Perspectiva 2011 – Pedro Pepê Bueno

Por Sandra Souza | Fotos por Divulgação | 15 de Fevereiro de 2011 - 15:19

Hoje estamos publicando o Perspectiva com um jovem talento do Motocross, que tem tudo para ser um dos grandes do Motocross no futuro. O paranaense Pedro Henrique Rosa Bueno, o ‘Pepê’, vem esta ano num esquema semi-oficial, ocupando a vaga destinada a piloto da categoria 85 na equipe satélite Dunas / Brasil Racing / Honda.

Pepê vai ocupar na equipe a posição que antes era ocupada pelo também paranaense Endrews Arsmtrong, que continuará na equipe satélite, mas a partir deste ano passará a disputar a categoria MX2. Confira agora com exclusividade aqui no site Mundocross, o Perspectiva 2011 do jovem piloto Pedro Pepê Bueno.

Pepê será apresentado hoje como piloto da Dunas / Brasil Racing / Honda

Pepê será apresentado hoje como piloto da Dunas / Brasil Racing / Honda

Placa de 5 segundos no ar. Largou :

Mundocross – Pepê, antes de falar de 2011, faça aí uma  avaliação completa da tua temporada em 2010.

Pedro Bueno – 2010 foi um ano de adaptação, contudo, muito produtivo. Consegui fazer boas corridas, subi no pódio algumas vezes, porém quando estava começando a pegar velocidade fraturei a clavícula e tive de abandonar as pistas por 60 dias, no retorno mudei de moto, voltei com uma moto 4 tempos, me senti muito bem nela, mas já estávamos no final  da temporada, faltou tempo pra eu me adaptar na nova moto, mas no geral 2010 foi muito proveitoso, só tenho a agradecer.

Mundocross – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que irá disputar em 2011, e em quais categorias ?

Pedro Bueno – Tudo indica que farei a Superliga, o Arenacross e o campeonato Paranaense de Motocross na categoria 85cc.

Mundocross – Sobre a sua pré temporada, o que tem planejado para fazer em 2011 ?

Pedro Bueno – Já começamos a pre temporada, estamos muito otimistas, mas ainda temos muito a trabalhar, tenho me dedicado bastante para poder alcançar meu objetivo, que é estar entre os melhores em 2011.

Mundocross – Você irá disputar algum campeonato de verão com o objetivo de reforçar a pre temporada, já que uma competição normalmente dá mais resultado que um treino ?

Pedro Bueno – Corrida é sempre muito bom, mas não temos campeonatos de verão, copas por aqui, mas  com certeza estamos a procura de alguma prova por perto para participarmos e voltarmos ao ritmo de corrida o mais breve possível.

Mundocross – Quais patrocínios e apoios que você já tem fechado para 2011 ?

Pedro Bueno – Ainda estamos finalizando os detalhes, mas podemos falar que demos um grande passo neste ano de 2011, ingressando em uma equipe com pilotos renomados e empresas conceituadas no mercado, que são a Dunas / Brasil Racing / Honda / Pirelli / Motul / Renthal e Pro Circuit.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são seus.

Pedro Bueno – Gostaria de agradecer aos meus pais, patrocinadores, treinador e a todos que torcem e acreditam em mim. Agradeço a Deus que me permite fazer o que mais amo que é andar de moto. E claro, a vocês do Mundocross que ofereceram este espaço bastante oportuno a nós pilotos.

Pepê Bueno é uma das promessas do Motocross Brasileiro

Pepê Bueno é uma das promessas do Motocross Brasileiro

Perfil do piloto Pedro Pepê Bueno

Nome completo : Pedro Henrique Rosa Bueno
Data de nascimento : 11 de julho de 1997
Cidade onde nasceu : Cornélio Procópio – PR
Cidade onde mora : Curitiba – PR
Apelido : Pepê
Moto atual : Honda CRF 150
Principal título: Campeão do Arenacross 2009 na categoria 65
Ídolos no Motocross nacional : Paulo Stedile, Davis Guimarães, Leandro Silva e Jean Ramos
Ídolos no Motocross internacional : Ryan Villopoto e Ken Roczen
Pista favorita no Paraná : Cale Neto Motocross Park
Pista favorita no Brasil : Chapecó
Comida favorita : Pizza
Bebida favorita : Suco de abacaxi
Comida antes das corridas : Macarrão
Bebida nas corridas : Gatorade
Lazer preferido : Jogar game de Motocross
Esporte preferido fora do Motocross : Muay thay
MSN : [email protected]

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly