda que com sua eleição a vice presidente da ULM, quem ganhará será o Brasil, que passa a ter grande representatividade no cenário internacional. Já para 2011, Selhorst anunciou que Rondônia receberá a etapa final do Campeonato Latino Americano de Motocross, enquanto que para 2012, o vice presidente já trabalha para que o Estado possa sediar uma etapa do Motocross das Américas, evento que reunirá os três melhores pilotos de cada país latino, mais representantes do Canadá e Estados Unidos. Com o prestígio conquistado pelo atual vice presidente, o motociclismo de Rondônia e do Brasil ganham uma nova força a partir desta eleição.

Ex- piloto de Motocross, pioneiro da modalidade em Rondônia e presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR por vários mandatos seguidos, Reinaldo Selhorst que também já ocupou cargo de vice presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, é o responsável direto pelo bom nível do motociclismo rondoniense. Segundo Reinaldo, para alcançar todo esse prestígio, foi fundamental o apoio do senador Valdir Raupp e deputada federal Marinha Raupp (PMDB-RO), grandes incentivadores do motociclismo de Rondônia e brasileiro.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Josimar !!

Infelizmente depois de ter conquistado o título de campeão Brasileiro de Motocross MX2 em 2008 , o Rodrigo naum conseguiu acertar contrato com nenhuma equipe para 2009 e num primeiro momento estaria dando um tempo na carreira

E em 2009 o Rodrigo resolveu se dedicar aos estudos de administração de empresas e trabalhar nas empresas da família.

E seu retorno que poderia ter acontecido em 2010, acabou naum ocorrendo p q tiveram boas propostas para ele retornar ao Brasileiro de Motocross

Em 2009 e em 2010 o Rodrigo acabou correndo algumas etapas do Rondoniense de Velocross para curtir um pouco e ajudar a promover os eventos

Falowwww

Jorge

josimar disse:

gostaria de saber noicia do seu filho rodrigo

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly