Sucesso na abertura do Rinaldi Gaúcho de Velocross

Por André Charão | Fotos por André Charão | 22 de abril de 2011 - 11:07

O campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011 começou neste último final de semana na cidade de Santa Maria, e a julgar pela etapa de abertura, a competição tem tudo para ser a melhor dos últimos anos. Nem mesmo a previsão de tempo instável para o final de semana foi suficiente para tirar o ânimo dos pilotos, que compareceram em grande número.

Pilotos dos quatro cantos do Rio Grande do Sul, e também de Santa Catarina, Paraná, Uruguai e Argentina se fizeram presentes e proporcionaram uma grande apresentação com disputas sensacionais, levando ao delírio as milhares de pessoas que lotaram as dependências do Jóquei Clube de Santa Maria. A abertura do Gaúcho de Velocross foi disputada em conjunto com a segunda etapa do Sul-brasileiro de Velocross.

A grande movimentação de pilotos começou nas primeiras horas da manhã de sábado, e em poucas horas a área de box já estava lotada. A chuva, preocupação de todos, também apareceu nas primeiras horas da manhã de sábado, com isso a direção de prova achou melhor fazer uma alteração nos horários de treinos, remarcando para a parte da tarde.

Nos treinos de sábado a tarde, os pilotos deram uma prévia do que estava por vir no domingo, a pista pesada deixava os tempos muito elevados, aos poucos com a melhora nas condições do terreno os tempos foram sendo quebrados um atrás do outro.

A noite de sábado foi de apreensão. Todos estavam com os olhares para o céu, e a torcida para que o domingo fosse de tempo bom era imensa, e foi o que aconteceu. O sol forte foi comemorado por todos, com isso  a pista estava excelente para a realização do warm-up. Logo o treino da manhã, a primeira categoria alinhou no gate.

Confira agora os detalhes de como foram as disputas da etapa de abertura do Rinaldi Gaúcho de Velocross e segunda etapa do Sul-brasileiro de Velocross em Santa Maria no último domingo, dia 17 de abril.

Antônio Correa ‘Pato’  venceu a VX4 Nacional
Foram necessárias duas largadas na categoria VX4 Nacional. Nas duas a vantagem foi para Antônio Carlos Corrêa, o ‘Pato’ (Rio do Sul/SC), com um ótimo desempenho já na largada o catarinense assumiu a ponta, mantendo um ritmo forte na liderança até a bandeira da vitória. Logo atrás na segunda colocação o gaúcho Moisés Folha (Cristal), que conseguiu encostar no líder, mas não teve sucesso na tentativa de ultrapassagem. Na terceira colocação veio Gilva Nizoli (Morro Redondo) que pouco antes da largada teve problemas com a moto na saída do Parque Fechado, e quase não alinhou no gate, Marco Aurélio Farias (Lajeado) depois de uma grande disputa com Elder Pirolli ‘Netti’ (Tapejara) e Anibal Barreto (Dom Pedrito), chegou na quarta colocação. E Elder Pirolli fechou o pódio em quinto.

Pódio da categoria VX4 Nacional em Santa Maria

Pódio da categoria VX4 Nacional em Santa Maria

Vitória na volta as pistas de Júlio Balzan na VX4 Importadas
Depois de um tempo afastado das pistas, e agora 100% recuperado, Júlio Balzan (Tupanciretã) voltou as disputas do Gaúcho de Velocross. E a volta não poderia ter sido melhor. Júlio fez uma belíssima prova, com isso, a vitória foi de ponta a ponta na categoria VX4 Nacional, a segunda colocação foi do piloto da casa Alexandre Najar (Santa Maria), Sandro Silveira da Rosa (Bombinhas/SC) foi outro destaque da categoria, depois de ter largado mal, ficando nas últimas colocações conseguiu uma recuperação surpreendente chegando na terceira colocação , mas uma queda a duas voltas do final deixou o caminho livre para Toninho Viana (Jaguarão), Sandro ficou com o quarto lugar e Sílvio Souza (Santa Vitória do Palmar) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria VX4 Importadas em Santa Maria

Pódio da categoria VX4 Importadas em Santa Maria

Felipe Farias faturou a 50
A nova geração de pilotos encarou como gente a grande os 1.500 metros da pista de Santa Maria. A disputa da categoria 50cc foi marcada por algumas quedas e também pela grande vibração do público que fez a festa para os pequenos pilotos. A vitória ficou com Felipe Matte Farias (Palhoça/SC), com Matheus Hernandes (Rio Grande) na segunda colocação, Gabriel Costa (Dom Pedrito) em terceiro. Bawer Gomes (Rio Grande) que chegou a liderar a categoria sofreu uma queda e chegou na quarta colocação. Já Ruben Facundo Souza (Rivera – Uruguai) completou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria 50 em Santa Maria

Pódio da categoria 50 em Santa Maria

Bruno Figueiredo venceu a Novatos Nacional
A disputa pela vitória na categoria Novatos Nacional foi sensacional, durante a prova três pilotos  ocuparam a liderança. Na largada Bruno Figueiredo (Candiota) assumiu a liderança da categoria Novatos Nacional, e junto com ele apareceu Getúlio Júnior (São Borja). Os dois começaram a imprimir um ritmo forte, e Frank Ávila (Santa Vitória do Palmar) aos poucos encostou nos dois líderes, daí em diante o que se viu foi uma prova à parte entre os três primeiros colocados, Getúlio assumiu a liderança e Bruno caiu para a terceira colocação, Frank Ávila também assumiu uma volta depois, mas uma queda deixou o piloto de São Borja na liderança novamente, nas duas últimas voltas Bruno foi contudo e conseguiu a vitória, deixando Getúlio Júnior em segundo e Frank Ávila em terceiro, Fernando Machado (Rio Grande) foi o quarto colocado, Cristiano de Freitas (Santa Maria) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria Novatos Nacional em Santa Maria

Pódio da categoria Novatos Nacional em Santa Maria

Vitória de Jordan Martini na Estreantes Importadas
Gate cheio na categoria Estreantes Importadas, categoria que revela os jovens pilotos que estão em ascensão no cenário estadual, entre estes pilotos, o destaque ficou para Jordan Martini (Rosário do Sul) que venceu a categoria de ponta a ponta, Fabrício Rosso (Pelotas) acompanhou o ritmo de Jordan até a metade da prova, mas diminuiu o ritmo para garantir o resultado, porém o grande destaque da categoria foi Patrick Crivelaro (São Vicente do Sul) que largou nas últimas ultimas posições e teve uma recuperação fantástica, em menos de três voltas Crivelaro já ocupava a quinta colocação e cruzou a linha de chegada na terceira colocação, o piloto da casa Gabriel Colvero Carli (Santa Maria) foi o quarto colocado, o uruguaio Sammy Ivanez (Rivera) também fez uma prova de recuperação e fechou o pódio na quinta colocação.

Antônio ‘Pato’ se deu bem sob chuva na VX3 Nacional
A categoria VX3 Nacional alinhou no gate  com a eminente possibilidade de chuva, tão logo foi dada a largada para a categoria uma pancada de chuva colocou mais emoção nas disputas, fazendo justiça ao apelido, Antônio Corrêa ‘Pato’ (Rio do Sul/SC) literalmente se deu bem na água, a segunda vitória de ponta a ponta no domingo, Marco Aurélio Farias (Lajeado) fez uma belíssima prova chegando na segunda colocação, Anibal Barreto (Dom Pedrito) foi o terceiro colocado, Moisés Folha (Cristal) foi o quarto e fechando o pódio na quinta colocação Nilton Brignol (Pelotas).

Vitória caiu do céu para Fabiano Ribeiro na VX3 Importadas
Os pilotos da categoria VX3 Importadas, também enfrentaram algumas pancadas de chuva durante a disputa da prova. Na largada Rodrigo Volcan (Pelotas), conhecido por ser quase imbatível no barro fez valer essa fama, largou na frente e imprimiu um ritmo muito forte nas primeiras voltas, logo atrás na segunda colocação Fabiano Ribeiro (Passo Fundo) acompanhava o ritmo de Volcan, com um pouco mais de cautela, esperando um improvável erro do líder, o que acabou acontecendo a duas voltas do final, Volcan sofreu uma queda e perdeu muito tempo, voltando apenas na sexta colocação, com isso a vitória caiu do céu para Fabiano, Júlio Balzan (Tupanciretã) foi o terceiro colocado depois de uma grande disputa com Maiara Basso (Mato Castelhano) que ficou com a quarta colocação, e Souza (Santa Vitória do Palmar) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria VX3 Importadas em Santa Maria

Pódio da categoria VX3 Importadas em Santa Maria

Vitória do piloto da casa na 230 4Tempos
A chuva deu uma trégua na categoria 230 4 tempos, mesmo assim a vida ficou complicada para os pilotos, o terreno ficou um pouco pesado e escorregadio, mesmo assim, os pilotos aceleraram para valer, na largada Bruno Figueiredo (Candiota) assumiu a liderança, mas Cássio Rossi (Santa Maria) atual campeão Gaúcho e Sulbrasileiro da categoria, fez valer a sua experiência e assumiu a liderança da prova após duas voltas, mantendo a liderança até o final,  vitória  de Cássio levantou o público que comemorava a cada vez que o piloto passava na frente das arquibancadas, Eduardo Leobet (Piratuba/SC) foi o segundo colocado, Sérgio Marques Moraes (Santa Cruz do Sul) foi terceiro colocado, Moraes foi o dono da melhor volta da prova, Bruno Figueiredo foi o quarto colocado, fechando o pódio na quinta colocação Jordan Martini (Rosário do Sul).

Pódio da categoria 230 em Santa Maria

Pódio da categoria 230 em Santa Maria

Catarinense venceu a VX2
A vitória de Leandro Lemos (Lages/SC) foi construída na largada, em uma disputa sensacional Leandro sai na frente, durante a prova os irmãos Basso tentaram superar o catarinense, primeiro foi Matheus ‘Tatu’ Basso , depois de algumas tentativas, viu a segunda colocação passar para as mãos de seu irmão Lucas  Basso, Leandro Lemos também soube conter os ataques de Lucas e com autoridade conquistou a vitória na VX2, Lucas Basso manteve a segunda colocação, Lui Fietz (São Bento do Sul/SC) foi o terceiro colocado, Matheus mesmo com problemas na moto garantiu a quarta colocação, fechando o pódio na quinta colocação Bruno Leitzke Jr. (São Lourenço do Sul).

Pódio da categoria VX2 em Santa Maria

Pódio da categoria VX2 em Santa Maria

Vitória na estreia de Gabriel Della Flora no Gaúcho de Velocross
A estreia de Gabriel Della Flora ‘Jabutizinho’ (Santa Rosa) no campeonato Gaúcho de Velocross foi espetacular, mesmo com a pista pesada, Gabriel mostrou que está em um excelente momento, a vitória de ponta a ponta na categoria 65, foi um verdadeiro passeio, a categoria 65cc teve uma dobradinha uruguaia, Matias Vargas e Gonzalo Trindade, ambos da cidade de Rivera foram o segundo e terceiro colocados respectivamente, Roberto Pereira (Lages/SC) foi o quarto colocado, Mairon Boeling da Silva (Agrolândia/SC) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria 65 em Santa Maria

Pódio da categoria 65 em Santa Maria

300 4tempos – Sul-brasileiro
Devido a solicitações dos pilotos, a FGM fez uma alteração no regulamento do Gaúcho de Velocross, porém a regra já estava valendo para o Sul-brasileiro, com isso, na categoria 300cc 4 tempos tivemos a vitória de ponta a ponta de Daniel Schmitz (Massaranduba/SC), Guilherme Pereira (Lages/SC) foi o segundo colocado, Marlon Pena (Morro Redondo) foi o terceiro colocado, na quarta colocação veio Marcelo Winclkemann (Estrela), fechando o pódio na quinta colocação Fernando Machado (Rio Grande).

Após grande disputa, Lucas Gadotti venceu a 85
A categoria 85cc foi decidida a menos de duas voltas do final, até então não havia como dizer quem seria o vencedor, isso por que Lucas Gadotii (Rodeio/SC) e o piloto da casa Eloy Cavalheiro Jr. (Santa Maria), disputaram a vitória palmo a palmo, Eloy encostou várias vezes no líder, mas a ultrapassagem não acontecia, na última investida antes do final uma queda por pouco não custa a segunda colocação, Gadotti levou a bandeirada da vitória, Eloy foi o segundo  colocado, Felipe Pick (Vera Cruz) foi o terceiro colocado, Matheus Kunz (Machadinho) voltando as pistas após se recuperar de uma fratura na perna e, estreando uma CRF 150 foi o quarto colocado, Eduardo Fagundes (Bagé) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria 85 em Santa Maria

Pódio da categoria 85 em Santa Maria

Felipe Deloss venceu a Nacional 4 Tempos
Felipe Deloss (Lajeado) mostrou que está em grande fase, atual campeão da categoria o lajeadense largou na frente e com um ritmo muito forte venceu a prova de ponta a ponta, com esse resultado e pelo que se viu na pista Felipe está credenciado ao título de 2011, a julgar também pela primeira etapa, um dos grandes concorrentes ao título é Sérgio Marques Moraes (Santa Cruz do Sul), que aos poucos foi encostando no líder fechando a prova na segunda colocação, Cássio Rossi (Santa Maria)foi o terceiro colocado, Dyanos da Silva foi o quarto colocado, Maycon Gallioto (Flores da Cunha) fechou o pódio na quinta colocação.

Alexandre Mendes  vence de ponta a ponta a Intermediária
A categoria Intermediária foi eletrizante, a pista bem pesada por causa das pancadas de chuva, tratou de deixar cada disputa mais emocionante, a começar pela largada, Fabrício Rosso (Pelotas), Alexandre Mendes (Santana do Livramento) e Rafael Bertagnolli (Santa Maria) dividiram a primeira curva, a vantagem foi de Alexandre Mendes que assumiu a liderança e manteve até o final, Vinícius Perazzo (Rio Grande) com uma tocada redonda foi paciente e superou seus concorrente ficando com a segunda colocação, Fabiano Ribeiro mostrou que está com todo o gás, depois de vencer a VX3 Importadas, fez uma boa prova na intermediária conquistando a terceira colocação, Rafael Bertagnolli que chegou a estar na vice liderança, teve que se contentar com a quarta colocação, Tiago Krause (Presidente Getúlio/SC) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria Intermediária em Santa Maria

Pódio da categoria Intermediária em Santa Maria

Depois do susto, Deloss vence a Nacional Força Livre
Felipe Deloss (Lajeado) caiu nas graças do grande público que acompanhou a etapa de abertura do Rinaldi Gaúcho de Velocross em Santa Maria, depois da excelente vitória na Nacional 4 Tempos, alinhou para a disputa da penúltima categoria do domingo com todo o apoio do público, na largada Felipe assumiu a liderança da categoria, desta vez seu concorrente era Daniel Schmitz (Massaranduba/SC), esse duelo entre um gaúcho e um catarinense na disputa da vitória foi um prato cheio para o público, Deloss abriu uma vantagem confortável sobre o catarinense, vantagem essa que foi ‘evaporou’ depois da que da do líder na penúltima curva da prova, Felipe conseguiu fazer a moto pegar quando Daniel estava literalmente ao seu lado, os poucos metros de disputa que restavam foram inacreditáveis, do tipo de situação que não se vê toda a hora, Deloss venceu de forma espetacular, sendo ovacionado pelo público, com certeza uma vitória que ficará marcada na memória do piloto e do público, Dyanos da Silva (Passo Fundo) foi o terceiro, Maicon Munhoz (Santa Vitória do Palmar) ficou com a quarta colocação e Guilherme Pereira (Lages/SC) fechou o pódio na quinta colocação.

Pódio da categoria Nacional Força Livre em Santa Maria

Pódio da categoria Nacional Força Livre em Santa Maria

Lui Fietz e Leandro Lemos fizeram a dobradinha de SC na VX1
Enfim a última e mais importante categoria do dia a VX1, alinhados lado a lado os melhores pilotos do sul do país, logo que caiu as intensas disputas começaram, Lui Fietz (São Bento do Sul/SC) assumiu a liderança seguido de perto por Leandro Lemos (Lages/SC), os dois disputaram a ponta por algumas voltas, mas aos poucos a preocupação de Leandro já era a de manter a segunda colocação, pois logo atrás vinha os irmãos Basso, Lucas e Matheus respectivamente e também o uruguaio Maurício Alvarez (Melo), enquanto Lui e Leandro mantinham-se na liderança, a alternância das posições entre os irmãos Basso e Maurício eram intensas, ao final dobradinha catarinense, Luiz Fietz foi o primeiro colocado, com uma boa vantagem sobre o segundo colocado Leandro Lemos, Matheus ‘Tatu’ Basso que cruzou a linha de chegada em terceiro, sofreu uma penalização, perdendo uma posição, com isso, Maurício Alvarez ‘herdou’ a terceira colocação, Lucas Basso fechou o pódio em quinto.

Pódio da categoria VX1 em Santa Maria

Pódio da categoria VX1 em Santa Maria

Resultados completos da primeira etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011

Clique aqui e confira os resultados completos da categoria VX4 Nacional
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria VX4
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria 50
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria Novatos Nacional
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria Estreantes Importadas
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria VX3 Nacional
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria VX3
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria 230
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria VX2
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria 65
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria 300 4T
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria 85
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria 4T Nacional Força Livre
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria Intermediária
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria Nacional Força Livre
Clique aqui e confira os resultados completos da categoria VX1

A etapa de abertura do campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011, teve promoção e organização da Prefeitura de Santa Maria. O próximo destino do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011 será a zona sul do Estado, mais precisamente na cidade de Jaguarão, na fronteira com o Uruguai, para a disputa da sua segunda etapa no dia 22 de maio.

Clique aqui para acessar a galeria de fotos dos boxes em Santa Maria
Clique aqui para acessar a galeria de fotos das provas em Santa Maria

Calendário do campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011
1ª Etapa – 17 de abril – Santa Maria
2ª Etapa – 22 de maio – Jaguarão
3ª Etapa – 26 de junho – Livramento
4ª Etapa – 23 de julho – Canguçu
5ª Etapa – 7 de agosto – Panambi
6ª Etapa – 28 de agosto – Santa Cruz do Sul
7ª Etapa – 18 de setembro – Passo Fundo
8ª Etapa – 16 de outubro – Alto Alegre

Patrocinadores do Rinaldi Gaúcho de Velocross
O campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross 2011 tem o patrocínio máster de Rinaldi e copatrocínio de Impacto Motos, IMS Equipamentos e Bel Parts, e apoio de DG Rampas, Farover, Octano, SSul, Artemoto Troféus e Mecânica Zapanetti.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

paulo moraes disse:

os ´´estreantes ja tão perdendo os dentes de tanto andar na categoria estreantes“…..

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly