Swian quase pontuou na estreia no Mundial MX2

Por VipComm Comunicação | Foto por Divulgação | 25 de abril de 2011 - 17:29

O piloto oficial da Equipe Honda Mobil, Swian Zanoni, foi para a pista nesta segunda-feira, 25 de abril, em Valkenswaard, na Holanda, correr as duas baterias da categoria MX2 do campeonato Mundial de Motocross, na segunda etapa do campeonato e conseguiu resultados positivos.

O desempenho de Swian, que ao longo dos treinamentos na pista arenosa holandesa foi evoluindo, na corrida não foi diferente. Na primeira bateria o piloto oficial da Equipe Honda Mobil ganhou quatro posições e terminou em 27º lugar.

Já na segunda e última bateria o brasileiro foi mais agressivo e conseguiu finalizar sua primeira apresentação na 21ª colocação, faltando apenas uma posição para realizar seu primeiro ponto no campeonato. Desde a largada até a sexta volta Swian Zanoni conquistou oito posições e pulou para 23º. Na metade da bateria o competidor brasileiro se manteve na colocação e ainda deu uma arrancada nas voltas finais, ultrapassando mais dois adversários e chegando em 21º. Na classificação geral mineiro terminou em 26º.

Swian quase marcou seu primeiro ponto no Mundial MX2 2011

Swian quase marcou seu primeiro ponto no Mundial MX2 2011

Após as duas baterias, Swian Zanoni aprovou seu desempenho no Mundial, principalmente em uma pista tão complicada, considerada pelos pilotos uma das mais difíceis do circuito. ‘’Foi uma vitória. No Brasil não temos uma pista arenosa deste jeito e isso dificultou para mim. Passei a maioria dos dias aqui na Europa fazendo os acertos dos equipamentos novos. Em razão disso, creio que fui bem’’, coloca.

Em sua primeira etapa na competição mais importante da modalidade, o mineiro conseguiu imprimir um bom ritmo na segunda bateria. ‘’Aos poucos fui me soltando e consegui imprimir um ritmo não muito veloz, mas bastante consistente. Estou feliz com o resultado’’, finaliza.

Agora, Swian Zanoni volta a Padova, na Itália, sede da Equipe Martin Racing, onde treina para a terceira etapa do Mundial de Motocross. A próxima prova acontece entre os dias 14 e 15 de maio, em Glen Helen, nos EUA.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

joao carlos disse:

e ai vai ter narração das provas, acho q se não tiver é melhor, pq esse cara ai nop maximo é narrador de rodeio, decepcionante

karen disse:

lamentável, chimboca narrando, NINGUE´M MERECE, Alô FEDERAÇÃO GAÚCHA, vcs tem um grande narrador, ou chamem o Valério.
No minimo o brasileiro merece um narrador descente. Façam meu santo favor

MARCELO disse:

voçes e que nao sabem o que e uma moto de croos .
acordam para a realidade .
ele e piloto profissional so vive desse esporte.
eric e araujo ve se arrumam algum serviçinho pra voçes.

Eric disse:

Realmente é muito fácil falar. Pega uma moto e dá uma volta na pista de mundial pra tu ver o que é……Swian vai melhorar muito ainda….Raça cara

ARAUJO disse:

Marcelo pega uma moto e tentar fazer meio terço do que eles sabem fazer.
Falar é super facil dificil e pagar uma moto e acelerar.
Eu ja rir e falei muito de pilotos ruins mais depois que peguei uma moto e dei umas voltas na pista eu vi o quanto é dificil.
Entao deixe os cara seja ele balbi jr,leandro silva,marron ou swian.

MARCELO disse:

NAO ACHO QUE UM GRANDE FEITO .NAO DEVEMOS TAPAR O SOU COM A PENEIRA NAO GOSTEI .. FOI RUIM DEVE MELHORAR E PARAR DE PENSAR QUE FOI BOM TA .

I ai amigão manda areia neles detona ai vc e bom no que faz parabéns pela suas vitorias estamos com saudades de vc aqui nas pistas do Brasil principalmente em Pedra Bonita MG lá sim vc mostra tudo de Motocross susseso ai acelera fundo uma grande abraço fica com Deus seu amigo DiDi fotografo do site LAMACROSS valeu fuiiii.

mx e sx disse:

o pessoal q organiza o arenacross a superliga de motocross deveria faser desses campeonatos proficionais para q os pilotos pudessem evoluir muito mais….e tirar essas categorias nacional,85,mx4 e mx3 ou mxjr e deichar so as principais MX2 e MX1 o restante das categorias fica so no brasileiro de motocross………..acho eu q seria uma boa

Twitter: claudiodamata38
Swian tem que treinar, treinar, treinar e treinar. Duas baterias de 40 minutos em pistas que são cascas grossas não é para qualquer um.
Tomara que a equipe Honda que o acompanha, aprenda muita coisa boa que tem no Mundial. Pistas largas, super técnicas, piso correto todo tipo de rampa e não somente mesas, costelinhas…..

Aqui os pilotos nivelam por baixo…. Olha o Adam, o Balbi, o Castro, o Martin e o Italiano, todos acostumados com pistas Prós, quando pegam estas pistas de Velocross aqui, com piso duro, liso, sem dificuldades técnicas se veem numa situação estranha. O que sabem não faz a diferença em relação aos nossos pilotos “Profissionais”.

Não podemos tapar nossos olhos, temos que fazer um campeonato com estrutura que nos projetam para enfrentar qualquer tipo de pista no mundo inteiro.

Olhem os Franceses, Italianos, Belgas, Holandeses, andam bem em qualquer tipo de pista.

Esta cultura do esporte nós temos que contribuir, dando sugestões aos nossos amigos que fazem pista em nossas cidades, orientando-os a fazer uma pista técnica e não uma pista rápida.

Incrivelmente uma pista técnica é mais sugura que uma pista rápida, pois o tombo em alta velocidade é mais perigoso que em uma pista técnica onde a velocidade é baixa.

Portanto amigos, não exijam muito do Swian, e nem esperem muito. Lembrem-se que ele está no Mundial, onde motos são protótipos, pilotos são os melhores de cada país e há um sentimento de fazer tudo bem feito sempre !!

Vai ser um ano de aprendizado, espero que ele aprenda tudo !!

Felpão disse:

foi o 2º colocado, considerando só as hondas…e isso é muito bom!

acredito que na proxima etapa o swian vai pontuar

Roca mineira disse:

Esqueci de lembrar que o companheiro de equipe dele foi para o hospital em um quadro complexo. Imagina o psicologico do Swian, cara e’ muito complicado encarar uma prova destas e ainda ter que vencer o psicologico, depois de ver o que aconteceu a um piloto irmao. Vamos pensar:
vc esta a 160 km/ hora e consegue ver um carro arrebentado no acostamento, vc cobtinuaria a 160 km/ hora? Ta certo que neste esporte pode ser ate que nao caiba isto. Mas temos que ter muita prudencia para nao nos arrebentarmos. Eu tenho 40 anos e pratico desde os 20 e numca quebrei nada no esporte, gracas a Deus. Mas tambem faco a minha parte. Meu filho comecou com 6 anos e hoje com 12 numca quebrou nada. De certo nao somos profissionais no esporte e e’ claro que um profissional ira’ arriscar muito mais, porem se for prudente vai longe. Exemplos: Ric Carmichael , estefani everts , Balbi, mike llarocco e muitos outros. Que ao meu ver nao fizeram besteira e pilotam demais. Estes sim sao exemplos para nos. Sao feras consistentes com uma pilotagem segura isto sim e’ motocross. Os desembestados sempre se ferram, pois o motocross e’ tecnica e preparo fisico e muita cabeça e uma força de vontade tremenda. Por isto parabens Swian.

Roca mineira disse:

So quem anda no motocross sabe a dificuldade que e’ estar entre os 10 aqui no brasil. Agora imagina entre os 30 melhores do mundo. Swian e’ uma joia rara por isto ele esta la’ lutando. Parabens e temos a certeza de melhores resultados. Bem fez ele em poupar pois o que adianta ir com tudo inicialmente e quebrar nas primeiras. Vamos lembrar que um campeonato destes ganha e’ com estrategia e a da equipe dele deve ter sido poupar para ir adaptando ao contrario de dar tudo e voltar para casa mais cedo. Valeu

Volney Lima disse:

Tenho certeza de que o Swian irá evoluir muito durante a competição, mas seria preciso repensar os projetos de pistas e as pistas brasileiras atualmente, pois enquanto não evoluirmos nossas pistas; sempre será isto, ou seja, nossos pilotos passando por calvários até aprender “os caminhos das pedras”, só teremos pilotos técnicamente iguais aos europeus e americanos, quando mudarmos nossos conceitos em relação a pistas, segurança e muito intercâmbio técnico com profissionais especializados no quesito técnica de pilotagem, e lógico a reformulação estrutural do motocross, pois um esporte FANTÁSTICO é comandado e dirigido de forma amadora e muitas da vezes voltada apenas por interesses pessoais de poucos, deixando de lado os verdadeiros donos do espetáculo…. Nossos pilotos!!!
Swian tem tudo para colher bons frutos na temporada, sucesso a ele, eu fico na torcida por bons resultados engrandecendo o nosso motocross nacional.

Pedro disse:

Amigo, “certeza” para criticar alguém tem que no mínimo saber escrever….

Eric disse:

Claro que cara tem está satisfeito…o cara vai correr o mundial e quase termina entre os 20 e voltando de lesão……parabéns Swian….. vc vai evoluir com certeza…e os que lhe criticam não tem ideia de como são as pistas do mundial…é pauleira….comparado com as pistas daqui…..vai um toque ao pessoal que fazem as pistas aqui…..parabéns cara.

jair teixeira disse:

quase conseguiu 1 ponto…bahhh…tamo fu…zilado mesmo…

mais confiança!!!!!!!!!! disse:

isso ai q foi dito pelo Swian e q faz toda a diferensa entre um piloto estrangeiro do brasileiro………….e um campeonato dificil e sim,uma pista complicada e sim,mais sem essa de q estou satisfeito com o resultado!!!!!!!!!po cara vc anda muito mais do q isso Swian,mostra pra todos nos q vc vai mais longe ainda cara…..vc pode muito mais conserteza e aqui no brasil pode ter serteza a torcida vai ta do seu lado,daqui pra frente resoutado bom so quando pontuar Swian vamos la cara vc e fera e é mineiro,e mineiro sempre foi bom de motocross…………..acelera Swian braaapppppp

dentao82 disse:

parabens pelo resultado, realmente esta pista é totalmente diferente das nossas e com certeza irá evolunir nas próximas etapas.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly