ABPMX está presente na Superliga em Paulínia

Por Broop Comunicação | 28 de abril de 2011 - 19:02
A Superliga Brasil de Motocross chega a sua segunda etapa e, mais uma vez, terá a presença da Associação Brasileira de Pilotos de Motociclismo Esportivo – ABPMX. O objetivo da entidade é colaborar com o evento e defender os interesses dos competidores. As provas serão realizadas neste fim de semana, dias 30 de abril e 1° de maio, em Paulínia, São Paulo. 

O piloto e diretor da ABPMX, Marlon Olsen, já está no local. Com dias de antecedência, será possível analisar se a pista oferece condições reais de disputa aos competidores. Caso seja necessário, sugestões de melhorias serão feitas ao construtor do traçado. Além disto, a Associação ainda avaliará a área de box, serviço médico, entre outros aspectos.

Na etapa de abertura, feita nos dias 16 e 17 de abril, em Poços de Caldas, Minas Gerais, a ABPMX recebeu uma série de reivindicações dos pilotos e as mesmas foram repassadas a Romagnolli Promoções e Eventos, responsável pela organização do campeonato. Segundo Olsen, o promotor vem contribuindo com as solicitações da entidade.

Em 2011 a Associação defende ainda a preservação ambiental, com o intuito de amenizar a poluição causada pelas motocicletas através de um trabalho de recuperação. Entre uma série de propostas atendidas pela Superliga, estão a colocação de lixeiras de coleta seletiva e galões para a captação de óleo ao lado da entrada da vistoria técnica. 

“A ABPMX está preocupada com os interesses dos pilotos, patrocinadores e também com o meio ambiente. A intenção é se tornar cada vez mais atuante e ficamos contentes em ter nossas solicitações atendidas. Não se trata de imposição, mas sim de conscientização. Se contarmos com a ajuda de todos, aos poucos, iremos mudar o cenário atual para outro bem melhor”, afirma o presidente Reinaldo Selhorst.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

FERNAN disse:

AI CARAMBA, O MENININHO QUE TU FALA VESTE VERMELHO..

Ricardo disse:

Tomara que as “Organizações Romagnolli” tenha ouvido as reclamações dos pilotos, pois, a pista de Poços de Caldas estava uma vergonha, o cara que construiu deve ser o mesmo que constroi a merda do ArenaCross.
Parece pista de Ferrorama, sem emoção nenhuma…parece até que fazem de proposito: “é só para o dono do brinquedo ganhar, só que desta vez tem um molequinho malvado chamado Balbi que foi lá e estragou a festa do menininho rico….rsrsrsrs”

Roca mineira disse:

Vejo com ons olhos este trabalho. Obrigado

Fernan disse:

Nao expressarei meus sentimentos…

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly