Relembrando a grande final do Arena Velocross 2010

Por Joseane Bulle | Fotos por Valter Guilherme | 25 de dezembro de 2010 - 9:54

No sábado passado, 18 de dezembro, o Parque de Eventos em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, capital do Paraná, presenciou momentos decisivos da grande final do Campeonato Paranaense de Arena Velocross 2010.

Como em todas as etapas do Arena Velocross, não tem como deixar de comentar sobre a mega estrutura do evento. Foram mais de 160 pessoas trabalhando na organização para poder deixar tudo pronto para receber o público e pilotos. Além disso, o espaço onde foram realizadas as etapas é perfeito. É todo coberto, com arquibancadas, banheiros limpos e um amplo estacionamento.

Leonardo foi o vencedor da categoria Intermediária

Leonardo foi o vencedor da categoria Intermediária

O evento foi um sucesso de público e de pilotos. Nesta etapa o evento teve a honra da presença de grandes feras, que fizeram e fazem parte da história do Motocross brasileiro, sendo eles: Eduardo Saçaki, Guilherme Boeing, Marlon Olsen, Davis Guimarães, Arrepiado, Nasri Sarkiss, Jean Ramos e Rafael Faria.

Na parte da manhã rolaram os treinos e a competição estava bem acirrada para a classificação das provas e quem ficou com o menor tempo foi Rafael Faria que fez o tempo de 35.349 na VX1 e 35.619 na VX2.

A noite chegou com muita adrenalina e velocidade nas pistas. Na VX3 especial, Davis Guimarães venceu a prova. Lucas Gobor ficou com o primeiro lugar na categoria 50.

Campeão Brasileiro de Motocross na MX3 Davis venceu na VX3

Campeão Brasileiro de Motocross na MX3 Davis venceu na VX3

Na categoria 230, David Souza de Oliveira conquistou a primeira colocação. O primeiro lugar do pódio da 65 ficou com Matheus Galves de Souza. Na Estreante Especial quem venceu foi Guilherme Henrique.

Joaninha entregou os troféus para garotada da 65

Joaninha entregou os troféus para garotada da 65

Silvio Roberto Alchini chegou em primeiro na 250cc e na Força Livre Nacional. Jean Ramos venceu a prova da VX1 e VX2. Na oitentinha, Gustavo Oliveira fez o menor tempo. Na intermediária, Leonardo Cassaroti ficou com o primeiro lugar.

Mais um espetáculo desta prova foi o desafio entre os melhores pilotos do Paraná e Santa Catarina. Uma prova com oito pilotos de cada Estado, e quem saiu na frente foi Jean Ramos, seguido de Rafael Faria, seguido de Lui Fietz. Os pilotos dos dois Estados tiveram um ótimo desempenho, mas quem levou a melhor foi o Paraná, com a vitória de Rafael Faria.

Jean Ramos venceu tanto na VX1 como na VX2

Jean Ramos venceu tanto na VX1 como na VX2

Para fechar com chave de ouro e deixar a galera com o coração na mão, Joaninha e sua equipe entraram na pista desafiando a lei da gravidade com seus saltos e manobras com mais de 10 metros de altura, arrancando aplausos e suspiros do público. Esta foi a segunda vez que Joaninha levou seu espetáculo aos expectadores do Arena Velocross.

Vídeo dos principais momentos da final do Arena Velocross 2010

Imagem de Amostra do You Tube

A equipe de Cale Neto Entretenimento agradece e deseja um próspero ano novo a todos os pilotos,  patrocinadores e público que andaram junto nestas três etapas, e que graça a eles o evento é um grande sucesso. E no próximo ano o Arena Velocross virá ainda com mais força e novidades.

A terceira e última etapa do Campeonato Paranaense de Arena Velocross 2010 foi uma organização de Cale Neto, com apoio da Prefeitura de Campina Grande do Sul, supervisão da Federação Paranaense de Motociclismo e patrocínio oficial da Pro Tork, a maior fábrica de moto peças da América Latina, Apolar MRV, Motul, Mundial Prime e Monster Energy.

Clique aqui e confira o resultado completo da terceira etapa do Arena Velocross 2010

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly