Veja o que rolou na Copa Verão em Arroio do Sal

Por Sílvio Bilhar | 26 de fevereiro de 2011 - 9:16

Pilotos participantes das 15 categorias da Copa Verão Sobre Rodas de Motocross desembarcaram em Arroio do Sal, no litoral norte do Rio Grande do Sul, no final de semana passado, dias 19 e 20 de fevereiro, para a realização da terceira etapa da Copa Verão de Motocross 2011.

No domingo, dia em que as 4 estações estiveram presentes, quem gostou foi o público que na parte molhada da etapa, presenciou grandes duelos, mas também tombos espetaculares. Veja como foi.

Disputa entre Tchelo e Pinho foi um dos pontos altos da etapa

Disputa entre Tchelo e Pinho foi um dos pontos altos da etapa

Categoria Máster Nacional
Um duelo alucinante desde as voltas iniciais entre Cristiano Bitencourt e Sidnei dos Santos pelo segundo lugar foi o ponto alto da corrida. Na liderança, Alex dos Santos abria vantagem e nas três voltas finais apenas administrou a corrida, apesar de Sidinei ter vencido o duelo e diminuído a diferença na classificação do campeonato. Marcos Zili e Mauro Matos completaram o pódio.

Categoria Feminina
Mais um show na pista da piloto catarinense Janaina Todeschini, que largou na frente das concorrentes na categoria das garotas. Mayrêe Ribeiro, a ‘Gaúchinha’, andou como nunca antes havia andado, e acompanhou a tocada forte de Jana. As duas passaram na quadriculada com pouca diferença. Patrícia Bernardon ficou em 3º, seguida de Joelma Peruchi, Mariana Köenig e Natália Kerschener, que completaram o pódio.

Categoria Importadas A
Tiago Cardeal largou na ponta, com Vinícius Perazzo e Adairton Soares mais atrás. Tiago errou e perdeu várias posições, sendo que o mesmo aconteceu com Lucas Kerchner, que caiu no começo da prova. Adairton foi pra cima, fez a ultrapassagem para chegar à liderança e receber a quadriculada em primeiro. Perazzo foi o segundo colocado, seguido de Paulo Cesar Silveira que se manteve no pelotão da ponta. Tiago Cardeal buscou um quarto lugar, seguido de Guilherme Benatto.

Categoria Intermediária 40
Guilherme Benatto largou na ponta, seguido de Sidinei dos Santos e Gregório Führ. Ainda no começo da prova, Sidinei assumiu a liderança, Gregório foi pra cima de Benatto, que segurou a segunda colocação até o final da bateria. Os três e mais Cacildo Isopo e João Cardoso completaram o pódio.

Categorias 50 / 65 / 85
Pedro Magero voltou a vencer na categoria 50, seguido de Felipe Soares que vencera segunda etapa, com Carlos Eduardo Chumbinho em terceiro e Olívio Gabriel na quarta posição.

Na 65, o líder Gabriel Della Flora com o pé torcido, não participou da etapa, deixando assim o caminho livre para o catarinense João Filipin vencer a etapa. Felipe Menuzzi foi o segundo colocado, seguido de Willian Lima, Vitor Gonçalves e Leandro Bitencourt, os cinco a subir no pódio.

Na 85, Ândrio Seben, de Farroupilha, sobrou na pista, largando na frente e recebendo a quadriculada em primeiro, seguido de Leonardo ‘Poti’ Limberger e Mayrêe Ribeiro em terceiro. Axel Hahn e Gabriel Alves completaram o pódio.

Categoria 230
Cássio Anacleto, seguido de Luciano dos Santos, Eduardo Silva e Adenilson Dorigon dividiram curva após a primeira curva da volta inicial. Cássio abriu, mas Eduardo chegou junto após ultrapassar Luciano. Na metade da prova, Cássio cometeu um erro involuntário de ultrapassar em bandeira amarela. É penalizado perdendo a primeira posição. Eduardo vence a etapa, seguido de Cássio, Gedielson Sá que fez prova de recuperação. Vandoir dos Santos foi o quarto, com Luciano em quinto.

Categoria MX3
Adecir de Lima largou na ponta, seguido de Rodolfo Correa, Sidinei dos Santos, Alex dos Santos e Paulo Silveira na volta inicial. Adecir usou a experiência para seguir na liderança da prova até a chegada. Rodolfo fechou a porta para Sidinei e para Paulo Silveira nas voltas finais. Adecir, seguido de Rodolfo, Paulo, Sidinei e do vice campeão Brasileiro de Rally moto, Juner Rochembak foram os cinco a subirem no pódio.

Categoria Importada B
Prova realizada com a pista embarreada, pois chovia em Arroio do Sal naquele momento. Willian Saccon faz o holeshot, seguido de Vinícius Perazzo. Os dois fizeram o duelo da tarde na categoria. Perazzo partiu com tudo nas duas voltas finais para fazer a ultrapassagem no barro. Willian administrou o segundo, seguido de Tiago Jacóbus, Rangel Cardoso e Rafael Wagner.

Categoria Intermediária
Pela segunda vez consecutiva, João Pinho Ribeiro, vice campeão Brasileiro de Motocross na categoria 85, largou bem e não tomou conhecimento dos adversários. Impôs um ritmo forte na etapa de Arroio do Sal para vencer de ponta a ponta, seguido de Rodrigo Galiotto, que largou em quarto lugar. Tiago Cardeal, o segundo na largada, chegou em terceiro, seguido de Adairton Soares e Lucas Kerschner.

Categoria Força Livre Nacional
O catarinense Cássio Anacleto largou na frente, seguido de Gediel dos Santos Sá e Éderson Moraes, atual campeão regional. Os três não abriram mão de suas posições, e confirmaram de ponta a ponta. Pela quarta colocação chegou Adenilson Dorigon, que venceu o duelo particular com Alex dos Santos, o quinto colocado.

Categoria MX2
Surpreendendo a todos, o piloto de Flores da Cunha Marcelo ‘Tchelo’ Galiotto largou na frente, seguido de João Pedro Pinho Ribeiro. Os dois travaram um duelo de gigantes, em que João Pedro chegou a colocar a moto lada a lado, mas caiu ainda no começo da prova. Marcelo com isso abriu uma boa vantagem, seguido de Vinícius Perazzo o terceiro na  largada. João ficou uma volta parado, e foi atrás do prejuízo chegando em quinto na prova em que Marcelo venceu seguido de Perazzo, Lucas Kerschner e Ângelo Mattos.

Categoria Estreantes Nacional
Leonardo Bitencourt largou na ponta, seguido de Onei Lehmen e Vandoir dos Santos. Onei cansou no barro e perdeu o foco, chegando em sexto lugar. Já Bitencout venceu de ponta a ponta, seguido de Vandoir, Rodrigo Salvador, Osmani Matos e Luis Henrique Rocha.

Categoria MX1
O piloto da cidade de Torres, João Pedro Pinho Ribeiro, seguido de Paulo Catatau Silveira e Rodolfo Corrêa dividiram a curva um. Mais atrás pela quarta colocação vinha Adecir de Lima que puxava o segundo pelotão, que era composto por Juner Rochembak, Alex dos Santos e Diego Xexinha Gomes. Pinho abriu vantagem já no começo da prova, enquanto que Rodolfo buscava o segundo lugar e Adecir o terceiro. Juner se uniu a eles no pódio junto com Xexinha, o quinto na etapa de Arroio do Sal.

Patrocinadores e organização
A terceira etapa da Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011 teve a organização da Zanela Eventos, com a supervisão da Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, patrocínio de SobreRodas Racing, Pinho Motos Yamaha e Água Mineral Bioleve, e apoio da Prefeitura de Arroio do Sal, com c0-patrocínio de Construsul Materiais de Construção, e das marcas Troy Lee Designs, Alpinestars, LS2, AGV e Maxxis Pneus.

Para maiores informações sobre a Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011, ligue para (51) 9103.9313 e fale com Roberto ‘Zanela’ Limberger.

Confira como foram as etapas anteriores da Copa Verão de Motocross 2011

2ª Etapa – 30 de janeiro – Cidreira
1ª Etapa – 23 de janeiro – Torres

Etapa restante da Copa Verão de Motocross 2011
4ª Etapa – 27 de fevereiro – Torres

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly