AMA Supercross 2011 – 11ª etapa – Jacksonville

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 20 de março de 2011 - 20:31

O AMA Supercross voltou neste sábado para o estado da Flórida. O EverBank Field, na cidade de Jacksonville, foi o palco da décima primeira corrida da temporada, num momento em que o campeonato começa a entrar em suas etapas decisivas. Na categoria Supercross Lites Costa Leste, Justin Barcia voltou a vencer e respirou um pouco mais aliviado na liderança da tabela, ajudado também pela péssima noite de Blake Baggett, até então um dos seus principais adversários na briga pelo título.

Já na principal categoria, a Supercross, uma grande reviravolta nesta corrida em Jacksonville vai fazer o campeonato ficar ainda mais vibrante nas próximas etapas. O sábado foi quente e ensolarado, e a noite as corridas em Jacksonville sob condições perfeitas. Confira como foi o evento neste sábado, 19 de março…

 

Largada da Last Chance da SX quando Villopoto ficou de fora da final

Largada da Last Chance da SX quando Villopoto ficou de fora da final

Categoria Supercross Lites costa Leste

Nem a cinta usada no pulso por causa de dois ossos quebrados intimidaram o líder do campeonato Justin Barcia da equipe Geico Powersports / Honda. Na largada, Barcia pulou na frente, agarrou o holeshot e simplesmente ignorou a concorrência, liderando de ponta a ponta as 15 voltas do Main Event, recebendo a bandeira quadriculada com quase seis segundos de vantagem sobre Dean Wilson da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki.

“Eu quero conquistar esse campeonato. Esta foi uma corrida maluca. Tive resultados ruins nos treinos e na minha heat, e foi necessário colocar a cabeça no lugar antes do Main Event. Eu sabia exatamente o que tinha que fazer para vencer. Agora estou completamente feliz. Mesmo com o Blake (Baggett) fora da corrida, eu sabia que tinha que vencer. Foi uma corrida incrível”, disse Barcia no pódio.

 

Largada do Main Event da categoria SX Lites Leste em Jacksonville

Largada do Main Event da categoria SX Lites Leste em Jacksonville

 

Disputa entre Dean Wilson e Blake Warthon

Disputa entre Dean Wilson e Blake Warthon

Sobre o comentário de Barcia, Blake Baggett da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki, que até então era um dos seus principais adversários na briga pelo título, caiu em sua heat, finalizando na 13ª posição. Na repescagem, voltou a cair, só que desta vez não conseguiu fazer sua moto pegar e foi obrigado a abandonar a bateria, ficando fora do Main Event.

Voltando ao resultado final, Ryan Sipes da equipe DNA Shred Stixs / Star Racing Yamaha completou o pódio na terceira posição, o privado Kawasaki Matt Lemoine foi o quarto, e PJ Larsen da equipe JDR Motorsports KTM completou os cinco primeiros.

 

Pega entre Hunter Hewitt e Darryn Durham

Pega entre Hunter Hewitt e Darryn Durham

 

Matt Lemoine está em sexto na classificação da Lites Leste

Matt Lemoine está em sexto na classificação da Lites Leste

No campeonato, Barcia ampliou para 17 pontos sua vantagem sobre Sipes, que agora assumiu a vice-liderança da tabela. Apenas dois pontos atrás, Wilson é o terceiro. Baggett caiu para a quarta posição, 31 pontos atrás do líder, e Lemoine fecha os cinco primeiros.

E com a vitória na etapa, Barcia se deu de presente de aniversário a consolidação da liderança no campeonato. Na próxima sexta-feira Justin Barcia estará completando 19 anos.

 

Barcia venceu mais uma e mostra porque é o favorito ao título

Barcia venceu mais uma e mostra porque é o favorito ao título

 

Sipes, Barcia e Wilson no pódio da SX Lites em Jacksonville

Sipes, Barcia e Wilson no pódio da SX Lites em Jacksonville

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross Lites Leste
1. Dean Wilson
2. Matt Lemoine
3. PJ Larsen
4. Hunter Hewitt
5. Les Smith
6. Chris Gosselaar
7. Gannon Audette
8. Brad Ripple
9. Levi Kilbarger

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross Lites Leste
1. Blake Wharton
2. Darryn Durham
3. Ryan Sipes
4. Malcolm Stewart
5. Justin Barcia
6. Taylor Futrell
7. Kyle Keylon
8. Justin Sipes
9. Lance Vincent

Resultado da Last Chance da categoria Supercross Lites
1. AJ Catanzaro
2. Sean Lipanovich

Resultado da quinta etapa da categoria Supercross Lites costa Leste
1. Justin Barcia (Honda)
2. Dean Wilson (Kawasaki)
3. Ryan Sipes (Yamaha)
4. Matt Lemoine (Kawasaki)
5. PJ Larsen (KTM)
6. Darryn Durham (Honda)
7. Les Smith (Honda)
8. Taylor Futrell (Honda)
9. Hunter Hewitt (Suzuki)
10. Justin Sipes (Kawasaki)
11. Lance Vincent (Honda)
12. AJ Catanzaro (Honda)
13. Kyle Keylon (Suzuki)
14. Sean Lipanovich (Suzuki)
15. Brad Ripple (Honda)
16. Levi Kilbarger (Honda)
17. Blake Wharton (Honda)
18. Chris Gosselaar (Suzuki)
19. Gannon Audette (Yamaha)
20. Malcolm Stewart (Suzuki)

Classificação categoria Supercross Lites costa Leste após cinco etapas
1. Justin Barcia – 116 pontos (2 vitórias)
2. Ryan Sipes – 99 (1 vitória)
3. Dean Wilson – 97 (1 vitória)
4. Blake Baggett – 85 (1 vitória)
5. Blake Wharton – 69
6. Matt Lemoine – 69
7. PJ Larsen – 62
8. Malcolm Stewart – 53
9. Jason Anderson – 44
10. Lance Vincent – 43 pontos

Categoria Supercross

Antes mesmo do gate baixar para o Main Event da principal categoria do Supercross, todos já sabiam que uma grande reviravolta iria acontecer na tabela de classificação. Mas ninguém acreditava que ela seria tão grande quanto o esperado. Na segunda heat da noite, o líder do campeonato Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki sofreu um tombo e abandonou a bateria. Restava a ele tentar a vaga na repescagem.

Na dita bateria de última chance, Villopoto caiu na primeira curva após a largada, voltando à corrida quase na última posição, atingiu um dos fardos de feno que cercam a pista e caiu novamente. Villopoto precisava chegar em primeiro ou segundo em seis voltas, mas o máximo que conseguiu foi a oitava posição. Era inacreditável aos olhos de todos os presentes que o líder do campeonato estava fora do Main Event em Jacksonville !!

 

Largada do Main Event da categoria Supercross em Jacksonville

Largada do Main Event da categoria Supercross em Jacksonville

 

Disputa 'caseira' entre Mike Alessi e Andrew Short

Disputa 'caseira' entre Mike Alessi e Andrew Short

Falando em Main Event, na largada quem fez o holeshot e pulou na frente foi Mike Alessi da equipe oficial KTM. Cerca de 80 metros depois, James Stewart caiu na reta seguinte. Ao final da primeira volta, o líder era Trey Canard da equipe oficial Red Bull / Honda Racing, com o australiano Chad Reed da equipe Two Two Motorsports em segundo, o atual campeão Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki em terceiro, Davi Millsaps da equipe JGRMX / Muscle Milk / Toyota / Yamaha em quarto e Alessi em quinto.

Confira o vídeo com as quedas de Ryan Villopoto e James Stewart
Imagem de Amostra do You Tube

Neste momento a moto de James Stewart estava sendo empurrada para fora da pista, mas ele estava caído no chão fora da pista. Que noite louca para os favoritos ao título. Com Villopoto fora do Main Event, esta era a chance que Stewart tinha de reduzir, através de uma vitória, a diferença que era de 26 pontos para apenas um ponto. Na quinta volta, Trey Canard permanecia na liderança, enquanto Stewart era retirado de maca da pista.

 

Os experientes Kevin Windham e Andrew Short

Os experientes Kevin Windham e Andrew Short

Disputa foi intensa com Trey Canard na frente de Chad Reed

Disputa foi intensa com Trey Canard na frente de Chad Reed

As posições permaneciam as mesmas, com Reed cerca de três segundos atrás de Canard. James Stewart estava sendo levado lentamente para fora do estádio, imobilizado a uma maca no carro médico. Conforme as voltas avançavam, Reed passou a andar mais veloz, reduzindo aos poucos a diferença que o separava de Canard. Neste momento o australiano era o mais rápido na pista. Na 18ª volta, os dois chegaram a andar juntos, lado a lado, mas com segurança.

Na última volta, Canard tinha uma ligeira vantagem, ele e Reed estavam muito a frente dos demais. Reed faz uma tentativa de ultrapassagem na última curva, mas Canard aplica um ‘semi blockpass’ e garantiu a vitória em Jacksonville. Reed finalizou em segundo e Dungey completou o pódio em terceiro. Kevin Windham da equipe Geico Powersports / Honda foi o quarto, e Andrew Short da equipe oficial KTM completou os cinco primeiros.

James Stewart abandonou a corrida na 18ª posição. “Eu realmente precisava desta vitória. Não é possível dar crédito suficiente para o Senhor Jesus Cristo. Tim Ferry esteve aqui e me ajudou muito. Minha mãe e meu mecânico também. Não tenho como lhes agradecer o suficiente. Eu estava um pouco nervoso quando o Chad (Reed) se aproximou de mim. Mas graças a Deus eu consegui lutar com ele. Esta pista é difícil, com curvas de 180 graus. Estou muito feliz com a minha segunda vitória da temporada esta noite”, disse Canard.

 

Reed chegou a andar ao lado de Canard em Jacksonville

Reed chegou a andar ao lado de Canard em Jacksonville

Mas no final Canard venceu com Reed chegando em sua cola

Mas no final Canard venceu com Reed chegando em sua cola

“É isso que nós amamos no motociclismo. Tudo pode acontecer. Parabéns a todos da Honda. Conquistamos os dois primeiros lugares aqui esta noite!” disse Reed. “O campeonato ainda não acabou e ainda restam seis corridas. Estou me sentindo em uma fase boa e o apoio dos fãs tem sido fundamental para mim”, disse Dungey.

Problemas idênticos nas baterias classificatórias e de repescagem fizeram com que Blake Baggett e Ryan Villopoto tivessem um final de semana para ser completamente esquecido. Coincidência ou não, os dois pilotam a mesma marca de moto. Ou seja, definitivamente esta não foi à noite da Kawasaki. No campeonato, Villopoto ainda lidera, mas sua vantagem que era de 26 pontos sobre Stewart e 29 sobre Reed, agora virou sete pontos de vantagem sobre Reed, que assumiu a vice-liderança.

 

Reed e Canard se se cumprimentaram pela disputa na etapa

Reed e Canard se se cumprimentaram pela disputa na etapa

 

Reed, Canard e Dungey no pódio da categoria principal em Jacksonville

Reed, Canard e Dungey no pódio da categoria principal em Jacksonville

Dungey assumiu a terceira posição, mas está 18 pontos atrás de Villopoto. Stewart caiu para a quarta posição, 5 pontos atrás de Dungey, 16 atrás de Reed e 23 atrás de Villopoto. Apenas quatro pontos atrás de Stewart, Canard fecha os cinco primeiros. A próxima etapa sábado que vem, décima segunda do campeonato, será em Toronto, no Canadá, sendo a única da temporada realizada fora de território norte-americano.

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross
1. Ryan Dungey
2. Trey Canard
3. Ivan Tedesco
4. Kevin Windham
5. Mike Alessi
6. Michael Byrne
7. Chris Blose
8. Weston Peick
9. Jarred Browne

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross
1. James Stewart
2. Chad Reed
3. Andrew Short
4. Davi Millsaps
5. Austin Stroupe
6. Cole Seely
7. Nick Wey
8. Matt Goerke
9. Jason Thomas

Resultado da Last Chance da categoria Supercross
1. Fabien Izoird
2. Kyle Partridge

Resultado da décima primeira etapa da categoria Supercross
1. Trey Canard (Honda)
2. Chad Reed (Honda)
3. Ryan Dungey (Suzuki)
4. Kevin Windham (Honda)
5. Andrew Short (KTM)
6. Ivan Tedesco (Kawasaki)
7. Mike Alessi (KTM)
8. Austin Stroupe (Yamaha)
9. Nick Wey (Yamaha)
10. Chris Blose (Kawasaki)
11. Fabien Izoird (Kawasaki)
12. Michael Byrne (Suzuki)
13. Jason Thomas (Suzuki)
14. Jarred Browne (Yamaha)
15. Cole Seely (Honda)
16. Kyle Partridge (Honda)
17. Davi Millsaps (Yamaha)
18. James Stewart (Yamaha)
19. Matt Goerke (Kawasaki)
20. Weston Peick (Yamaha)

Classificação categoria Supercross após onze etapas
1. Ryan Villopoto – 221 pontos (5 vitórias)
2. Chad Reed – 214 (1 vitória)
3. Ryan Dungey – 203
4. James Stewart – 198 (3 vitórias)
5. Trey Canard – 194 (2 vitórias)
6. Andrew Short – 145
7. Justin Brayton – 121
8. Kevin Windham – 121
9. Davi Millsaps – 118
10. Brett Metcalfe – 107 pontos

Etapas restantes do AMA Supercross 2011
12ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
13ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
14ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
15ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
16ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
17ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Etapas restantes do AMA Supercross Lites Oeste 2011
7ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
8ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Etapas restantes do AMA Supercross Lites Leste 2011
6ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
7ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
8ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Shootout Oeste x Leste Supercross Lites 2011
Etapa única – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Confira como foram as etapas anteriores do AMA Supercross 2011

10ª Etapa – 12 de março – Indianápolis / Indiana
9ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida
8ª Etapa – 26 de fevereiro – Atlanta / Geórgia
7ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia
6ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim2 / Califórnia
4ª Etapa – 29 de janeiro – Oakland / Califórnia
3ª Etapa – 22 de janeiro – Los Angeles / Califórnia
2ª Etapa – 15 de janeiro – Phoenix / Arizona
1ª Etapa – 8 de janeiro – Anaheim / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Hübner disse:

Retiro o que disse, desculpe

Hübner disse:

Ei Jorge, tudo bem?
Desculpe se a pergunta foi idiota, mas me diga porque que o Barcia correu o Main Event se ele nao se classificou em nenhum heat e nem na LCQ? É pq é líder só?
Abraço

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Sobre a queda do Bubba e sua remoção para exames no último sábado em Jacksonville, ele,está ok em relação a condição física, e está inscrito para correr em Toronto neste próximo sábado.

Falowww

Jorge

Zenha disse:

E o Buba , como esta ? Vai correr a proxima ou machucou?

flavio disse:

como eu faço para ter um bom preparo fisico para corrida aguel possa me ajudar

Renato Dalzochio Jr disse:

Bah Valeu pela dica Cristiano! :) Sao detalhes assim que ajudam a tornar o texto ainda melhor…

Abracos!

Cristiano disse:

Eu já esperava que ia acontecer algo com o Bubba durante a prova, como sempre…

durante os treinos ele estava muito inconsistente…. ele conseguia fazer apenas 1 volta rápida em cada bateria…. em todas as outras voltas ele cometia erros…. pra ser campeão não adianta ser o mais rápido em 1 volta e cair na outra….

Cristiano disse:

Renato..
segue aí 2 vídeos que encontrei no youtube da queda do Stewart
http://www.youtube.com/watch?v=-640CW199c4
http://www.youtube.com/watch?v=C8gahilW1a0
Repare que logo após a queda ele sai da pista andando e depois se deita do lado de fora da pista…

Washington Igor -SE disse:

“@!#$%¨&*()*&%¨% Bubba, tá dando muito mole.O vilopotto vacila e voce vai na onda @#@#@#%¨?<

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly