AMA Supercross 2011 – 8ª etapa – Atlanta

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 27 de fevereiro de 2011 - 20:49

O AMA Supercross 2011 voltou para a costa Leste dos Estados Unidos neste sábado, para a disputa da oitava etapa do campeonato, no Geórgia Dome, em Atlanta, capital do Estado da Geórgia. Na categoria Supercross Lites costa Leste a vitória da segunda etapa ficou com o canadense Dean Wilson. Já na principal categoria, a Supercross, a disputa pelo título continua pegando fogo, com mais uma corrida de arrepiar.

A cada etapa o AMA SX 2011 prova que será o melhor dos últimos anos

A cada etapa o AMA SX 2011 prova que será o melhor dos últimos anos

Confira como foi o evento deste sábado, 26 de fevereiro…

Categoria Supercross Lites costa Leste

Na largada, Blake Wharton da equipe Geico Powersports / Honda fez o holeshot e saiu na frente, seguido por seu companheiro de equipe Justin Barcia, vencedor da etapa de abertura em Houston. Blake Baggett da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki largou na terceira posição.

Largada da categoria SX Lites em Atlanta

Largada da categoria SX Lites em Atlanta

As disputas estão intensas em todas as categorias do AMA SX

As disputas estão intensas em todas as categorias do AMA SX

Wharton está sendo treinado pelo francês Sebastien Tortelli, ex-campeão Mundial de Motocross, e nesta primeira corrida já surtiu efeito. O jovem piloto parecia inspirado e liderou a prova até a 12ª volta. Só não venceu porque não esperava que o canadense Dean Wilson da equipe Monster/Pro Circuit/Kawasaki estivesse mais inspirado ainda.

A ida para a Pro Circuit fez a pilotagem de Blake Baggett evoluir

A ida para a Pro Circuit fez a pilotagem de Blake Baggett evoluir

Barcia parecia que ia sobrar na Lites Leste mas a disputa está dura

Barcia parecia que ia sobrar na Lites Leste mas a disputa está dura

Wilson largou na quinta posição e aos poucos foi ganhando terreno, deixando Baggett e Barcia para trás na 10ª volta. Na 12ª, a liderança caiu no colo do canadense, quando Wharton cometeu um pequeno erro e caiu na entrada de uma curva para a direita. Vitória de Wilson, com Barcia em segundo e Baggett completando o pódio na terceira posição. Wharton finalizou em quarto após o tombo, e Ryan Sipes da equipe DNA Shred Stixs / Star Racing / Yamaha.

A vitória de Dean foi a de número 200 de Mitch Payton no AMA SX Lites

A vitória de Dean foi a de número 200 de Mitch Payton no AMA SX Lites

Blake Wharton parece que cansou e acabou caindo

Blake Wharton parece que cansou e acabou caindo

No campeonato, Barcia e Wilson estão empatados na liderança com 47 pontos cada um, com vantagem para o canadense, já que pesa mais o resultado da última corrida. Baggett é o terceiro, sete pontos atrás. Sipes é o quarto com 34, e um ponto atrás, Wharton fecha os cinco primeiros.

Dean Wilson venceu a saiu de Atlanta líder do campeonato

Dean Wilson venceu a saiu de Atlanta líder do campeonato

Baggett, Wilson e Barcia no pódio da Lites Leste em Atlanta

Baggett, Wilson e Barcia no pódio da Lites Leste em Atlanta

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross Lites Leste
1. Justin Barcia
2. Blake Baggett
3. Malcolm Stewart
4. Hunter Hewitt
5. Dean Wilson
6. Alex Martin
7. Lance Vincent
8. Brad Ripple
9. Killy Rusk

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross Lites Leste
1. Ryan Sipes
2. PJ Larsen
3. Jason Anderson
4. Justin Sipes
5. Michael Akaydin
6. Nicholas Myers
7. Sean Lipanovich
8. Vernon Mckiddie
9. Levi Kilbarger

Resultado da Last Chance da categoria Supercross Lites
1. Blake Wharton
2. Matt Lemoine

Resultado da segunda etapa da categoria Supercross Lites Leste
1. Dean Wilson (Kawasaki)
2. Justin Barcia (Honda)
3. Blake Baggett (Kawasaki)
4. Blake Wharton (Honda)
5. Ryan Sipes (Yamaha)
6. Hunter Hewitt (Suzuki)
7. PJ Larsen (KTM)
8. Malcolm Stewart (Suzuki)
9. Jason Anderson (Suzuki)
10. Matt Lemoine (Kawasaki)
11. Lance Vincent (Honda)
12. Alex Martin (Honda)
13. Justin Sipes (Kawasaki)
14. Levi Kilbarger (Honda)
15. Brad Ripple (Honda)
16. Michael Kaydin (Kawasaki)
17. Sean Lipanovich (Suzuki)
18. Nicholas Myers (Honda)
19. Vernon Mckiddie (KTM)
20. Killy Rusk (KTM)

Classificação da categoria Supercross Lites Leste após duas etapas
1. Dean Wilson – 47 pontos (1 vitória)
2. Justin Barcia – 47 (1 vitória)
3. Blake Baggett – 40
4. Ryan Sipes – 34
5. Blake Wharton – 33
6. Jason Anderson – 26
7. Lance Vincent – 23
8. Matt Lemoine – 23
9. Malcolm Stewart – 20
10. Alex Martin – 20 pontos

Categoria Supercross

Na largada, James Stewart da equipe oficial San Manuel / Yamaha fez o holeshot e saiu na frente, seguido pelo australiano Chad Reed da equipe privada Two Two Motorsports. Trey Canard da equipe oficial Red Bull / Honda Racing largou na terceira posição, com o líder do campeonato Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki em quarto, e o atual campeão Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki em quinto.

Largada da categoria Supercross em Atlanta

Largada da categoria Supercross em Atlanta

James Stewart largou na frente no Geórgia Dome

James Stewart largou na frente no Geórgia Dome

Na terceira volta, Stewart cometeu um pequeno erro, permitindo que Reed fizesse a ultrapassagem e assumisse a liderança. Na quinta volta Canard caiu, enquanto Reed abria 1,5 segundos sobre Stewart. Villopoto assumia a terceira posição e Dungey a quarta. Canard voltava na oitava posição.

Na oitava volta, Reed lentamente começava a aumentar sua vantagem sobre Stewart. Villopoto aparecia quatro segundos atrás deles e Dungey três segundos atrás de Villopoto. Apenas na metade da corrida, quando eles abriram a 11ª volta, Stewart começou a se aproximar um pouco de Reed, transformando a corrida em um grande show para o público.

Chris Blose e Ivan Tedesco são companheiros de equipe na H&H

Chris Blose e Ivan Tedesco são companheiros de equipe na H&H

Disputa entre Reed e Stewart foi intensa em vários momentos

Disputa entre Reed e Stewart foi intensa em vários momentos

A briga entre eles era dura, porém ‘respeitosa’. Villopoto seguia em terceiro e Dungey em quarto. Canard aparecia agora em sétimo, atrás de Justin Brayton da equipe oficial Muscle Milk / Toyota / Yamaha e Andrew Short da equipe oficial KTM. Os líderes faziam suas melhores voltas na casa de 47 segundos. Graças a um pequeno erro de Stewart em uma curva para a direita, Reed conseguia uma pequena vantagem de dois segundos.

Os dois estavam voando baixo no Geórgia Dome. Na 16ª volta, Reed ficou preso atrás de um retardatário, permitindo uma aproximação ainda maior de Stewart. Naquele momento a diferença entre os dois era de menos de um segundo. Villopoto seguia em terceiro, com Dungey em quarto e Short em quinto. Canard era o sexto.

Será que Villopoto teve em Atlanta a chamada 'sorte' de campeão ?

Será que Villopoto teve em Atlanta a chamada 'sorte' de campeão ?

James Stewart é o favorito ao título mas está abaixo do esperado

James Stewart é o favorito ao título mas está abaixo do esperado

Bandeira branca indicando última volta e Reed deu uma vacilada na ultrapassagem sobre o retardatário Kyle Regal, companheiro de equipe de Stewart, e com isto James ‘Bubba’ Stewart ultrapassou Reed aplicando um block pass com uma leve agressividade em uma curva fechada para a direita, reassumindo assim a liderança.

Era uma disputa que colocava em jogo quatro títulos do AMA Supercross, devido ao fato de que ambos já terem sido campeões duas vezes cada um. Algumas curvas mais tarde, Reed tentou dar o troco em Stewart em outra curva fechada para a direita. Seguindo a receita do seu rival, o australiano também tentou um block pass, só que exagerou na dose de agressividade, fechando demais a curva pela linha de dentro, enquanto que o piloto da Yamaha acelerou pelo traçado do lado de fora, fazendo com que os dois se enroscassem e fossem ao chão. Confira as cenas desta disputa no vídeo abaixo.

Imagem de Amostra do You Tube

Cena idêntica a de Phoenix no ano passado, que naquela ocasião, depois não acabou nada bem entre os dois nos bastidores. Quem se aproveitou desta situação foi Villpoto e Dungey. Líder do campeonato, Villopoto garantiu sua terceira vitória na temporada, com Dungey em segundo. Reed ainda conseguiu pegar o último degrau do pódio ultrapassando Stewart praticamente na linha de chegada. Stewart finalizou em quarto e Canard completou os cinco primeiros.

Que grande corrida !! No pódio, Villopoto disse: “Foi uma loucura. Às vezes não é o cara mais rápido que vence, e sim o mais inteligente”. E o que dizer da corrida ‘respeitosa’ que Reed e Stewart estavam fazendo ? Muita gente deve estar se perguntando como os dois se sentem agora, depois de colidirem na última volta, desperdiçando a chance de vitória.

Villopoto chegou líder e saiu ainda mais líder de Atlanta

Villopoto chegou líder e saiu ainda mais líder de Atlanta

Reed, Villopoto e Dungey no pódio da categoria Supercross em Atlanta

Reed, Villopoto e Dungey no pódio da categoria Supercross em Atlanta

No campeonato, Villopoto agora tem uma vantagem de dez pontos sobre Stewart, que tem onze pontos de vantagem sobre Reed, que por sua vez, está 21 pontos atrás do líder. Canard é o quarto, quatro pontos atrás do australiano. Um ponto atrás de Canard e cinco atrás de Reed, Dungey fecha os cinco primeiros. A prova do próximo sábado, nona etapa do campeonato, é a tradicional corrida realizada no Daytona International Speedway, em Daytona Beach, na Flórida.

Antônio Jorge Balbi Jr.
Em sua estreia na categoria principal pela equipe oficial MotoConcepts / Yamaha, Balbi se classificou direto para a final ao finalizar na sétima posição em sua Heat. No Main Event, foi o 19º colocado, marcando seus primeiros dois pontos no campeonato.

No próximo sábado Balbi estará em ação em Daytona, lugar que ele fez a sua melhor participação em uma temporada do AMA Supercross, quando venceu uma Heat na categoria principal e chegou em quinto no Main Event na temporada de 2008.

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross
1. Trey Canard
2. Chad Reed
3. Davi Millsaps
4. Andrew Short
5. Mike Alessi
6. Kyle Regal
7. Jorge Balbi Jr.
8. Fabien Izoird
9. Kyle Partridge

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross
1. Ryan Villopoto
2. James Stewart
3. Kevin Windham
4. Ivan Tedesco
5. Justin Brayton
6. Ryan Dungey
7. Tye Simmonds
8. Chris Blose
9. Matt Boni

Resultado da Last Chance da categoria Supercross
1. Nick Wey
2. Brett Metcalfe

Resultado da oitava etapa da categoria Supercross
1. Ryan Villopoto (Kawasaki)
2. Ryan Dungey (Suzuki)
3. Chad Reed (Honda)
4. James Stewart (Yamaha)
5. Trey Canard (Honda)
6. Andrew Short (KTM)
7. Justin Brayton (Yamaha)
8. Kevin Windham (Honda)
9. Ivan Tedesco (Kawasaki)
10. Brett Metcalfe (Suzuki)
11. Davi Millsaps (Yamaha)
12. Nick Wey (Yamaha)
13. Kyle Regal (Yamaha)
14. Chris Blose (Kawasaki)
15. Tye Simmonds (KTM)
16. Matt Boni (Kawasaki)
17. Fabien Izoird (Kawasaki)
18. Mike Alessi (KTM)
19. Jorge Balbi Jr. (Yamaha)
20. Kyle Partridge (Honda)

Classificação da categoria Supercross após oito etapas
1. Ryan Villopoto – 171 pontos (3 vitórias)
2. James Stewart – 161 (3 vitórias)
3. Chad Reed – 150 (1 vitória)
4. Trey Canard – 146 (1 vitória)
5. Ryan Dungey – 145
6. Andrew Short – 110
7. Brett Metcalfe – 104
8. Justin Brayton – 90
9. Davi Millsaps – 88
10. Ivan Tedesco – 78 pontos

Calendário do AMA Supercross 2011
9ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida (International Speedway)
10ª Etapa – 12 de março – Indianapolis / Indiana (Lucas Oil Stadium)
11ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida (Jacksonville Municipal Stadium)
12ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
13ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
14ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
15ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
16ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
17ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Etapas restantes do AMA Supercross Lites Oeste 2011
7ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
8ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Calendário do AMA Supercross Lites Leste 2011
3ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida (International Speedway)
4ª Etapa – 12 de março – Indianapolis / Indiana (Lucas Oil Stadium)
5ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida (Jacksonville Municipal Stadium)
6ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
7ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
8ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Shootout Oeste x Leste Supercross Lites 2011
Etapa única – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Confira como foram as etapas anteriores do AMA Supercross 2011

7ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia
6ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim2 / Califórnia
4ª Etapa – 29 de janeiro – Oakland / Califórnia
3ª Etapa – 22 de janeiro – Los Angeles / Califórnia
2ª Etapa – 15 de janeiro – Phoenix / Arizona
1ª Etapa – 8 de janeiro – Anaheim / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

thiago disse:

cara parabens pela materia velho continua assim por o surpercross é o bicho tudo de bom gente.

Washington Igor -SE disse:

O Bubba não tá sabendo dosar ele acelera tudo, mesmo quando está liderando não desenrrola o cabo. Mesmo assim será campeão.Não quero que o título vá para o mais “inteligente”e sim para o mais agressivo, radical e esse cara é o bubba.
O própio Villopoto esqueceu que perdeu o título para o Dungey sendo ele o mais rápido?

jose eduardo disse:

bubba continua sendo o mais rapido,porem ainda erra.quando esta acelerando nao tem que o acompanhe…o Reed so passou pelo erro dele, bem em se tratando de Reed a gente sabe que ele é um pouquinho sujo né ? antes do choque ele ja tinha tentado 1 curva antes..

tiago disse:

abaixo do esperado estao o Ryan Dungey. James faz as voltas mais rapidas, só esta errando na estratégia.

Kaka disse:

Olha na minha opinião o Reed deveria ganhar bandeira preta,, ele não deu um Block pass no Stewart,, ele simplesmente mudou o traçado e deu no meio dele,,,, é por isso que começam as brigas no esporte,, seja no AMA ou seja no Brasil,,,, pode ser um esporte de contato sim,,, mas não dessa forma… e quanto ao comentario nada a ver do Villopoto,,, de que as vezes não é o mais rápido que vence e sim o mais Inteligente!!!! acho que ele não teve nada de inteligencia,,, e sim uma grande dose de SORTE….Falow..

Camilo disse:

Aposto no Stewart, ainda acho que ele sera o campeão, mas o azar do cara está muito grande. Esse block que o Reed aplicou com certeza foi muito agressivo. burro e infeliz ao mesmo tempo.

Grande sorte de RV que ganha vantagem no campeonato com o erro dos outros!

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Tiago…… não sei a opinião do Renato, mas na minha opinião o esperado seria ele ganhar as corridas com mais folga, pois como ele mesmo se proclama, ele é o homem mais rápido do mundo !!!!!

E eu esperava q ele errasse menos, pois com o passar das temporadas, os pilotos vão adquirindo experiência, mas com Bubba isto está difícil de ver.

Este é o meu ponto de vista.

Falowwww

Jorge

Douglas disse:

Twitter: dougpoly
Bom texto Renato!!!
A melhor corrida até agora neh…

abraço

tiago disse:

James Stewart é o favorito ao título mas está abaixo do esperado ??? e qual seria o esperado?

Luciano Poeys disse:

Parabéns ao Mundocross, por informar e compartilhar suas matérias conosco, simples admiradores do fantástico mundo do off-road.
Valeu Jorge. Valeu Renato.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly