Fietz é campeão Brasileiro de Velocross VX1 e VX2

Por Adriano Winckler | Foto por Divulgação | 13 de dezembro de 2010 - 16:27

Vamos recapitular a sétima e última etapa do Campeonato Brasileiro de Velocross 2010, em evento realizado no domingo retrasado. Como era previsto, o dia foi de muita chuva e barro no encerramento da temporada 2010 do Velocross Brasileiro que aconteceu no primeiro final de semana de dezembro, dias 4 e 5, na cidade da Lapa, no Paraná. Muitas categorias ainda não tinham seus campeões definidos, então o jeito foi encarar o barro. Os treinos de domingo foram cancelados, e os pilotos deram uma volta na pista antes de alinharem no gate.

O catarinense Lui Fietz foi o grande nome do Campeonato Brasileiro de Velocross em 2010. Sempre com resultados consistentes e regulares ao longo do ano, o piloto de São Bento do Sul, Santa Catarina, nem sequer precisou vencer na última etapa, disputa em Lapa, no Paraná. Com dois segundos lugares, Fietz garantiu o título das duas principais categorias da modalidade, a VX1 e a VX2.

Correndo em casa, o paranaense Paulo Stedile, ex-campeão brasileiro, ficou com a vitória ficou na VX1. Fietz foi o segundo, com Luciano de Oliveira na terceira colocação. Com o resultado, além do título de Fietz, Stedile terminou a temporada como vice-campeão. Já na VX2 a vitória foi de Thiago Calixtro, seguido por Fietz e Tiago Pykocz, respectivamente em segundo e terceiro. Lui foi o campeão e seu irmão, Luis Felipe Fietz o vice.

Na VX3 Importada, a vitória foi de João Francener, seguido por Marcio Borox e Giovane Pick. Com esse resultado, Pick foi o campeão, com 150 pontos, contra 140 de Francener, o vice. Na VX3 Nacional, a vitória foi de Marcelo Marques, seguido por João Francener e Osmar Traiano. Francener foi o campeão na VX2, com 65 pontos de vantagem sobre o vice, Marco Farias, com 85.

Entre as Nacionais, Jacson Keil venceu a prova da Força Livre, seguido por Marcos Wudarski e Flavio Cassou. O título já pertencia a Fernando Dieter e Jacson Keil foi o vice. Na 230, vitória de Jacson Keil, mas o campeão foi Douglas de Oliveira, que foi 2º na corrida. Guilherme Silva ficou com o vice-campeonato. Na 250, vitória de Marcos Wudarski, mas o campeão foi Guilherme Silva, com Douglas de Oliveira como vice.

A 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de Velocross foi uma realização de Vini Moto Peças e Leandro Baggio. A organização foi da Federação Paranaense de Motociclismo e a supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo. O evento teve o apoio da Jarva Racing e patrocinio oficial da Pro Tork a maior fabrica de moto peças da America Latina.

Clique aqui e confira o resultado da sétima etapa do Brasileiro de Velocross 2010

Clique aqui e confira a classificação do Brasileiro de Velocross 2010 após sete etapas

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly