Thales subiu no pódio do Latino MX2 no Equador

Por Adriano Winckler | Foto por Divulgação | 18 de abril de 2011 - 21:54

O paulista Thales Vilardi, piloto patrocinado pela Mega Energy / KTM / Mormaii, conquistou a quinta colocação na classificação geral da primeira etapa do campeonato Latino Americano de Motocross MX2 2011, disputada neste fim de semana, 16 e 17 de abril, em Latacunga, no Equador.

O equatoriano Jetro Salazar, que compete pela Federação Peruana, foi o vencedor da etapa, seguido pelos equatorianos Andres Benenaula e Juan Cordovez. Outro brasileiro na prova, o sergipano Rodrigo ‘Lama’ Santos, piloto da Pro Tork / 2B / Kawasaki Racing foi o sétimo colocado na classificação geral.

Apesar de o sol ter aparecido durante todo o domingo, quando foram realizadas as duas baterias da etapa, a pista do circuito de ‘El Coyote’, estava tomada pelo barro e bastante pesada para os pilotos, devido à chuva que castigou a região até a véspera da corrida.

“A pista estava muito difícil e a altitude também foi adversário a mais. A moto perde potência e a parte física também é mais exigida. Na primeira bateria infelizmente larguei mal. Como a pista estava muito difícil, com poucos traçados e muito barro, tive que fazer uma prova de recuperação. Estava em oitavo e consegui terminar em quarto. Na segunda bateria larguei bem, mas acabei caindo na primeira volta. Saí de trás e consegui me recuperar até chegar à quarta colocação. Na última volta, porém, cai de novo e terminei em quinto”, declarou Thales.

Agora o piloto paulista que também é um dos grandes nomes na disputa do campeonato Pro Tork Brasileiro de Motocross 2011, quer se preparar para as etapas brasileiras do Latino Americano de Motocross, e se concentrar na luta pelo título da temporada.

“Acho que foi uma boa estreia. Apesar de ter sofrido algumas quedas, mesmo assim fiquei feliz por terminar entre os cinco primeiros dessa etapa de abertura do campeonato. Agora é me preparar mais para as próximas etapas que serão no Brasil e entrar na briga pelo título”, finalizou Thales.

Na classificação geral do Latino de Motocross MX2 2011, o paulista Thales Vilardi está na quinta colocação com 34 pontos e o sergipano Rodrigo ‘Lama’ Santos está na sétima colocação com 27 pontos.

Salazar, Benenaula, Cordovez, Espinoza e Thales Vilardi

Salazar, Benenaula, Cordovez, Espinoza e Thales Vilardi

As próximas duas e últimas etapas do campeonato Latino-Americano de Motocross acontecerão no Brasil, nos dias 6 e 7 de agosto, e nos dias 15 e 16 de outubro.

Resultados da primeira etapa do Latino Americano de Motocross MX2 2011

Primeira bateria
1º – Andres Benenaula (EQU)
2º – Jetro Salazar (PER)
3º – Juan Cordovez (EQU)
4º – Thales Vilardi (BRA)
5º – Felipe Espinoza (EQU)
6º – Alberto Florin (URU)
7º – Justiniano Romero (EQU)
8º – Rodrigo ‘Lama’ Santos (BRA)
9º – Julian Araujo (PER)
10º – Javier Hernandez (EQU)

Segunda bateria
1º – Jetro Salazar (PER)
2º – Andres Benenaula (EQU)
3º – Juan Cordovez (EQU)
4º – Felipe Espinoza (EQU)
5º – Thales Vilardi (BRA)
6º – Justiniano Romero (EQU)
7º – Rodrigo ‘Lama’ Santos (BRA)
8º – Julian Araujo (PER)
9º – Ian Salazar (PER)
10º – Jimmy Romero (EQU)

Classificação geral da primeira
1º – Jetro Salazar (PER) – 47 pontos
2º – Andres Benenaula (EQU) – 47
3º – Juan Cordovez (EQU) – 40
4º – Felipe Espinoza (EQU) – 34
5º – Thales Vilardi (BRA) – 34 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly