Recorde de pilotos na abertura do Rondoniense de VX

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 03 de maio de 2011 - 7:48

Abrindo oficialmente a temporada 2011 do Velocross Rondoniense, no último fim de semana, a pista do Israel recebeu um número de aproximadamente 90 pilotos, divididos nas categorias 100, 150, 230, Força Livre e Sênior. Com o palco montado na cidade de Alta Floresta do Oeste, a prova foi marcada por grande movimentação, treinos fortes, chuva intensa no período da tarde e um número recorde de pilotos na pista.  2011.

Piloto da casa, Hérico Flores # 706, foi um dos destaques da prova vencendo nas categorias 150cc e Força Livre. Josemar Dia # 44 (100), Osmar Canale # 68 (Sênior) e João Roberto Chagas # 39 (230), foram os outros vencedores deste domingo, 1º de maio.

A direção da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, juntamente com a organização do local do evento, trabalharam muito para garantir o sucesso da prova. O local foi cuidadosamente preparado, com toda uma estrutura montada para recebe, público, pilotos e equipes.

A festa de adrenalina e velocidade começou ainda no sábado á tarde com a realização dos treinos livres, já prestigiado com um grande número de pessoas presente. No domingo pela manhã, o número de pilotos surpreendeu, superando as 90 inscrições, deixando a prova ainda mais concorrida e emocionante.

Após o Warm-up, os pilotos retornaram á pista ainda pela manhã para a realização de três bem equilibradas baterias. No período da tarde, a chuva começou a dar o ar da graça, iniciando fina, mas insistente, porém sem atrapalhar o desempenho dos pilotos. Faltando ainda duas baterias para completar a prova, a chuva despencou de vez, obrigando a organização da prova convocar o júri que decidiu pela suspensão da corrida e o adiamento do pódio para a prova do próximo fim de semana, em Chupinguaia.

Josemar Dias começou bem na 100
Vice campeão na última temporada e um dos que mais ameaçou o título de Flávio Pereira em 2010, o piloto Josemar Dias # 44 (Paraná Motos), de Cacoal, veio para esta temporada com mais experiência e uma moto melhor preparada. Mesmo não largando bem, nas duas baterias disputadas Josemar  não demorou para assumir a ponta, completando ambas em primeiro e levando Marcelo Araújo # 80 (Aguia Motos/Canapus) na segunda posição.

Tarcisio Poli # 706 (rei do Pano), de Alta Floresta bem que tentou atrapalhar a festa dos visitantes, mas acabou na quinta posição, atrás também de Claudio Velho # 307 (Circuito Motos), de Alta Floresta e Cléber Júnior # 6 (JM Motos/Eletro Motores Líder), de Cacoal, terceiro e quarto colocados respectivamente.

Canale se recuperou e venceu prova da Sênior
Contando na pista com um número de 13 motos participantes, a categoria Sênior para pilotos acima dos 33 anos, foi bastante disputada e pela primeira vez, com duas baterias. Na primeira, o veterano e experiente Claudio Barbizan # 12 (Moto Sport), de Vilhena largou bem a abriu vantagem, mas logo foi alcançado por Agnaldo Feliciano “Piriquito” # 5 (Nikima Motos/Ceará Motos), de Espigão do Oeste, trazendo consigo Leandro Silva #44 (Fazenda Furna), de Alta Floresta, com o atual campeão da categoria, Osmar Canale @ 68 (Star Motos Colorado), não conseguindo se aproximar dos três primeiros colocados.

Na segunda bateria, Periquito, Leandro e Barbizan tentaram repetir o feito, mas Canale foi mais eficiente no comando de sua máquina, ganhando a ponta e se mantendo até cruzar a linha de chegada. Agnaldo Feliciano que havia vencido a primeira, teve problemas e terminou a segunda bateria apenas em quinto lugar, o que deu a Osmar Canale a liderança da prova com um ponto á frente de Leandro Silva, segundo lugar na classificação geral da prova.

Em casa, Hérico ditou o ritmo na Força Livre
Na prova com o maior número de motos inscritas em uma prova da modalidade, 32 no total, a categoria Força Livre foi a mais bem disputadas, tendo sido necessário a realização de eliminatória para se tornar compatível ao número de espaços no gate, que é de 26. Fazendo uma largada  perfeita e imprimindo um ritmo bastante forte, Hérico Flores # 706 (Fazenda Flores), de Alta Floresta, venceu a primeira bateria de ponta a ponta, sem ser ameaçado pelos demais pilotos.

Patrick de Brito # 777 (Honda Canapus Motos/Comercial Mirim), de VIlhena, foi o segundo, com Geraldo “Branco” Maciel # 25 (Honda Moto Norte) de Alvorada do Oeste na terceira posição. Na segunda bateria, com a pista já bastante encharcada, a surpresa foi o vilhenense Pedro Tozzo # 38 (Grupo Tozzo/Aquilino Preparações) largou na ponta, mas com o pneu traseiro furado, mesmo assim segurou a liderança por mais de 10 minutos, até ir parando aos poucos.

Patrick assumiu a liderança, mas Valdinei Correia # 88 (Posto Pit Stop/Imaral Pneus/Lindágua) passando á frente e se mantendo até a bandeirada final. Hérico Flores que teve problemas de percurso no início, fez uma corrida de recuperação e terminou em segundo, tendo na soma geral dos pontos ficando na primeira colocação da prova, com Patrick Brito em segundo, Valdinei Correia em terceiro e Klaiton Kritzke #55 em quarto. Fábio Moura # 14 (Cacoal Contabilidade) completando o pódio.

Hérico Flores foi o mais rápido também na 150
Depois de terminar a temporada 2010 na cola do campeão Zé Pereira, Hérico Flores # 706 começa a temporada como principal piloto na categoria 150cc. Bem adaptado ao traçado da pista onde vinha treinando forte nas últimas semanas, Hérico não teve dificuldades para ditar o ritmo e garantir uma vitória fácil de ponta a ponta, com Peterson Sampaio # 74 (Paraná Motos/Peroba Motos), de Cacoal na segunda posição e Genaldo Nogueira # 27 (Borracharia União/Merc. Suelen/Visuart) em terceiro e Marcelo Pablo # 30 (Mana Madeira/Loja Explosão/Belissima) de Alta Floresta em quatro colocado. As motos já estavam preparadas na zona de espera para voltar ao gate, quando começou uma chuva bastante forte, levando a coordenação a suspender a prova.

Campeão João Roberto começou na frente na 230
Assim como terminou 2010, a atual temporada começa como o campeão João Roberto Chagas # 39 Farmácia Brasil/Chagas Madeira), de Santa Luzia andando na frente. Numa disputa acirrada com Felipe Carvalho # 112, de Rolim de Moura, Geraldo Maciel “Branco” e Valdinei Correia. Envolve um número de 14 motos na prova, a categoria 230cc provou ser a maior potencia do Velocross de Rondônia, onde o ritmo das motos foi bastante intenso. Apesar da lama, os pilotos fizeram uma corrida forte, imprimindo forte velocidade nas retas. Como a segunda bateria da 230cc seria para fechar a prova e a chuva caiu pesado, a categoria também apenas uma bateria disputada, mantendo a classificação inicial.

Para o presidente da FMR, Reinaldo Selhorst, a disputa está apenas começando e a temporada promete grandes emoções. Selhorst lamentou que o tempo chuvoso tenha prejudicado a prova, eliminando as duas baterias finais, assim como inibindo um pouco a presença do público, que mesmo assim compareceu em bom número para prestigiar os pegas proporcionados pelos pilotos em cada uma das cinco categorias disputadas. Reinaldo informa aos pilotos que a premiação em troféus será feita na etapa do próximo fim de semana, na cidade de Chupinguaia.

Resultado da primeira etapa do Rondoniense de Velocross 2011

Categoria 100
1° # 44 – Josemar Dias – Cacoal
2° # 80 – Marcelo Araújo – Cacoal
3° # 307 – Claudio Velho – Alta Floresta
4° # 6 – Cleber Júnior – Cacoal
5° # 706 – Tarcísio Poli – Alta Floresta

Categoria Sênior
1° # 68 – Osmar Canale – Colorado do Oeste
2° # 44 – Leandro Silva – Alta Floresta
3° # 27 – Agnaldo Feliciano – Espigão do Oeste
4° # 45 – Joelson Gonçalves – Rolim de Moura
5° # 12 – Claudio Barbizan – Vilhena

Categoria 1501° # 706 – Hérico Flores – Alta Floresta do Oeste
2° # 74 – Peterson Sampaio – Cacoal
3° # 27 – Genaldo Nogueira – Santa Luzia do Oeste
4° # 30 – Marcelo Pablo – Alta Floresta
5° # 6 – Vanderlei Batista – Rolim de Moura

Categoria Força Livre
1° # 706 – Hérico Flores – Alta Floresta do Oeste
2° # 777 – Patrick de Brito – Vilhena
3° #-88 – Valdinei Correia – Pimenta Bueno
4° # 55 – Kleiton Klitzke – Alvorada do Oeste
5° # 14 – Fábio Moura – Cacoal

Categoria 230
1° # 39 – João Chagar – Santa Luzia do Oeste
2° # 112 – Felipe Carvalho – Rolim de Moura
3° # 88 – Valdinei Correia – Pimenta Bueno
4° # 25 – Geraldo Maciel – Alvorada do Oeste
5° # 14 – Fabio Moura – Cacoal

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly