Um grande público marcou abertura do Gaúcho de VX

Por Assessoria Imprensa FGM | Fotos por André Charão | 18 de abril de 2011 - 13:19

A etapa de abertura do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011, realizada neste domingo, em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, mostrou o quanto o Velocross Gaúcho tem condições de ser um dos maiores campeonatos do Brasil.

Em conjunto com a segunda etapa do campeonato Sul-brasileiro de Velocross, o que se viu foi uma festa digna de um grande campeonato. Milhares de pessoas acompanharam os mais de 270 pilotos oriundos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Uruguai e Argentina, que deram um espetáculo na pista.

A organização esteve a cargo da Prefeitura de Santa Maria, com supervisão da Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM. Confira agora os principais momentos da primeira etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross e segunda etapa do Sul-brasileiro de Velocross, e nos próximos dias semana a matéria  completa do que aconteceu no evento.

Categoria VX4 Importada
Júlio Balzan, de Tupanciretã, largou na frente e venceu de ponta a ponta, com Alexandre Najar, piloto local, que mesmo caindo garantiu a segunda posição. Ainda subiram no pódio Toninho Viana em terceiro, com Sandro da Rosa em quarto e Silvio de Souza na quinta posição.

Categoria VX4 Nacional
Um bom número de participantes na categoria que teve bandeira vermelha na segunda volta. Na relargada quem assumiu a ponta foi Antônio Corrêa ‘Pato’ para receber a bandeira quadriculada na mesma posição. Moisés Folha em uma prova consistente garantiu a segunda posição. Uma boa disputa também aconteceu entre Gilvan Anselmi e Marco Faria, que finalizaram em terceiro e quarto lugares respectivamente. E fechando o pódio apareceu Elder Pirolli ‘Netti’.

Categoria 50
A molecada também acelerou forte em Santa Maria. Logo na largada a disputa da 50cc foi intensa com várias quedas, e muita vibração do público. No final, vitória de Felipe Farias, com Matheus Fernandes em segundo, Gabriel da Costa em terceiro, Bawer Gomes em quarto, e fechando os cinco primeiros Ruben Souza.

Categoria Novatos Nacional
Uma das maiores disputas pela primeira posição aconteceu nesta categoria. Nada mais nada menos que cinco pilotos brigando o tempo todo pela vitória. Na última volta Bruno Figueiredo ganhou a posição e comemorou muito a vitória. Getúlio Júnior bem que tentou a vitória, mas teve que se contentar com a segunda colocação no pódio. Ainda tiveram Frank Ávila em terceiro, com Fernando Machado em quarto e Cristiano Freitas em quinto.

Categoria Novatos Importadas
Gate cheio na categoria que revela os novos talentos do Velocross Gaúcho. Vitória de ponta a ponta de Jordan Martini, com Fabrício Rosso em segundo, Patrick Machado em terceiro, e Gabriel Carli em quarto, e em uma bela prova de recuperação Sammy Ivanez garantiu a quinta colocação.

Categoria VX3 Nacional
Além dos obstáculos naturais que se tem na pista ainda tivemos o inicio de uma pancada de chuva durante esta bateria. Antônio ‘Pato’ Corrêa venceu de ponta a ponta. Marco Faria saiu da quinta posição para finalizar em segundo. Anibal Barreto foi o terceiro, Moisés Folha em quarto e Nilton Garcia em quinto completando o pódio da categoria.

Categoria 230
Quem largou na frente foi Bruno Figueiredo, mas o piloto local Cássio de Oliveira não estava para brincadeira e assumiu a liderança na segunda volta para levar o lugar mais alto do pódio. Eduardo Leobet em prova de recuperação foi o segundo colocado, com Sérgio Marques em terceiro. Briga boa também pela quarta posição que ficou com Bruno Figueiredo a frente de Jordan Martini.

Categoria 65
Gabriel Della Flora, de Santa Rosa, esta em uma fase muito boa, tanto que em 2011 lidera o Rinaldi Gaúcho de Motocross e participando pela primeira vez de uma prova do Rinaldi Gaúcho de Velocross venceu de ponta a ponta com mais de 58 segundos de vantagem para o segundo colocado Matias Vargas. Ainda tiveram Gonzalo Flores em terceiro, Roberto Pereira em quarto e fechando o pódio depois de enfrentar muita lama na pista chegou Mayron da Silva em quinto.

Categoria VX3 Importadas
Rodrigo Volcan assumiu a ponta na largada e pela tocada não parecia tomar conhecimento dos adversários. Na metade da prova um tombo fez com que Volcan perdesse muito tempo para religar a sua moto, deixando assim o caminho aberto para Fabiano Ribeiro, que venceu e saiu de Santa Maria com a liderança da competição. Júlio Balzan foi o segundo, com Maiara Basso em terceiro, ela que por sua vez levantou o público com disputas de igual para igual com os homens acima de 34 anos. Alexandre de Lima garantiu a quarta posição com Silvio de Souza em quinto.

Categoria VX2
Leandro Lemos largou na ponta e mesmo com várias tentativas de Matheus Basso, não perdeu a posição e largou na frente na classificação da categoria. Lucas Basso garantiu a segunda posição a frente de Lui Fietz que foi o terceiro. Matheus ‘Tatu’ Basso com problemas na moto ainda garantiu a quarta colocação. Fechando o pódio de uma das categorias mais disputadas, Bruno Leitzke Junior foi o quinto.

Categoria 85
Com dez pilotinhos alinhados no gate, a vitória ficou com Lucas Gadotti em uma boa disputa com Elói Cavaleiro Jr., o ‘Juninho’, que correu em casa, que chegou a cair, mas foi muito rápido no retorno garantindo a segunda posição. Felipe Pick, estreando na categoria com uma moto CRF150, garantiu a terceira posição. Mateus Kuns  e Eduardo Fagundes foram quarto e quinto colocados respectivamente.

Categoria 300 4T Sul-brasileiro
A FGM alterou o regulamento do Rinaldi Gaúcho de Velocross devido a solicitações dos pilotos, mas a regra já estava valendo para o Sul-brasileiro. Então ocorreu uma largada só para este campeonato. Daniel Schimtz, venceu com Guilherme Pereira em segundo, Marlon Penna em terceiro, Marcelo Winckelmann em quarto e Fernando Machado em quinto.

Categoria Nacional 4 Tempos Livre
Felipe Deloss esta mostrando que vem com tudo em 2011, vencendo de ponta a ponta com Sérgio Moraes em segundo. O Santa-mariense Cássio Oliveira garantiu a terceira posição. Ainda tiveram Dyanos Andrei da Silva em quarto e Maicon Galiotto em quinto.

Categoria Intermediária
Com a pista bem pesada devido à chuva que caiu durante a tarde, Alexandre Mendes venceu em uma prova muito disputada. Vinicius Perazzo vindo de trás, conquistou o segundo lugar no pódio. Fabiano Ribeiro depois de vencer a VX3 ainda teve fôlego para ser terceiro nesta categoria. Rafael Bertagnolli tentou andar entre os lideres, mas no final se contentou com a quarta posição. Tiago Krause fechou os cinco primeiros com a quinta posição.

Categoria Nacional Livre
O que não faltou nesta primeira etapa foi emoção, e na categoria Nacional Força Livre aconteceram disputas o tempo todo. Felipe Deloss venceu, com Daniel Schmitz em segundo. Dyanos da Silva foi o terceiro colocado, Tjones Fritz finalizou na quarto, com Guilherme Pereira em quinto.

Categoria VX1
A última largada da tarde teve a presença dos melhores pilotos do sul do Brasil em uma prova muito disputada. Lui Fietz foi o vencedor, com Leandro Lemos em segundo,  Mauricio Alvarez em terceiro, com Matheus ‘Tatu’ Basso em quarto e Lucas Basso em quinto.

Patrocinadores do Rinaldi Gaúcho de Velocross
O campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011 tem o patrocínio máster de Rinaldi e copatrocínio de Impacto Motos, IMS Equipamentos e Bel Parts, e apoio de DG Rampas, Farover, Octano, SSul, Motul, Artemoto Troféus e Mecânica Zapanetti. A etapa de Santa Maria teve o apoio local da Prefeitura de Santa Maria e do Grupo RBS.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Flavio !!

Acessa este link abaixo q vc vai poder ver a galeria de fotos da prova de Santa Maria e creio q poderá ver fotos da pista, ok

http://www.fgm.com.br/galeria/2011/santa_maria/box/index.html

Falowww

Jorge

flavio disse:

gostaria de ver foto da pista

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly