Cacaulândia promete fortes disputas no MX em RO

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 28 de maio de 2011 - 7:43

Pilotos de diversas regiões do Estado já estão na cidade de Cacaulândia para a disputa da segunda etapa do Rondoniense de Motocross 2011, que acontece neste fim de semana com a expectativa de mais uma grande festa de emoção e adrenalina. A pista  será liberada neste sábado para os treinos livres onde os pilotos aproveitam para o reconhecimento do novo traçado, além dos últimos ajustes em suas motos. No domingo, os treinos cronometrados começam a partir das 9 horas e às 11 horas acontece a largada da primeira bateria do dia. Graças a parceria firmada com a Prefeitura de Cacaulândia, a entrada será franca ao público.

Visando dar mais consistência e ainda para inibir a poeira, foi acrescentado alguns caminhões de areia na pista, que mede 1.150 metros de extensão, com um traçado de pontos distintos, onde numa parte a pista é travada, bastante técnica, com curvas acentuadas e em outra, de média alta, onde os pilotos poderão testar a força de suas máquinas. A pista conta com três saltos em locais estratégicos, dois lançantes, uma sessão de costelas e três duplos, o que certamente vai tornar a prova ainda mais forte e competitiva.

A equipe de homens da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, com a ajuda da Secretaria Municipal de Obras do município já concluíram os trabalhos de montagem das estruturas para receber o público que é aguardado em grande número para o evento. Foram instaladas arquibancada móvel com capacidade para mais de 2 mil pessoas sentadas, camarote vip, banheiros químicos, tendas cobertas e uma ampla área reservada aos box, com iluminação, facilitando assim para aqueles que quiserem pernoitar no local.

César Zamboni

César Zamboni

A prova que acontece neste fim de semana, faz parte da vasta programação festiva em comemoração ao 19° aniversário de emancipação político administrativo de Cacaulândia. As comemorações que começaram já na quinta-feira a noite coma realização de um culto ecumênico, prossegue neste sábado com o grito de carnaval com desfile de blocos locais, entre outras. No  domingo será servido um almoço comunitário e o convite está aberto a toda a população de Cacaulândia e comunidades vizinhas. O prefeito Edir Alquieiri (DEM) não tem medido esforços para proporcionar um grande evento aos munícipes.

Hugo Amaral

Hugo Amaral

Na pista, as expectativas são as maiores, uma vez que os pilotos estão empolgadas e prometem proporcionar um grande show de pilotagem em busca do ponto mais alto do pódio. Depois de vitória máster de Hugo Amaral # 51 (Equipe Mastter Racing/Honda/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia), prova de abertura, em Espigão do Oeste, Rodrigo Selhorst # 8 (Equipe Mastter Racing/Honda/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia) se diz preparado para dar o troco. No entanto o jovem e empolgado César Zamboni # 172, também patrocinado pela Equipe Mastter Racing/Honda/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia, não quer ficar para traz e promete engrossar a briga pela vitória. Mesmo ainda em recuperação, o atual campeão da MX2, Marco Túlio # 1 (Rondomotos), que quebrou a clavícula nos treinos em Espigão, espera poder correr em Cacaulândia.

Lucas Belém

Lucas Belém

A segunda etapa do campeonato Rondoniense de Motocross 2011 é uma realização e coordenação da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, em parceria com a Prefeitura de Cacaulândia, apoio do Ministério dos Esportes, Petrobras, Eletrobras, Governo de Rondônia, senador Valdir Raupp, senador Acir Gurgacz, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputado estadual Valdivino Tucura, Lind’água, Ciclo Cairú, MegaBom Sorvetes, Cairú Transportes e Castilhos Estruturas Metálicas.

Clique aqui e confira como foi a primeira etapa do Rondoniense de Motocross 2011

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly