Hot News Mundocross #20

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 25 de maio de 2011 - 18:49

Hot News Mundocross, a coluna do site Mundocross que tem notícias quentes para você, que gosta de estar por dentro das últimas do Mundo do Cross. Antes com edições semanais, e agora com edições quinzenais desde o último dia 10 de maio, o Hot News reúne várias informações do mundo Off-Road, principalmente, Motocross e Supercross, além de Arenacross, Cross Country e Rally Cross.

Agora para você o Hot News Mundocross #20

Programa Competição na TV
A Velocidade e o Off-Road são os focos do Programa Competição, apresentado no canal TVCom em Santa Catarina. E agora você poderá assistir a reportagem sobre a segunda etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2011. Confira as matérias agora aqui no Mundocross. A apresentação é de Giovani Martinello e as reportagens são de Chico Vargas.
Imagem de Amostra do You Tube


Swian permanece em São Paulo para tratamento
Lesionado na mão direita, o mineiro Swian Zanoni, piloto da equipe oficial Honda / Mobil, não retornou a Europa junto com os membros da sua equipe, e ficou em São Paulo para fazer tratamento em sua mão direita, a qual ele lesionou em um treino na Itália no dia 6 de maio e acabou agravando a lesão durante a terceira etapa do Mundial de Motocross em Glen Helen. Quando chegou ao Brasil na semana passada para participar do GP Brasil de Motocross, Swian ainda sentia a lesão, e quando entrou na pista de Indaiatuba para o primeiro treino livre de sábado, o mineiro não suportou a dor e abandonou a disputa do GP. Recomendado pela equipe Honda Brasil, Swian foi consultar um especialista, que acabou detectando uma leve fratura. Com isto o piloto mineiro permanece no Brasil para fazer um tratamento intensivo para poder estar apto a correr a quinta etapa do Mundial de Motocross que será no dia 5 de junho na França.

Swian Zanoni

Swian Zanoni

Novo parceiro do site Mundocross
Foi fechado na semana passada uma nova parceria do site Mundocross. Trata-se da Motocross na América, empresa baseada nos Estados Unidos que organiza e dá apoio logístico para pilotos de Motocross que queiram ir competir naquele país. A Motocross na América é coordenada pelo Márcio Andreoli, um paranaense que já mora há 11 anos no Estado da Flórida, nos Estados Unidos. O Mundocross agradece ao Márcio pela confiança em fazer esta parceria com o site. Confira abaixo um vídeo do Minio’s 2010, campeonato que a Motocross na América tem pacotes para pilotos brasileiros que queira ir participar da edição 2011, que será no mês de novembro.
Imagem de Amostra do You Tube


Entrevista com Hector Assunção
Nos próximos dias o site Mundocross estará publicando uma entrevista exclusiva com o jovem talento Hector Assunção, piloto da equipe satélite Itamaracá / Fox / Honda. O paulista, irmão mais novo de Roosevelt Assunção, está num excelente momento na sua carreira, e depois de ter conquistado grandes resultados no Brasileiro de Motocross e ser o melhor brasileiro no GP Brasil de Motocross em Indaiatuba, ele está sendo apontando por muito com o piloto do momento no Motocross Brasileiro. Então aguarde, pois nos próximos dias tem 10P Mundocross com Hector Assunção aqui no site da galera.

Ramon Sacilotti na frente no Sertões Series
Ramon Sacilotti venceu no fim de semana (21 e 22 de maio) a abertura do Sertões Series, realizada em Botucatu, no interior de São Paulo. Em dois dias de competição, com 106km de trechos cronometrados em cada um deles, o piloto patrocinado pela Rinaldi foi o mais rápido da categoria Super Production e da classificação geral entre as motos. A prova, que também contava pontos para a segunda etapa do Brasileiro de Rally Cross Country, serviu como preparação para a maior competição da modalidade no Brasil, o Rally dos Sertões, que acontece em agosto. “Estou muito feliz porque a navegação era bem técnica e eu consegui desenvolver bem nos dois dias. E é isso que conta muito no Rally dos Sertões. Estou mais preparado agora, mais confiante”, avalia Ramon, que travou um duelo especial com Guto Klaumann pela primeira colocação geral. “O primeiro dia foi bem tranqüilo. Larguei na frente, abri a especial, andei na minha e abri uma diferença de quase dois minutos. Então no domingo, quem chegasse primeiro sairia vencedor. E nos 20km finais fizemos uma disputa intensa, trocamos de posição umas quatro vezes e, faltando cerca de 2km, passei ele outra vez e venci”, explica o piloto Rinaldi. A organização da prova caprichou na variação de terrenos, fazendo o rally passar por diversos tipos de solo, exigindo equipamento e técnica dos pilotos, conforme havia prometido na semana anterior. “No início era um chão batido, bem liso. Depois tinha um solo meio arenoso, bem fofo. E mais adiante era cascalho puro, bem variado”, conta Ramon, que usou os pneus Rinaldi HE 40 na dianteira e o RMX 35 na traseira.

Novo anunciante no site Mundocross
E neste mês de maio a Ipiranga Lubrificantes passou a fazer parte do rol de anunciantes do site Mundocross. Com o intuito de divulgar uma grande campanha, que está dando 1.000 capacetes iguais ao usado pelo Freestyler brasileiro Gilmar ‘Joaninha’ Flores, a Ipiranga está anunciando no Full Banner Topo aqui no Mundocross. Clique aqui , participe da promoção e concorra a capacetes iguais ao do Joaninha !!!

Moara finalizou em quaro na Producton Aberta no Sertões Series
A piloto Moara Sacilotti, irmã de Ramon, conquistou o quarto lugar na categoria Production Aberta, e o 11º posto na classificação geral entre as motocicletas. Moara avalia sua participação como positiva, já que o resultado foi melhor que o esperado. “Estou muito contente. No sábado tive um problema com o equipamento de navegação, mas no domingo consegui baixar 10 minutos do meu tempo, o que é muito bom”, diz. “Fico feliz porque estou me sentindo bem, a moto está boa, estou bem fisicamente e cada vez mais preparada para o Sertões”, complementa Moara. O próximo desafio dos irmãos será o Rally da Amazônia, entre os dias 17 e 19 de junho. Depois, o foco se volta especialmente para o Rally Internacional dos Sertões, que acontece entre os dias 9 e 20 de agosto, e os quatro primeiros dias também contam pontos pela segunda etapa do Sertões Series.

Moara Sacilotti

Moara Sacilotti

Vídeo do Catarinense de Supercross em Curitibanos
Custa agora no Mundocross o vídeo com imagens da segunda etapa do campeonato Catarinense de Supercross, realizado no dia 8 de maio em Curitibanos. O vídeo é uma produção do Tiago Wolff do site Racecross.com
Imagem de Amostra do You Tube

Nico Rocha fora das pistas por dois meses
Um dos principais pilotos do Estado do Paraná está fora da disputa da terceira etapa do Campeonato Paranaense de Motocross 2011, programada para este fim de semana, dias 28 e 29 de maio, em Boa Esperança. Nico Rocha se recupera de uma cirurgia feita no pulso direito. O atleta, que representa a Pro Tork 2B Kawasaki Racing, deslocou o pulso ao tentar evitar uma batida nos treinos cronometrados da segunda etapa da competição, realizada no dia 15 de maio em Imbituva. Nico passou por cirurgia para a colocação de dois pinos com a expectativa de voltar mais rápido às pistas. “Em dez dias farei a retirada dos pinos e aí então terei uma posição mais exata de quanto tempo devo ficar afastado. O médico me disse inicialmente dois meses, mas eu espero me recuperar muito antes disso. Quero defender minha equipe e os títulos que conquistei em 2010”, explicou. No ano passado Nico ergueu a taça da MX3 no Paranaense, e nesta temporada vinha liderando a classe e também a MX4 até o acidente. Além disso, o piloto é o atual campeão Paraguaio na MX3 e está na ponta da tabela classificatória atual.

Pilotos da Rinaldi no Mundial de MX
O GP Brasil de Motocross, pela quarta etapa do Mundial de Motocross 2011, serviu para Marcello “Ratinho” Lima e Eduardo “Dudu” Lima, pilotos patrocinados pela Rinaldi, como um treino de alto nível pensando na continuidade da temporada. Líder da MX2 do Brasileiro de Motocross, Dudu terminou a competição disputada em Indaiatuba, São Paulo, nesse fim de semana, 21 e 22 de maio, na 20ª colocação entre as 250cc. Já Ratinho foi o 30º colocado na MX1. “Nossa participação no GP Brasil acabou sendo um treino forte para as competições nacionais que disputamos. Optamos por não arriscar, porque a prova estava muito perigosa, principalmente a  segunda corrida da MX1, quando tivemos alguns brasileiros que se machucaram”, argumenta Gui Lima, chefe de equipe. Além de optarem por realizar uma corrida segura, os pilotos também precisaram enfrentar o desafio de correrem em categorias trocadas, como explica Gui Lima. “O Marcello não anda de 450cc há três meses. Ele vem treinando somente com 250cc e sentiu a mudança. Já o Dudu vem treinando de 450cc para render na MX2, um formato de treino que está sendo válido”, revela o chefe de equipe.  Por completar 24 anos em 2011, Ratinho não pôde correr na MX2 e precisou trocar sua inscrição, que já estava feita, com o irmão. “Mesmo não conquistando um resultado expressivo na MX2, fiquei satisfeito com alguns detalhes, como a minha boa largada na segunda corrida. Acho que a participação no GP foi mesmo um treino forte para as próximas etapas da Superliga e do Brasileiro de Motocross”, comenta Dudu. “Quero focar minhas energias para a continuação dos campeonatos nacionais. Considero que a experiência que adquiri nesse fim de semana foi muito importante”, diz Ratinho, que é vice-líder da MX2 no Brasileiro de Motocross. Os irmãos, que têm ao patrocínio da Rinaldi, voltam à pista em Chapecó, Santa Catarina, pela terceira etapa da Superliga Brasil de Motocross que será disputada em 4 e 5 de junho.

Eduardo 'Dudu' Lima

Eduardo 'Dudu' Lima

Entrevista com Wellington sobre sua estada na Bulgária
Para quem ainda não assistiu, segue aí abaixo o vídeo do nosso querido piloto Welllington Garcia falando no último final de semana durante o GP Brasil de Motocross em Indaiatuba, quando recebeu uma da Honda.
Imagem de Amostra do You Tube


Cantero representou a Pro Tork no Paraguaio de Velocross
Adrian Cantero está cumprindo bem a missão de defender o título do Campeonato Paraguaio de Velocross. Neste fim de semana, dias 21 e 22, o piloto local disputou a terceira etapa da competição, na cidade de Villeta, e garantiu mais uma vitória, somando pontos importantes na classificação da categoria VX1. O atleta que representa a Pro Tork 2B Kawasaki Racing largou na frente nas duas baterias e não deu chance aos adversários, sendo o primeiro a receber a bandeira quadriculada. O público vibrou com a conquista de Adrián, que, além de ser o atual campeão na modalidade, é detentor de 15 títulos nacionais de Motocross. “O nível do campeonato subiu muito em relação ao ano passado e isto faz com que eu fique ainda mais feliz com os resultados que venho conquistando. Estou invicto e espero manter o ritmo. Gostaria de agradecer a Pro Tork pelos seis anos de parceria e pela confiança que depositam em mim”, afirmou. Agora, Adrian se prepara para a próxima etapa, que será realizada nos dias 4 e 5 de junho, no mesmo município.

Copa Oeste de Veloterra aterrissa em Xanxerê
Tudo pronto para a segunda etapa da Copa Oeste de Velocross – COVX, em Xanxerê, em Santa Catarina. A pista, localizada no Complexo turístico Lírio Tronco, recebe os ajustes finais para a disputa neste final de semana, dias 28 e 29 de maio. Com um traçado de 1.100 metros, a pista foi reformulada para a segunda etapa do campeonato. “A pista é muito técnica. Tivemos o objetivo de manter o traçado original, porém com novas características e inovando em algumas situações. Considerada uma pista de média velocidade com curvas de baixa e alta velocidade” explica Tiago Pereira (Pinguim), um dos idealizadores da etapa. Moderno e técnico, o circuito conta com uma subida na saída do gate e logo uma curva para a direita. A partir de então, a pista é revestida de descidas e subidas, curvas em todos os ângulos. Além disso, alguns setores foram alargados e escavados em grau, para aumentar a inclinação das curvas. Além do já tradicional troféu holeshot, novidades marcam a etapa de Xanxerê, e as categorias do campeonato passaram por ajustes. Foram extintas as categorias 85cc e 55cc, devido ao numero de pilotos participantes ser insuficiente para a realização destas categorias. Pilotos da 55cc poderão competir na 65cc, e pilotos da 85cc que usa a motocicleta 150cc 4T em sua maioria poderão competir na VX2. A classe que estreia como experimental é a categoria VX2, para motos especiais de até 150cc 2T e 250cc 4T. A categoria VX1 Força Livre passa a ser disputada em bateria única. As inscrições serão feitas no local do evento na secretaria de prova. A segunda etapa da Copa Oeste de Velocross, Etapa Motosun Yamaha, é uma realização do Moto clube Serpentes do Oeste de Xanxerê, organização Dudu Racing e supervisão da FCM.

Frase da semana
“Uma vida gasta cometendo erros não é mais honrada,
mas é mais útil do que uma vida gasta fazendo nada.”
(George Bernard Shaw)

Hot News Mundocross by Jorge Soares

Colaboração:
Assessoria Imprensa Pro Tork
Broop Comunicação
Mariah Morgado
Tiago Wolff

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly