AMA Supercross 2011 – 15ª etapa – Seattle

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 17 de abril de 2011 - 15:42

Após sete semanas, o AMA Supercross 2011 voltou neste sábado para a região oeste dos Estados Unidos. A décima quinta etapa foi disputada no Qwest Field, em Seattle, Estado de Washington, cidade do piloto Ryan Villopoto, líder da categoria Supercross. Na principal categoria, a Supercross, tivemos mais uma corrida que colocou ainda mais fogo na classificação do campeonato, considerada a melhor temporada do século 21.

Momento após a largada da categoria Supercross Lites

Momento após a largada da categoria Supercross Lites

Já no retorno da categoria Supercross Lites costa Oeste, mesmo sem vencer, o piloto americano Broc Tickle roubou a liderança de do seu companheiro de equipe Josh Hansen. Confira como foi o evento deste sábado, 16 de abril…

Categoria Supercross Lites costa Oeste

Antes de falar da corrida vamos recapitular qual era a classificação do campeonato desde a última etapa, que havia sido disputada em San Diego, na Califórnia. Josh Hansen, piloto da equipe semi-oficial Monster / Pro Circuit / Kawasaki, tinha três vitórias e liderava o campeonato, mas com apenas três pontos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, Broc Tickle, que tinha somente uma vitória.

Largada da categoria SX Lites com Seely fazendo o holeshot

Largada da categoria SX Lites com Seely fazendo o holeshot

Tickle e Hansen são companheiros de equipe e líderes do campeonato

Tickle e Hansen são companheiros de equipe e líderes do campeonato

Também com uma vitória, Elic Tomac da equipe Geico Powersports / Honda era o terceiro, também com uma vitória. Sem nenhuma vitória, Ryan Morais da equipe Rockstar Energy Drink / Suzuki era o quarto. Outro que tinha uma vitória, Cole Seely da equipe Troy Lee Designs / Lucas Oil / Honda fechava os cinco primeiros. Agora sim vamos à corrida. Falando em Seely, ele fez uma corrida perfeita neste sábado.

Em Seattle Cole Seely venceu mais uma etapa na temporada 2011

Em Seattle Cole Seely venceu mais uma etapa na temporada 2011

Ryan Morais e Tyla Rattray disputando uma curva em Seattle

Ryan Morais e Tyla Rattray disputando uma curva em Seattle

Na largada Seely fez o holeshot, disparou na frente, e não olhou mais para trás, dominando as 15 voltas sem sofrer pressão de ninguém e recebendo a bandeira quadriculada com tranquilidade, confirmando sua segunda vitória no campeonato. Apenas um ‘quase tombo’ que ele conseguiu se salvar na terceira volta permitiu uma maior aproximação de Tickle, mas nada que colocasse em risco sua liderança.

Nesta manobra Kyle Cunningham acabou indo para o chão

Nesta manobra Kyle Cunningham acabou indo para o chão

Tomac ainda está na briga pelo título do lado Oeste

Tomac ainda está na briga pelo título do lado Oeste

Tomac finalizou em segundo e Tickle completou o pódio na terceira posição. Kyle Cunningham da equipe DNA Shred Stixs / Star Racing / Yamaha foi o quarto, e o sul-africano Tyla Rattray da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki completou os cinco primeiros. “Tinha uma motivação a mais para a corrida de hoje, já que venci minha Heat, e felizmente deu tudo certo como eu esperava”, disse Seely.

Broc Tickle, Cole Seely e Eli Tomac no pódio da SX Lites em Seattle

Broc Tickle, Cole Seely e Eli Tomac no pódio da SX Lites em Seattle

Quem fez uma corrida abaixo de suas expectativas foi Josh Hansen, até então líder do campeonato. Hansen largou na quarta posição e no decorrer da prova, perdeu terreno para Cunningham e Rattray, finalizando em sexto lugar. No campeonato, Tickle roubou a liderança de Hansen por apenas dois pontos de vantagem. Sete pontos atrás do líder, Tomac é o terceiro colocado. Seely é  o quarto, e Morais fecha os cinco primeiros.

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross Lites Oeste
1. Cole Seely
2. Broc Tickle
3. Tyla Rattray
4. Ryan Morais
5. Travis Baker
6. Tommy Weeck
7. Ben Evans
8. Topher Ingalls
9. Tevin Tapia

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross Lites Oeste
1. Josh Hansen
2. Kyle Cunningham
3. Eli Tomac
4. Martin Davalos
5. Nick Paluzzi
6. Gared Steinke
7. Brad Nauditt
8. Preston Mull
9. Travis Bright

Resultado da Last Chance da categoria Supercross Lites Oeste
1. Donald Vawser
2. Parker Eckman

Resultado da sétima etapa da categoria Supercross Lites costa Oeste
1. Cole Seely (Honda)
2. Eli Tomac (Honda)
3. Broc Tickle (Kawasaki)
4. Kyle Cunningham (Yamaha)
5. Tyla Rattray (Kawasaki)
6. Josh Hansen (Kawasaki)
7. Ryan Morais (Suzuki)
8. Martin Davalos (Suzuki)
9. Travis Baker (Honda)
10. Gared Steinke (Kawasaki)
11. Ben Evans (Kawasaki)
12. Topher Ingalls (Honda)
13. Nick Paluzzi (Yamaha)
14. Tommy Weeck (Honda)
15. Preston Mull (Kawasaki)
16. Travis Bright (Honda)
17. Donald Vawser (Kawasaki)
18. Parker Eckmann (Honda)
19. Brad Nauditt (Honda)
20. Tevin Tapia (KTM)

Classificação categoria Supercross Lites costa Oeste após sete etapas
1. Broc Tickle – 145 pontos (1 vitória)
2. Josh Hansen – 143 (3 vitórias)
3. Eli Tomac – 138 (1 vitória)
4. Cole Seely – 113 (2 vitórias)
5. Ryan Morais – 110
6. Tyla Rattray – 96
7. Kyle Cunningham – 89
8. Ken Roczen – 83
9. Martin Davalos – 82
10. James DeCotis – 67 pontos

Categoria Supercross

Para quem ainda não sabe, a categoria Supercross perdeu um dos favoritos na briga pelo título. Trey Canard da equipe oficial Red Bull / Honda Racing quebrou o fêmur durante um treino esta semana, e esta fora do restante do campeonato. Para saber mais detalhes, clique aqui e leia a notícia na coluna Mundo Afora by Renato Dalzochio Jr. #12 , publicada esta semana.

Largada da categoria Supercross com Tedesco fazendo o holeshot

Largada da categoria Supercross com Tedesco fazendo o holeshot

Momento após a largada da categoria Supercross em Seattle

Momento após a largada da categoria Supercross em Seattle

Voltando a corrida, na largada, Ivan Tedesco da equipe Dodge / Hart & Hunnington / Kawasaki fez o holeshot e saiu na frente, mas foi facilmente ultrapassado por James Stewart da equipe San Manuel / Yamaha, e o australiano Chad Reed da equipe Two Two Motorsports logo na segunda curva. Os outros dois candidatos ao título, o atual campeão Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki e o líder do campeonato, Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki fizeram péssimas largadas.

Reed estava em segundo quando acabou levando um capote

Reed estava em segundo quando acabou levando um capote

A disputa entre Stewart e Reed foi civilizada nesta etapa

A disputa entre Stewart e Reed foi civilizada nesta etapa

Dungey caiu na primeira curva após a largada e completou a primeira volta em 14º, enquanto Villopoto largou em 10º. A corrida se resumiu da seguinte forma: enquanto lá na frente Stewart abria cada vez mais vantagem sobre Reed (chegou a abrir nove segundos apenas na oitava volta), lá atrás Villopoto e Dungey lutavam para recuperar posições. Na 18ª volta, Reed cometeu um erro numa sequência de saltos e acabou sofrendo um tombo, sendo superado por Windham.

Mesmo com os maus resultados RV ainda segue na frente na classificação

Mesmo com os maus resultados RV ainda segue na frente na classificação

Aos poucos Dungey vai recuperando posições na classificação

Aos poucos Dungey vai recuperando posições na classificação

Villopoto também tentou ultrapassá-lo, mas foi bloqueado pelo australiano. No fim das contas, Stewart venceu com quase três segundos de vantagem sobre Windham. Reed completou o pódio em terceiro, Villopoto foi o quarto e Dungey completou os cinco primeiros. No campeonato, Reed reassumiu a vice-liderança, mas por apenas um ponto de vantagem sobre Dungey. O australiano também reduziu de oito para seis sua diferença em relação ao líder Villopoto.

Com duas vitórias seguidas Stewart renasceu no campeonato

Com duas vitórias seguidas Stewart renasceu no campeonato

O veterano Windham finalizou em segundo e subiu no pódio

O veterano Windham finalizou em segundo e subiu no pódio

Stewart empatou com Villopoto em número de vitórias (cinco cada um) e está a apenas nove pontos do piloto da Kawasaki. Nunca na história do AMA Supercross houve um campeonato onde os quatro melhores pilotos estivesse separados por apenas nove pontos, e isso faltando duas corridas para o final da temporada. “Parecia que eu tinha uma boa configuração para esta noite, houve um pequeno problema com os freios da minha moto, mas estou feliz com a forma como a corrida acabou. Vamos aguardar a próxima etapa !!”, disse Chad Reed.

Villopoto e Reed travaram uma forte batalha no final da corrida

Villopoto e Reed travaram uma forte batalha no final da corrida

Stewart venceu a quinta corrida na temporada 2011

Stewart venceu a quinta corrida na temporada 2011

“Antes tarde do que nunca para subir no pódio e o melhor lugar para fazer isso é aqui em Seattle !!”, disse Kevin Windham. “É sempre muito bom conseguir uma vitória como essa. Estou animado para a próxima corrida em Salt Lake City. Estou pensando em dar o meu melhor !!”, comentou James Stewart. O AMA Supercross faz uma pausa no próximo sábado e volta no dia 30 de abril, com a 16ª etapa, penúltima do campeonato, em Salt Lake City, estado de Utah.

Reed, Stewart e Windham no pódio da categoria Supercross

Reed, Stewart e Windham no pódio da categoria Supercross

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross
1. James Stewart
2. Andrew Short
3. Mike Alessi
4. Austin Stroupe
5. Kyle Regal
6. Chris Blose
7. Chad Reed
8. Cole Siebler
9. Jason Thomas

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross
1. Kevin Windham
2. Ryan Villopoto
3. Ryan Dungey
4. Nick Wey
5. Ivan Tedesco
6. Tommy Hahn
7. Tyler Bowers
8. Davi Millsaps
9. Vince Friese

Resultado da Last Chance da categoria Supercross
1. Michael Byrne
2. Fabien Izoird

Resultado da décima quinta etapa da categoria Supercross
1. James Stewart (Yamaha)
2. Kevin Windham (Honda)
3. Chad Reed (Honda)
4. Ryan Villopoto (Kawasaki)
5. Ryan Dungey (Suzuki)
6. Mike Alessi (KTM)
7. Kyle Regal (Yamaha)
8. Davi Millsaps (Yamaha)
9. Tommy Hahn (Yamaha)
10. Andrew Short (KTM)
11. Michael Byrne (Suzuki)
12. Nick Wey (Yamaha)
13. Fabien Izoird (Kawasaki)
14. Ivan Tedesco (Kawasaki)
15. Jason Thomas (Suzuki)
16. Vince Friese (Yamaha)
17. Tyler Bowers (Kawasaki)
18. Cole Siebler (Kawasaki)
19. Chris Blose (Kawasaki)
20. Austin Stroupe (Yamaha)

Classificação categoria Supercross após quinze etapas
1. Ryan Villopoto – 293 pontos (5 vitórias)
2. Chad Reed – 287 (1 vitória)
3. Ryan Dungey – 286 (1 vitória)
4. James Stewart – 284 (5 vitórias)
5. Trey Canard – 255 (3 vitórias)
6. Andrew Short – 196
7. Kevin Windham – 187
8. Davi Millsaps – 156
9. Justin Brayton – 141
10. Ivan Tedesco – 134 pontos

Etapas restantes do AMA Supercross 2011
16ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
17ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Etapas restantes do AMA Supercross Lites Oeste 2011
8ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Etapa restante do AMA Supercross Lites Leste 2011
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Shootout Oeste x Leste Supercross Lites 2011
Etapa única – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Confira como foram as etapas anteriores do AMA Supercross 2011

14ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri
13ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas
12ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá
11ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida
10ª Etapa – 12 de março – Indianápolis / Indiana
9ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida
8ª Etapa – 26 de fevereiro – Atlanta / Geórgia
7ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia
6ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim2 / Califórnia
4ª Etapa – 29 de janeiro – Oakland / Califórnia
3ª Etapa – 22 de janeiro – Los Angeles / Califórnia
2ª Etapa – 15 de janeiro – Phoenix / Arizona
1ª Etapa – 8 de janeiro – Anaheim / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

LUCIANO MATEUS disse:

ESTOU INDO PRA ASSISTIR A FINAL EM LAS VEGAS, CASO ALGUÉM VÁ SÓ ME PASSAR UM E-MAIL PRA GENTE SE ENCONTRAR LÁ.

[email protected]

franklyn disse:

força ai stewart, esse titulo está em suas mãos,
vc sempre lutou e seu esforço e merecido pela sua vitoriaaa

buba numero 1 supercross 2011

Marcelo disse:

acelera Chaddddd e vamo colocar os americanos na panela kkkkkk – Força aew Reed soh duas otimas corridas !!!! só isso!! uiahiahaiu

paulo disse:

Eu acredito no bubba ainda não tem pra ninguem , o cara é demais ……..

Tiago disse:

Corrida realmente espetacular… Bubba fez uma corrida perfeita, Reed acabou prejudicado pelos proprios erros, Villopoto puxou o freio de mao nas ultimas e etapas e ve os adversarios se aproximando, Dungey assim como Reed tem apenas uma vitoria mas segue na cola do lider, Canard esse sim teve azar e esta fora da disputa… que campeonato meu amigo… mas ainda acredito no meu idolo… FORÇA REED!!!!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly