Redenção foi palco do GP Arauto de Supercross

Por Marlon dos Santos Viana | Fotos por Divulgação | 24 de maio de 2011 - 9:26

O Supercross atraiu 42 pilotos das mais diversas cidades e Estados, como Maranhão e Tocantins. A pista de 680 metros foi construída no centro da cidade de Redenção, no Estado do Pará, sendo isto uma grande facilidade para o público local poder assistir uma prova de Supercross. Realizado pela primeira vez em 2009, o GP Arauto de Supercross a cada ano vem superando todas as expectativas e atraindo vários adeptos ao esporte. Agora vamos às provas.

Categoria Nacional A
A primeira bateria a entrar em cena foi a Nacional A onde contou com os melhores pilotos da região. Placa de 15 segundos virou para 5  gate no chão e quem saiu na frente foi o piloto Casim, seguido pelo Patrik, piloto de Redenção. Frank, Tuta, Claudinei e Júnior Bala vieram logo atrás travando uma bela disputa. Na segunda volta o piloto Casim caiu e Patrik assumiu a primeira colocação, daí para frente o que se viu foi um show de pilotagem.

Patrik abriu vantagem em relação ao segundo colocado, Frank, que vinha buscando a todo custo a primeira colocação. Tuta de Xinguara também entrou no embalo e seguiu Frank que ultrapassou Patrik e assumiu a primeira colocação. Tuta em boa prova também conseguiu ultrapassar Patrik e faltando 3 (três) voltas para o fim da prova conseguiu encostar em Frank, a menos de 25 metros para receber a bandeira quadriculada a moto do piloto teve problema no câmbio e Tuta conseguiu passar e vencer a prova comemorando muito. Claudinei e Júnior Bala chegaram logo atrás, e completaram o pódio.

Categoria Nacional B
A segunda categoria alinhar no gate foi a Nacional B, que teve 22 (vinte e dois) pilotos inscritos. A organização da prova optou em fazer classificatória zelando assim pela segurança dos pilotos, pois a pista era pequena para tantos competidores em apenas uma bateria. Vinicius Coelho #13, piloto de Floresta do Araguaia, ficou na segunda colocação da categoria Nacional B.

Feita a classificatória, os pilotos foram para a grande final com 10 (dez) pilotos no gate, e quem largou na frente foi o piloto Wanderson que seguido pelo piloto Rafael Macacheira fizeram 3 voltas iniciais de tirar o fôlego. Rafael consegue assumir a liderança e abre vantagem para os demais, enquanto isso o garoto Matheus vem fazendo um aprova de recuperação e buscando tirar vantagem de todos.

O piloto Vinicius e Marlon fizeram uma ótima prova e andando forte conseguiram encostar em Rafael Macacheira, que com problema na moto foi sendo ultrapassado. Valdinan Bueno tentou passar Rafael Macacheira, que conseguiu fazer sua moto melhorar, e daí para frente a briga dos dois foi intensa, mas Valdinan conseguiu a quarta colocação após boa prova.

Depois que assumiu a liderança Matheus só administrou para vencer com larga vantagem para o segundo colocado que foi Vinicius “Coelho”, Marlon, Valdinan e Rafael completaram os 5 (cinco) do podium.

Categoria Especial Força Livre
Para finalizar o GP Arauto de Supercross com chave de ouro a categoria Especial Força Livre contou com nomes consagrados no esporte. Após a placa de 15 segundos quem pulou na frente foi o piloto Kaio Cesar, de Redenção, que há 7 (sete) anos parados do Motocross voltou largando na frente. Em segundo lugar o piloto Gustavo, também de Redenção, travou uma bela disputa com Frank, que seguido por Kibadinha Jr. e Claudinei fizeram várias trocas de posições a todo momento. Silvio Tigrão sofreu uma queda na primeira volta e com a mão machucada não teve tempo para reação.

O piloto Wellington ‘Natividade’ de Imperatriz largou na última posição, mesmo lesionado do joelho e do pulso o piloto foi para cima e tenta uma prova de recuperação após largar em último. No pelotão da frente o piloto Frank abriu vantagem para a vitória, Baiano de Miranorte, largou atrás e conseguiu encostar em Claudinei, que em tarde não muito inspirada não fez boa prova. Kaio Cesar que largou na frente abandona a corrida, Gustavo e Silvio Tigrão se chocam e também ficam de fora do evento.

Kibadinha Jr. que largou em sexto conseguiu fazer valer o seu preparo e finalizou na terceira colocação, Wellington ‘Natividade’ após uma tarde turbulenta pelas lesões durante os treinos de sábado, conseguiu a segunda colocação. Frank, de Araguaina, venceu a categoria e mostrou que estar bem preparado para próximas corridas.

Resultados do GP Arauto de Supercross 2011

Categoria Nacional B
1 – Mateus Martins – Miranorte / TO
2 – Vinicius Coelho – Floresta do Araguaia / PA
3 – Marlon Brando Santos – Santana do Araguaia / PA
4 – Valdinan Bueno – São Felix do Xingú / PA
5 – Rafael Macacheira – Parauapebas / PA

Categoria Especial Força Livre
1 – Frank Venâncio  – Araguaina / TO
2 – Wellington Natividade – Imperatriz / MA
3 – Kibada Júnior – Parauapebas / PA
4 – Baiano – Miranorte / TO
5 – Claudinei João – Conceição do Araguaia / PA

Categoria Nacional A
1 – Evandro Tuta – Xinguara / PA
2 – Frank Venâncio – Araguaina / TO
3 – Patrik Mendes – Redenção / PA
4 – Claudinei João – Conceição do Araguaia / PA
5 – Júnior Alves – Redenção / PA

O GP Arauto de Supercross teve apoio da revenda Honda Arauto Motos, Prefeitura Municipal, Secretaria de Esportes, Lira Comunicação Visual, Pastelaria Expresso Oba Oba, Malharia Minas Fabril, Tendas Imperial, Guia Redenção, Leandro Fofocross, Junior e Tatá.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly