Silly Season Motocross Brasileiro 2011

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 25 de janeiro de 2011 - 10:27

Bom, em primeiro lugar, o que é Silly Season ? É um termo muito usado pela imprensa na Fórmula 1, que denomina um momento de estagnação, entre o fim de uma temporada e o início da próxima, onde as equipes estão negociando com patrocinadores e pilotos e acabam não dando muitas informações do que está acontecendo para não atrapalhar as negociações. E foi daí que surgiu o Silly Season, onde as especulações e palpites são externados. Alguns destes palpites acabam se tornando realidade.

Ok, vamos começar a falar dos nomes daqueles pilotos que já se tem algum tipo de informação ou dica sobre o seu possível futuro, e aí depois iremos complementando as informações para ver quem vai andar por quem. Algumas poucas equipes já confirmaram seus pilotos, mas a grande maioria ainda estão definindo seus futuros.

Nem todos os nomes dos pilotos que irão disputar as competições nacionais de Motocross estão nesta lista, por ainda não termos tido contato com eles ou por não termos recebido informações sobre seus futuros no esporte, e nisto você poderá ajudar se tiver alguma informação sólida sobre o que qualquer um dos pilotos, ou equipes estão planejando fazer em 2011, pois iremos atualizar a lista, independente de quais campeonatos os pilotos e equipes irão disputar, semanalmente, até o final do mês de fevereiro.

Em 2011 a temporada de competições nacionais promete um campeonato a mais que em 2010. No ano que passou foram disputados o campeonato Brasileiro de Motocross, a Superliga de Motocross e o Arenacross. Para 2011 a CBM promete a realização de mais um campeonato, o Brasileiro de Supercross, que não é disputado deste 2008.

O campeonato Brasileiro de Motocross está programado, assim como nas últimas temporadas, para ser disputado em oito etapas durante o ano, e a Superliga de Motocross em cinco etapas no primeiro semestre. No Arenacross a previsão são de seis etapas no segundo semestre. Já no Brasileiro de Supercross, a CBM agendou dois finais de semana no final do ano para este campeonato, mas não esclareceu se serão duas etapas, ou se serão quatro etapas, sendo disputadas corridas no sábado e no domingo de cada final de semana.

Silly Season Motocross Brasileiro 2011

Anderson Amaral
O paulista Anderson Amaral, campeão de tudo em 2010 na categoria 85, deverá permanecer na equipe 2B Duracell Racing, mas tem proposta de equipe Satélite da Honda.

Anderson Cidade
O catarinense Anderson Cidade, piloto que fez parte do time do Brasil no Motocross das Nações 2010 nos Estados Unidos, tem proposta para renovar contrato com a Yamaha / Geração, mas também tem propostas de equipes Satélites da Honda.

Ariel Müller
O gaúcho Ariel Müller, que em 2010 se dedicou a categoria MX1 no campeonato Brasileiro de Motocross, voltará a focar a categoria MX2 em 2011. Ariel vai permanecer no esquema da Müller Racing, que tem o patrocínio master da Calçados Ramarim, e já fechou o patrocínio das roupas com a MSR, sendo que a equipe ainda está negociando para fechar os co-patrocinadores para a temporada 2011.

Cristopher Castro
O catarinense Cristopher ‘Pipo’ Castro, que correu pela equipe 2B Duracell Racing nas duas últimas temporadas, tem proposta de voltar para a equipe Geração/Yamaha, empresa que o patrocinou nas temporadas de 2007 e 2008.

 

Pipo Castro tem propostas da 2B Racing e da Geração / Yamaha

Pipo Castro tem propostas da 2B Racing e da Geração / Yamaha

Davis Guimarães
Pelas conquistas na temporada de 2010, tendo o direito de usar em 2011 o número 1 tanto no Brasileiro de Motocross, como na Superliga de Motocross na categoria MX3, o paranaense Davis Guimarães deve renovar o seu contrato com a equipe oficial Pro Tork Racing Team para a temporada deste ano.

Djalma Brito
O paulista Djalma Brito, o Djalminha, campeão da Superliga de Motocross na categoria 65, fechou com a Kawasaki para correr as temporadas de 2011 e 2012 nas categorias 65 e 85. Conforme a assessoria do jovem piloto, ele espera fechar com um grande patrocinador nos próximos dias.

Douglas Parise
O gaúcho Douglas Scartazzini Parise, o ‘Duda’ que em 2010 montou um ótimo esquema com o Team Sananduva, que tinha o patrocínio de empresas e apoio daquele município do Rio Grande do Sul, tem tudo para permanecer com o esquema em 2011, mas por outro lado Duda recebeu convite para fazer testes para a equipe Honda.

Eduardo Lima
O vice-campeão Brasileiro de Motocross MX2 em 2010, Eduardo Ferreira de Lima, o ‘Dudu’ ou também ‘Camundongo’, como era chamado nos tempos de moleque, permanecerá na equipe oficial Vaz / Kawasaki tendo Marcello Ratinho, seu irmão mais velho, como companheiro de equipe.

Endrews Armstrong
O paranaense Endrews Armstrong, campeão Brasileiro de Motocross na categoria 85 em 2009, foi perguntado pelo site Mundocross sobre a equipe para 2011, e ele não confirmou nada, dizendo que estava em negociações, mas a lógica diz que ele permanecerá na equipe satélite Dunas / Honda, passando a competir com motos 250F.

Enzo Lopes
O jovem piloto gaúcho deve estar se mudando para os Estados Unidos neste ano, mas ele quer vir correr as etapas dos campeonatos nacionais de Motocross nas categorias 65 e 85. No Brasil Enzo terá o patrocínio da Pirelli e também o apoio da loja Léo Motos, que é da família e deverá renovar com a Freeday. E a novidade é que Enzo informou que andará de Kawasaki em 2011.

Gabriel Gentil
O extrovertido Gabriel Bitencourt Gentil, o ‘Gabico’, que em 2010 correu pela equipe oficial Geração / Yamaha, deverá assinar nos próximos dias contrato com a equipe paranaense MX Parts / LS Racing, satélite da Honda.

 

Gabriel Gentil deve assinar com satélite Honda para 2011

Gabriel Gentil deve assinar com satélite Honda para 2011

Gustavo Amaral
O paulista Gustavo Amaral, que em 2010 correu pela 2B Duracell Racing, comentou para o Mundocross que está negociando a renovação com a 2B Racing. Ele pretende correr o Brasileiro de Motocross, Superliga de Motocross e Arenacross. E também o GP Brasil de Motocross e o Latino Americano, todos na categoria MX2.

Gustavo Pessoa
Nesta ano o jovem piloto paulista Gustavo Pessoa estará em mais uma temporada na companhia de Roosevelt Assunção e de Hector Assunção, irmão mais novo de Roosevelt, na equipe satélite Itamaracá / Honda, que nas próximas semanas deve fechar com mais alguns patrocinadores.

Hector Assunção
O ex-campeão Brasileiro de Motocross na categoria 85, o paulista Hector Assunção, será colega de equipe de seu irmão Roosevelt, na equipe satélite Itamaracá / Honda, pilotando na categoria MX2. A equipe ainda está negociando com mais alguns patrocinadores.

Hugo Amaral
O piloto rondoniense já teve confirmado a renovação de seu contrato com a equipe satélite Mastter Moto / Honda, devendo competir no Rondoniense de Motocross, que começará em abril. Mas antes ele irá participar da Superliga de Motocross, e deseja ainda disputar o Arenacross em 2011.

Humberto Martin
O venezuelano Humberto Martin, piloto que já foi campeão Latino Americano de Motocross MX2, deverá assinar contrato com a equipe satélite MX Parts / LS Racing / Honda para provavelmente ser companheiro de equipe do catarinense Gabriel Gentil e do gaúcho Leonardo Lizott, já que um dos donos da equipe, o paranaense Leandro Silva, deve renovar seu contrato e continuar como piloto da equipe oficial Honda.

Janaina Todeschini
Uma das novidades da catarinense Jana Todeschini, que corre no campeonato Gaúcho de Motocross, é que ela trocou a Honda pela Kawasaki, e já está correndo com uma KXF 250. E ela pretendo disputar o campeonato Gaúcho de Motocross nas categorias Feminina, Estreante Importada e MX3, e também todo o Campeonato Brasileiro de Motocross Júnior nas categorias Feminina e Júnior. E ainda planeja disputar algumas etapas do Catarinense, do Brasileiro e da Superliga de Motocross.

Jethro Feula
O piloto gaúcho Jethro Feula, que em 2010 esteve afastado das competições, deve voltar com tudo em 2011. Ele vai andar de KTM com apoio da Casa de Máquina / KTM / Pro Race Suspensões. Ele ainda está buscando mais patrocinadores para completar o orçamento para poder competir nos campeonatos Gaúcho de Motocross e Brasileiro de Motocross, e ainda em algumas etapas da Superliga de Motocross nas categorias MX1 e MX2.

João Marronzinho
Em relação ao piloto João Paulino da Silva Jr., o ‘Marronzinho’ , tri-campeão Brasileiro de Motocross MX1 e campeão da Superliga de Motocross MX1, ele renovou com a equipe oficial Honda, mas teve proposta da equipe oficial Geração Motos / Yamaha.

 

Marronzinho permanecerá na equipe oficial Honda em 2011

Marronzinho permanecerá na equipe oficial Honda em 2011

João Pinho
O gaúcho de Torres, João Pedro Pinho Ribeiro, campeão Gaúcho e vice Brasileiro de Motocross de 2010 na categoria 85, passará a competir na categoria 250 pilotando uma YZF nas categorias Intermediária e MX2 no Gaúcho de Motocross, e na Júnior no Brasileiro de Motocross Júnior em 2011. E terá o patrocínio das Revendas Pinho / Yamaha, Recris, Studio Personal Fitnees e Brasil Racing. Ele ainda está buscando mais patrocinadores para a temporada deste ano.

Jorge Balbi Jr.
O piloto mineiro Antonio Jorge Balbi Jr., que está correndo no AMA Supercross Lites Oeste como preparação para a temporada 2011, correrá pela sua equipe, a 2B Duracell Racing, nas categorias MX1 e MX2 nos principais campeonatos de Motocross e Supercross no Brasil.

Kaio Miranda
O jovem paulista Kaio Miranda, um dos favoritos para os títulos nacionais na categoria 85 em 2011, deverá permanecer pilotando uma Honda num esquema em alguma das equipes satélites da fábrica.

Leandro Silva
O paranaense Leandro Nunes da Silva, o ‘Nando’, que é um dos donos da equipe satélite MX Parts / LS Racing / Honda, deverá continuar esta ano como piloto oficial da equipe de fábrica da Honda.

Leonardo Lizott
O piloto gaúcho, que em 2010 correu pela equipe satélite MX Parts / LS Racing / Honda, deverá continuar na equipe paranaense em 2011, sendo que as partes estão negociando. Em 2011 ele mudará de categoria e andará de 250F. Se a Superliga de Motocross criar uma nova categoria, a Júnior, ele andará nela, se não correrá mesmo na MX2. Sobre os campeonatos que disputará, ele comentou que não sabe exatamente em quais correrá, mas a principio será a Superliga Brasil de Motocross e o Arenacross.

Leonardo Sebben
O gaúcho de Caxias do Sul, Leonardo ‘Léo’ Sebben, vai competir em 2011 no campeonato Regional Centro Serra de Motocross e também de Veloterra, e também no campeonato Gaúcho de Motocross. Ele está avaliando a possibilidade de fazer o campeonato Gaúcho de Velocross também, Quanto a patrocínio ele comentou que está bem encaminhado para ele voltar a fazer parte da Viecelli Racing, sendo que ele está negociando com alguns patrocinadores.

Maiara Basso
A atual campeão Gaúcha de Motocross na categoria Feminina, a piloto Maiara Basso, a ‘Gringa’, informou o site Mundocross que ela irá correr o Campeonato Brasileiro de Motocross Júnior e Gaúcho de Motocross. No Brasileiro de Motocross Júnior ela disputará a categoria Feminina e MXJR, e no Gaúcho na Feminina e Estreante Importada, mas ela ainda não fechou com nenhuma equipe, tendo por enquanto o apoio dos Cereais Basso.

Marçal Müller
O gaúcho Marçal ‘Massa’ Müller, que em 2010 conquistou o título de campeão Brasileiro de Motocross Júnior na categoria MX Júnior, continuará, assim como seu irmão Ariel, no esquema da Müller Racing.

Marcelo Galiotto
O piloto da serra gaúcha, Marcelo Galiotto, de Flores da Cunha, informou que já fechou com o patrocinador master para 2011, que é a empresa da família, a Morangos Galiotto, e agora estaria indo atrás de co-patrocinadores para fechar o orçamento para a temporada deste ano. A principio ele pretendo correr no Gaúcho de Motocross, no campeonato Regional Centro Serra de Motocross e algumas etapas do Brasileiro de Motocross, dependendo dos acertos com os patrocinadores.

Marcello Lima
O vice-campeão Brasileiro de Motocross MX1 em 2011, o paulista Marcello Ferreira de Lima, o Ratinho, permanece no seu esquema na equipe oficial Vaz / Kawasaki, formando novamente a equipe com o seu irmão Eduardo Lima, o Dudu, e tendo como chefe de equipe Gui Lima, que é o pai dos dois pilotos.

 

Gui Lima e Marcello Ratinho continuam na equipe oficial Kawasaki

Gui Lima e Marcello Ratinho continuam na equipe oficial Kawasaki

Mateus Basso
O jovem piloto gaúcho, um dos destaques no Motocross em 2010, e campeão Gaúcho de Velocross nas categorias VX1 e VX2 em 2010, ainda não fechou com nenhuma equipe e a princípio deverá continuar com o apoio da Cereais Basso, provavelmente correrá o Campeonato Gaúcho de Motocross nas categorias MX2 e MX1, e o Brasileiro de Motocross na categoria 230.

Rafael Zenni
O ituano Rafael Zenni já confirmou que continuará na equipe satélite IMS / Honda em 2011, competindo na categoria MX1, sendo que a equipe ainda não definiu os campeonatos que ele disputará em 2011.

Raul Guilherme
Os patrocinadores do piloto carioca Raulzinho Guilherme deverão ser os mesmo de 2010, com a Revenda Yamaha Moto-X, Race-Tech, Motorex e a Mormaii, e ainda a Academia O2 Fitness. Quanto aos campeonatos que irá participar, ele pretende correr algumas etapas do Capixaba de Motocross, mas o foco será o campeonato Carioca de Motocross. Quanto a competições nacionais, a tendência é ele disputar a Superliga de Motocross, que na opinião dele esta mais organizado que o Brasileiro de Motocross.

Roberto Castro
O piloto costa-riquenho Roberto Castro, três vezes campeão Latino Americano de Motocross MX1, está próximo de fechar contrato com a equipe satélite Dunas / Honda. Mas ele também manteve contato com a equipe 2B Duracell Racing para tentar fechar contrato e assim continuar correndo no Brasil em 2011.

Rodrigo Andrade
O piloto sergipano Rodrigo de Andrade Santos, o Rodrigo ‘Lama’, ainda decidiu em quais campeonatos ele irá participar em 2010, mas ele tem planos de correr o Brasileiro de Motocross Júnior, o campeonato Brasileiro de Motocross na MX1 e MX2, e algumas etapas da Superliga de Motocross, fora os campeonatos estaduais pelo Nordeste. Em 2010 Lama correu pela 2B Duracell Racing, mas este ano ele estará mudando de patrocinadores e vai competir de KTM.

Roger Hoffmann
Para 2011 o piloto capixaba Roger Hoffmann vai ter o patrocínio da Holeshot Racing que investirá na preparação da moto, e voltará a ter o apoio da Moto Litoral / Honda e em fevereiro vai estrear uma CRF 450R zero cedida pala revenda Honda. Roger ainda terá o apoio da sua loja, a RH41 Moto Esporte.

Roosevelt Assunção
O ex-campeão Brasileiro de Motocross Roosevelt de Freitas Assunção já teria assinado contrato com a equipe satélite Itamaracá / Honda, mas isto ainda não foi anunciado oficialmente. A equipe ainda terá Hector Assunção, irmão mais novo de Roosevelt, e o jovem Gustavo Pessoa.

Scott Simon
O americano Scott Bradley Simon, campeão Brasileiro de Motocross MX1 e MX2 em 2010, deverá continuar como piloto oficial na Pro Tork Racing Team em 2011, e assim defender o número 1 no principal campeonato de Motocross do Brasil.

 

O americano Scott Simon renovará com a Pro Tork para 2011

O americano Scott Simon renovará com a Pro Tork para 2011

Swian Zanoni
O mineiroca, mistura de mineiro com carioca, já que ele nasceu em Minas, mas mora no Rio, Swian Zanoni Coelho Gomes, deve mesmo ir morar na Europa indo competir na temporada 2011 do campeonato Mundial de Motocross MX2 num esquema com a equipe italiana Martin Racing / Honda. A ida de Swian para o Mundial de MX estaria sendo patrocinada pela Honda do Brasil.

Wellington Garcia
O goiano Wellington Garcia Matos, piloto duas vezes campeão Brasileiro de Motocross na categoria MX1 e duas na categoria MX2 em 2007 e 2009, confirmou que irá continuar competindo pela equipe oficial Honda em 2011.

A Mormaii, empresa que patrocinou a 2B Racing em 2010 poderá aparecer como patrocinadora da equipe Geração / Yamaha em 2011. Este Silly Season teve a colaboração do empresário José Neto, da Impacto Marketing Esportivo.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Neiuton disse:

Bando de ladrão! Viva ao japonês e ao caravana!aqui swianaquele DVD seu só mostra sua camionete!acorda guri Vai aprender primeiro.

moacir disse:

Esse swian zanoni vai longe tambem ele ta indo pra europa legal swian.

david disse:

esse enzo vai longe… já tá indo pros EUA, com 10 anos? legal demais. vai trazer muito pra gente

marquisoel ferraz andrade disse:

so falta voltar oprograma na radio as segundas ,eita programinha baom so

Rossano disse:

e ai galera ,este ano vai bomba as provas…..

massoud nassar disse:

valeu galera estou voltando nesse ano para o br e na liga na mx1 e mx3 estou com uma nova equipe chamada flying racing…..breve mandarei mais detalhes e novidades desde ja agradeço o apoio de todos….abraços

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Adriano !!

Blz, valeu pela sugestão ….. vou entrar sim em contato com o Seu Yasuda para saber se este ano os pilotos poderão correr nos dois campeonatos de Motocross, pois com certeza o Motocross sairá ganhando e muito se isto acontecer

Abração aí, falowww

Jorge

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
E aí Marcelo Viola …..

tenho duas palavras prá te dizer sobre a tua equipe “Pai Trocínio’

Para Béns !!!!

Hehehehehe

É isto aí mano,,,,, naum importa como, o negócio é assssssulerar

Falowwww

Jorge

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Marquisoel e também Caio !!!

Brigadaum pelas palavras de apoio ao Mundocross. E podem ter certeza que o site existe por causa de vocês……. valeu mesmo

E Marqui, eu entrei com contato com o Massoud e ele me informou que irá correr no Brasileiro de Motocross e na Superliga de Motocross nas categorias MX1 e na MX3 correndo pela nova equipe Flying Racing,

Falowww

Jorge

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Vinicius !!!

Eu mantive contato com o Thales Vilardi nesta terça-feira, e ele me passou que ainda não fechou contrato com a KTM, mas que está em negociação e quando fechar algo irá informar o Mundocross.

Falowwww

Jorge

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Tiago !!

A informação extra oficial é que o Swian (já voltou da Europa) e só está dependendo de alguns detalhes da Honda, que irá patrocinar ele no Mundial, para anunciar o mineiro no campeonato Mundial de Motocross MX2 2011.

Falowwww

Jorge

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Aê Fernando !!

Em 2011 o Campeonato Brasileiro de Motocross terá uma nova categoria, a MX4. Já a categoria MX3 sofrerá uma alteração, passando a ser disputada por homens entre 30 a 38 anos, e mulheres de 21 a 38 anos. E será criada a categoria MX4, para homens e mulheres com 39 anos ou mais. As idades serão observadas no dia 1º de janeiro de 2011.

Quanto a Superliga eles liberaram o calendário q pode ser visto aqui no Mundocross (dia 25/01) mas não liberaram o regulamento sobre se terá a categoria MX3 será acima de 30 anos.

Falowwww

Jorge

Adriano Gil disse:

Jorge
Busque informação com o Yasuda se os pilotos da Honda vão pro Brasileiro esse ano.
E se não…pq que não?
Acho que tá na hora dos fãs do esporte se mobilizarem de alguma forma contra essa divisão.
A Honda tá buscando um monte de pilotos que vem se destacando, assim, daqui a pouco acaba o Brasileiro.

Marcelo disse:

O loco!! Esqueceram meu nome: Marcelo
Ribeiro de Alcantara Ramirez Neto da Viola
Piloto Categoria MX 2 – nenhum patrocinio ainda. Somente Pai trocinio
Moto: Kawasaki KXF 2011!! uhulll ta nova heim!
Pneus. O tiver na moto.

Campeonatos que vou participar: A maioria vai ser as tabajaras, mas se meu PAI TROCINIO liberar vai algumas etapas do Brasileiro e tbm pensando no mundial. kkkkkkkkkk (essa foi boa se o PAI TROCINIO liberar kkk igual ao Yasuda kkkkk)

Estou treinando pouco com moto pq preciso ficar forte, somente fazendo corrida a pé, pedalando muito a bike e muito abdominal e flexão (preciso de ombros fortes para segura a motoca kkkk, tbm pego alguns quilos de tijolos nas pernas pq não tenho grana para bancar uma preparação na suspensão da kawa kkk mas vai assim mesmo!).

Se cuidem galera que vou incomodar muita gente este ano na MX 2!!!!!

ABRAÇOS huiahhuhauahiahi

Caio Philipe disse:

Sou fã do esporte, todo ano é uma ansiedade pra saber em quais equipes os pilotos vão se firmar, e fico muito grato com uma matéria como essa.

Agora estou aqui torcendo para os pilotos da Honda andar no Brasileiro de Mx além da Superliga, acho que todos ganharíamos com isso…
Abrs

tiago disse:

o Siaw ja ta confirmado na Martin Race ? ele andou muito esse ano e sem duvida merece a oportunidade, tomara q de certo. era pro balbi ter fechado um esquema parecido ano passado, mas nunca foi divulgado pq nao deu certo o esqeuma…

marquisoel ferraz andrade disse:

valeu jorge (obrigado pelo mundocross existir)

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Vinicius …. o Fernando tá certo ….. o Thales tem tudo para continuar na KTM em 2011

Quanto ao Massoud….. ele nasceu em 1976 e estará completando 35 anos em 2011 e poderá participar da MX3 e neste domingo ele venceu a abertura da Copa Verão de Motocross em Atibaia pilotando uma Yamaha.

E Fernando, quanto a MX3, a Superliga vai liberar o calendário 2011 hoje e provavelmente irá liberar seu regulamento e a CBM terá reunião em fevereiro e aí deverá ser definido o regulamento do Motocross 2011.

Falowwww

Jorge

fernando disse:

O thales vilardi vai andar pela KTM do brasil sendo o piloto oficial ja que a ktm ta de volta a o brasil esse garotp anda muito.
E sobre o swian puxa vida o mineiroca vai fundo esse ano arrebenta la fora que tu tens muito futuro.
O jean vai contunuar na honda mesmo em 2011.
O maior desfalque no brasil mesmo é o swian.
Os campeonatos vao bombarrr.

marquisoel ferraz andrade disse:

volta massuld sou seu fã ;quero ver voce acelerando

Fernando disse:

Boa Tarde,
Alguem sabe alguma coisa como vai ficar a categoria MX-3, se vai liberar para pilotos com 30 anos, antes era 35 anos, e se isso vai ser no Brasileiro ou na Superliga??? se alguem souber por favor comenta… Abraço.

vinicius disse:

Vcs sabem algo sobre o Vilardi?

Ouvi dizer que o Massudão volta esse ano de Yamaha na MX3

Pedro H. #369 disse:

VALEW….
ABRAX…

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Pedro !!

Estamos atrás de info sobre o Rafael Faria , mas se realmente o Gabriel Gentil e o Humeberto Martin forem contratados pela MX Parts / LS Racing, creio que não terá vaga para o Rafael na equipe.

A não ser que o orçamento da MX Parts / LS Racing / Honda aumente em 2011 para daí poderem ter quatro pilotos.

Falowww

Jorge

Pedro H. #369 disse:

E o piloto Rafel Faria que era da LS Racing vai pra onde …. Ouvi falr que vai pra Dunas…. Verdade ou mentira…
Abrax…

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly