David e Ken foram os mais rápidos em Indaiatuba

Por Leonardo Cassel | Fotos por Luiz Pires | 21 de maio de 2011 - 22:05

Sol forte, arquibancadas com muita gente, ronco dos motores, imprensa de vários países trabalhando no evento, participação de muito dos melhores pilotos da atualidade e show de ultrapassagens: um ótimo cenário para o início do Honda GP Brasil de Motocross 2011, eventos que está sendo realizado em Indaiatuba, São Paulo, e conta como a  quarta etapa do campeonato Mundial de Motocross.

Os destaques dos treinos deste sábado, 21 de maio, vão para o italiano David Philippaerts e o alemão Ken Roczen, vencedores das corridas classificatórias da MX1 e MX2, respectivamente. Entre os brasileiros, o curitibano Jean Ramos, piloto da equipe oficial Honda / Mobil foi o melhor colocado, com a 12ª posição na MX2 e o mineiro Jorge Balbi Jr., da equipe Pro Tork / 2B / Kawasaki foi o melhor na MX1 ao finalizar na 16ª posição.

O primeiro dia da competição no Brasil começou com treinos livres, pré-classificatórios e corridas classificatórias das categorias MX1, MX2 e Troféu Honda 150. Competidores de vários países ligaram seus motores e foram para a pista do Centro de Lazer Off-Road da Honda proporcionando grandes disputas e imagens fantásticas ao público que compareceu às arquibancadas de Indaiatuba.

Categoria MX1
Na corrida classificatória da categoria MX1, que teve duração de 20 minutos (mais duas voltas), David Philippaers levou a primeira colocação e terá o melhor lugar no gate das duas baterias deste domingo, 22 de maio. O francês Steven Frossard fez o holeshot, mas foi pressionado por Philippaerts e Antonio Cairoli.

Largada da classificatória da categoria MX1 em Indaiatuba

Largada da classificatória da categoria MX1 em Indaiatuba

Ainda na segunda volta, Cairoli escorregou em uma curva, caiu e perdeu várias posições. Na metade da prova, Philippaerts ultrapassou o rival Frossard e correu livre para assegurar a primeira colocação. Cairoli fez uma incrível prova de recuperação e conquistou o terceiro lugar.

O melhor brasileiro colocado na categoria foi Jorge Balbi, que fechou na 16ª posição. “Larguei bem e consegui andar bem rápido, o que me deixou com um bom tempo. A pista estava com muito saltos, porém o sol atrapalhou um pouco minha visibilidade. Amanhã é outro dia e espero ter mais um bom resultado”, diz Philippaerts.

Leandro Silva finalizou em décimo nono na classificatória da MX1

Leandro Silva finalizou em décimo nono na classificatória da MX1

Gabriel Gentil finalizou em vigésimo sétimo na classificatória da MX1

Gabriel Gentil finalizou em vigésimo sétimo na classificatória da MX1

Categoria MX2
Na disputa que definiu o gate de largada da MX2, o atual campeão do Campeonato Mundial de Motocross, Ken Roczen, venceu sem dificuldades o classificatório. Jeffrey Herlings, melhor no treino pré-classificatório, terminou a corrida em segundo lugar. “Correr na América do Sul é muito empolgante.

Largada da classificatória da categoria MX2 em Indaiatuba

Largada da classificatória da categoria MX2 em Indaiatuba

A torcida vibra com cada ultrapassagem e isso é muito legal. Será vencedor nesta prova quem tiver bem preparado fisicamente”, coloca Roczen. Se no treino livre Tommy Searle liderou com o tempo de 1:56.898, na corrida classificatória o piloto da Grã-Bretanha não teve a mesma competência.

Com um pouco mais da metade da prova, o competidor teve problema na moto e abandonou. Entre os brasileiros, destaque para Jean Ramos, que foi o melhor do classificatório na 12ª posição.

Anderson Amaral finalizou em vigésimo na classificatória da MX2

Anderson Amaral finalizou em vigésimo na classificatória da MX2

Endrews Armstrong finalizou em vigésimo terceiro na classificatória da MX2

Endrews Armstrong finalizou em vigésimo terceiro na classificatória da MX2

Categoria 150
Na categoria Troféu Honda 150, exclusiva para motos 150cc que pelo segundo ano dá oportunidade aos jovens pilotos nacionais de correrem na etapa do mundial, Gustavo Henn foi o melhor no classificatório com o tempo 2:16.427. O segundo colocado foi o atual líder da Superliga Brasil de Motocross na categoria Júnior, Thiago Formehl, seguido de Gustavo Pessoa.

Gustavo Henn foi o mais rápido no treino classificatório da 150

Gustavo Henn foi o mais rápido no treino classificatório da 150

Clique aqui e confira o resultado completo dos treinos das categorias MX1 e MX2

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly