Wellington recebeu troféu da Federação Búlgara

Por VipComm Comunicação | Fotos por Divulgação | 22 de abril de 2011 - 9:18

O piloto da Equipe Honda / Mobil, o goiano Wellington Garcia comemorou na quarta-feira, dia 20 de abril, o seu aniversário de 22 anos com a visita de autoridades, como o embaixador do Brasil na Bulgária Washington Luis Pereira e Sousa Neto, Svilen Neykov ministro dos esportes da Bulgária, Bogdan Nikolov presidente da Federação Búlgara de Motociclismo, os prefeitos de Sofia e de Sevlievo – cidade da primeira etapa do Mundial de Motocross, e o diretor do hospital, equipe médica, além de seu pai, Wellington Silva.

O brasileiro também deixou a unidade semi-intensiva do hospital militar de Sofia, capital da Bulgária, e já está no quarto para dar sequência no processo de recuperação da segunda cirurgia realizada na última semana para retirada do baço e para conter uma lesão no pâncreas.

Garcia recebeu a visita do embaixador do Brasil na Bulgária

Garcia recebeu a visita do embaixador do Brasil na Bulgária

O piloto recebeu um troféu simbólico da Federação Búlgara de Motociclismo e ganhou um bolo para a confraternização. Para retribuir, Wellington presenteou o embaixador e o médico com uma camisa da Equipe Honda. A imprensa búlgara também compareceu para registrar o momento.

Autoridades búlgaras foram visitar Wellington pelo seu aniversário

Autoridades búlgaras foram visitar Wellington pelo seu aniversário

“Já estou bem melhor, porém ainda um pouco debilitado devido aos medicamentos. Hoje tive um dia ótimo com todas essas visitas e também fiquei muito emocionado com as mensagens da minha mãe, irmã e amigos que recebi através do site oficial da Equipe Honda e dos depoimentos em vídeo dos meus companheiros de equipe. Em breve estarei junto com todos aí no Brasil”, diz o piloto.

 

Wellington com o troféu recebido da Federação da Bulgária

Wellington com o troféu recebido da Federação da Bulgária

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Max Rocha -RJ disse:

Concordo plenamente com o Volney Lima.

È isso aí Wellingtom,Todos de Goias torcem pela sua recuperaçao e esperamos ver de novo aquela pilotagem de qualidade e de resultados q sempre executou. Parabens pelo seu aniversario.

Volney Lima disse:

Uns meses atrás postei um comentário, dizendo que o tratamento dado hoje ao motocross brasileiro só irá mudar para melhor em todos os aspectos, quando as verdadeiras estrelas se unirem e criarem uma associação forte e com propostas concretas para que este esporte fantástico tenha salto de qualidade e popularidade. E as Verdadeiras estrelas são os pilotos, no dia em que tiverem a consciência de que eles tem o poder de mudar tudo isto, aí sim quem sabe o MOTOCROSS, seja organizado neste país; as vezes por puro prazer e amor ao esporte acabamos esquecendo que somos de carne e osso e estamos sujeitos a acidentes.
Do jeito que o motocross é tratado e administrado atualmente, jamais chegaremos sequer a 50% do que estão dando de atenção ao piloto brasileiro Wellington na Bulgária.

ronaldo disse:

concordo com o paulo ,quando meus filhos andavam no brasileiro e paulista os acidentes graves q sofreram com fraturas de ossos nunca tive qualquer contato da cbm ou da falida fpm(federaçao paulista de motociclismo) pra saber ao menos c eles estavam vivos ,um outro pilotinho q andava com a gente quebrou o ombro numa etapa de bras. na cat. 85 em carlos barbosa e chegando no hospital nem tinha ortopedista teve q pagar do bolso pra ser atendido em outra cidade e a cbm nao quis nem saber ……..

paulo disse:

Veja la fora o tratamento que os pilotos, tem quanto no brasil os pilotos
que se acidenta na pista sao totalmente esquecidos

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly