Recapitulando a final da Copa Verão de Motocross

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 15 de março de 2011 - 10:14

A edição da Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011 encerrou no domingo dia 27 de fevereiro, e a cidade de Torres, que já havia recebido a etapa de abertura, acabou encerrando a Copa. Isso devido à destruição da pista de Terra de Areia pelas chuvas que castigaram a cidade nas semanas antes do evento.

“Tínhamos uma questão de calendário e de honra em terminar com quatro etapas a Copa Verão deste ano”, disse Roberto ‘Zanela’ Limberger, promotor do evento que é realizado há vários anos nas praias do litoral norte do Rio Grande do Sul.

Confira como foram as disputas nas 15 categorias da Copa Verão de Motocross 2011 :

Máster Nacional
Sidinei Santos fez o holeshot seguido de Marcos Zili e Alex Santos. Zili dificultou a ultrapassagem e Sidinei abriu vantagem na pista de Torres. No final de segunda volta, Zili não resistiu e permitiu a ultrapassagem. Alex foi a caça, mas não chegou a ameaçar a vitória de Sidinei que venceu, seguido de Alex, Zili, José Pires e Mauro Matos. Sidinei ficou com o título somando 77 pontos.

Feminina
Pela quarta vez Janaina Todeschini largou na frente na categoria Feminina, com Mayrêe Ribeiro em seguida, mas errou ainda na volta inicial. Com isso Joelma Peruchi assumiu a vice-liderança com Patrícia Bernardon em terceiro. Jana abriu espaço na pista e venceu a quarta prova consecutiva. Nas voltas finais, Patrícia apertou, pôs pressão e assumiu a segunda colocação e com isso conquistou o vice-campeonato. Janaina foi a campeã com 80 pontos.

Jana Todeschini foi a campeã da Copa na categoria Feminina

Jana Todeschini foi a campeã da Copa na categoria Feminina

Importada A
Adairton Soares largou na ponta, seguido de Paulo Silveira e Maurício Maritan. Na categoria mais disputada da tarde, Adairton com o ombro deslocado, abandonou na metade da prova. Com isso, Paulo Catatau era o novo líder da prova, mas levou a pressão de Maritan que na penúltima volta fez a ultrapassagem para assumir a ponta e vencer a etapa. Paulo ainda perderia mais um duelo, para Lucas Kerschner. O campeão foi Tiago Cardeal que largou em último, buscou posições e ao chega r em quarto lugar, somou 59 pontos, um a mais que Lucas.

Intermediária
Tiago Cardeal largou na frente, seguido de João Pedro Pinho Ribeiro e mais atrás Lucas Kerschner. Na volta seguinte João assumiu a liderança e aos poucos abriu boa vantagem. João foi campeão com a vitória, somando 60 pontos. Ainda teve no pódio Tiago, Lucas o vice-campeão da Copa neste categoria, Diego Endler e Patrick Rigoti, que figuraram nestas posições durante toda a prova.

50
Olívio Gabriel, que largou na ponta disputou do início ao fim a posição com Felipe Soares. Os dois trocaram várias vezes a liderança, mas na volta final, Olívio caiu e Felipe assumiu a ponta para vencer e conquistar o campeonato com 74 pontos. Na prova, Olívio custou a voltar, chegando em quarto. Carlos Baltazar chegou em segundo, com Murilo Hendler em terceiro.

65
João Gabriel Filipin, de Turvo, largou na frente e venceu de ponta a ponta a 65. Com o resultado Filipin conquista o título com 57 pontos. Na prova, Felipe Menuzzi chegou em segundo, com Axel Hahn em terceiro. Duelo com Willian Lima e Vitor Gonçalves deu Vitor em quarto lugar.

Intermediária 40
Guilherme Benatto fez o holeshot com Gregório Führ em seguida e Sidinei dos Santos largando em terceiro. Sidi foi com tudo e na terceira volta assumiu a liderança da prova. Os pilotos Carlos Freitas e Jaime Flores permaneceram nas posições do início da bateria para completaram o pódio. Sidinei conquistou seu segundo título com 75 pontos.

85
Leonardo Limberger venceu de ponta a ponta a bateria, e com isso conquistou o vice-campeonato. O campeão Andrio Seben fez as contas e não compareceu na etapa. Na prova, Gabriel Della Flora chegou em segundo, mesma colocação da largada. O pódio ficou completo com Axel Hahn, Mayrêe Ribeiro e Vitor Gonçalves.

Disputa entre Axel e a Gauchinha na categoria 85

Disputa entre Axel e a Gauchinha na categoria 85

Força Livre Nacional
A fera Cássio Anacleto, apesar de largar na ponta, foi perseguido de perto nas três voltas iniciais pelo piloto de Passo Fundo Maurício Maritan, que na terceira volta partiu para o ataque direto e fez a ultrapassagem. Tentando recuperação, Cássio caiu na sexta volta e ainda perdeu a segunda posição para Bruno da Luz. Mesmo assim, com o terceiro lugar Cássio conquistou o título da categoria com 75 pontos, pois pontuou nas três etapas, ao contrário de Maritan e Bruno, que participaram de apenas uma etapa. Na prova Luciano dos Santos foi quarto e Alex do Santos o quinto.

MX2
Surpreendendo as perspectivas, Lucas Kerschener que participou de todas as etapas da MX2, pontuou bem em todas e com o segundo lugar na etapa final, sagrou-se campeão com 66 pontos. Na prova, João Pedro Pinho Ribeiro venceu de ponta a ponta e ficou em terceiro na Copa, tudo porque na etapa inicial não participou por estar com catapora. Final da prova em Torres e o pódio ficou assim: João, Lucas, Vinícius Perazzo (vice campeão), Willian Saccon e Ângelo Mattos.

Estreantes Nacional
Marcos Zili largou na ponta, seguido de Luis Henrique Rocha e Vandoir dos Santos, o ‘Alemão’. Luis queria a vitória em casa e partiu para o ataque, assumiu a ponta e rumou à quadriculada. Sua primeira vitória na nova categoria, ele que vem da 85. Mais atrás, Vandoir administrava o segundo lugar, posição que lhe daria o título com 64 pontos. Em seguida chegou Onei Lehmen, que largou em quinto, e buscou o vice-campeonato. Marcos Zili foi o quarto, com Rodrigo Rodrigues em quinto na prova.

Importada B
Patrick Rigotti largou na frente, seguido de Vinicius Perazzo, Willian Saccon, Maicon Zomer e Maurício Reis. Para ser campeão, Vinícius podia chegar nesta posição, mas ele queria mais, ser campeão com 80 pontos, ou seja, invicto. Partiu para cima e ultrapassou Patrick, que ainda perdeu a segunda colocação para Willian, o vice-campeão. Patrick chegou em terceiro, seguido de Maicon e Roberto Simão, que buscou uma posição.

Vinícius Perazzo foi campeão na categoria Importada B

Vinícius Perazzo foi campeão na categoria Importada B

MX3
Paulo ‘Catatau’ Silveira garantiu o título com um modesto terceiro. Entrou na pista com o regulamento em baixo do braço e com o choque de Adecir de Lima, algo que lhe deixou em 10º lugar, Catatau pôde comemorar o título com 65 pontos, 4 a mais que o vice, Sidinei dos Santos, o vencedor da etapa. Alex dos Santos chegou em segundo e garantiu o terceiro lugar na Copa Verão. Ainda teve no pódio Janaina Todeschini em quarto e Juner Rockembach na quinta colocação.

230
Nessa categoria, Cássio Anacleto deu o troco e venceu o duelo com Maurício Maritan, e de quebra ainda conquistou seu segundo título na Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011 com 77 pontos. Maurício chegou em segundo na etapa, seguido de Eduardo Silva, Luciano Santos e Sidinei dos Santos.

O catarinense Cássio Anacleto foi campeão em duas categorias

O catarinense Cássio Anacleto foi campeão em duas categorias

MX1
Para garantir seu segundo título da Copa Verão de Motocross 2011, João Pedro Pinho Ribeiro largou na ponta e venceu a prova com certa facilidade. Conquistou 60 pontos com três vitórias e é o campeão 2011. Na prova, Lucas Kerschner chega em segundo, seguido de Paulo Cesar Catatau, Alex dos Santos e Adecir de Lima. O vice-campeão foi Alex com 53 pontos, um a mais que Adecir, o terceiro na Copa Verão na MX1.

Campeões da Copa Verão de Motocross 2011
Categoria MX1 – João Pedro Pinho Ribeiro / Torres
Categoria MX2 – Lucas Kerschner / Canela
Categoria MX3 – Paulo Cesar ‘Catatau’ Oliveira / Osório
Categoria Intermediária 40 – Sidinei Santos / Santo Antônio da Patrulha
Categoria Intermediária – João Pedro Pinho Ribeiro / Torres
Categoria Estreantes Importada A – Thiago Cardeal / Parobé
Categoria Estreantes importada B – Vinícius Perazzo / Rio Grande
Categoria 50 – Felipe Soares / Porto Alegre
Categoria 65 – João Gabriel Filipin / Turvo – SC
Categoria 85 – Andrio Seben / Farroupilha
Categoria Máster Nacional – Sidinei dos Santos / Santo Antônio da Patrulha
Categoria Nacional Força Livre – Cássio Anacleto Espíndola / São João do Sul – SC
Categoria Estreante Nacional – Vandoir Germann dos Santos / Xangri-lá
Categoria 230 – Cássio Anacleto / São João do Sul – SC
Categoria Feminina – Janaina Todeschini / Chapecó – SC

Classificação final da Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011

Classificação final da Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011

Patrocinadores e organização
A quarta e última etapa da Copa Verão SobreRodas de Motocross 2011 teve a organização da Zanela Eventos, com a supervisão da Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, patrocínio de SobreRodas Racing, Pinho Motos Yamaha e Água Mineral Bioleve, e apoio da Prefeitura de Torres, com copatrocínio de Troy Lee Designs, Alpinestars, LS2, AGV e Maxxis Pneus.

Confira como foram as etapas anteriores da Copa Verão de Motocross 2011

3ª Etapa – 20 de fevereiro – Arroio do Sal
2ª Etapa – 30 de janeiro – Cidreira
1ª Etapa – 23 de janeiro – Torres

Compartilhe este conteúdo

Comentários

fillipe disse:

oi eu sou o fillipe da eu 50cc.queria saber quantos pontos eu fiquei na copa verão

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly