AMA Motocross 2011 – 2ª etapa – Freestone

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 29 de maio de 2011 - 21:58

Depois da grande uma etapa de abertura no fim de semana passado, o AMA Motocross 2011 prosseguiu neste sábado, 28 de maio, com a segunda etapa da temporada, disputada no circuito de Freestone County Raceway, na cidade de Wortham, no Estado do Texas, Estados Unidos. Confira como foi…

A segunda etapa do AMA Motocross foi no circuito de Freestone

A segunda etapa do AMA Motocross foi no circuito de Freestone

Categoria 450

Na largada da primeira bateria, Christian Craig, da equipe Troy Lee Designs / Lucas Oil / Honda, fez o holeshot, seguido pelo francês Christophe Pourcel, da equipe MotoConcepts / Yamaha, que largou em segundo. Mas os três favoritos ao título da temporada, o australiano Chad Reed, da equipe Two Two Motorsports, o atual campeão Ryan Dungey, da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki, e Ryan Villopoto, da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki, respectivamente nesta ordem, rapidamente assumiram as três primeiras posições, permanecendo nelas até a bandeira quadriculada. David Millsaps, da equipe Muscle Milk / Toyota / Yamaha, finalizou em quarto, e Craig em quinto.

Largada da primeira bateria da categoria 450

Largada da primeira bateria da categoria 450

Chad Reed e Ryan Dungey

Chad Reed e Ryan Dungey

Na segunda bateria, Dungey fez o holeshot e saiu na frente, seguido por Reed em segundo. Em 14 voltas o piloto da Suzuki chegou a abrir mais de 20 segundos sobre o australiano, e após 30 minutos, restando duas voltas para o final da corrida, quando parecia certo que ele iria vencer a bateria e faturar o overall, sua moto apresentou problemas mecânicos e ele foi obrigado a abandonar a prova, sem completar a corrida.

Largada da segunda bateria da categoria 450

Largada da segunda bateria da categoria 450

Ryan Villopoto

Ryan Villopoto

Com isto a vitória caiu no colo de Reed. Millsaps finalizou em segundo, com o australiano Brett Metcalfe, companheiro de equipe de Dungey, em terceiro. Ricki Dietrich, da equipe Valli Motorsports / Yamaha foi o quarto e Villopoto o quinto. No overall, vitória de Reed, com Millsaps em segundo e Villopoto completando o pódio na terceira posição. Metcalfe foi o quarto e Dietrich completou os cinco primeiros.

Ricky Dietrich

Ricky Dietrich

Chad Reed

Chad Reed

No campeonato, Chad Reed ampliou sua vantagem na liderança para 21 pontos em relação à Ryan Villopoto. Este assumiu a vice-liderança graças ao revés de Ryan Dungey na segunda bateria. David Millsaps é o terceiro, Dungey caiu para quarto, e Brett Metcalfe fecha os cinco primeiros.

Brett Metcalfe

Brett Metcalfe

Chad Reed e David Millsaps

Chad Reed e David Millsaps

Resultado da segunda etapa na categoria 450
1. Chad Reed (Honda) 1-1
2. David Millsaps (Yamaha) 4-2
3. Ryan Villopoto (Kawasaki) 3-5
4. Brett Metcalfe (Suzuki) 9-3
5. Ricky Dietrich (Yamaha) 8-4
6. Jake Weimer (Kawasaki) 6-7
7. Christian Craig (Honda) 5-8
8. Ryan Dungey (Suzuki) 2-25
9. Andrew Short (KTM) 15-6
10. Nick Wey (Yamaha) 10-11
11. Michael Byrne (Suzuki) 14-10
12. Tye Simmonds (KTM) 13-12
13. Les Smith (Yamaha) 11-14
14. Vince Friese (Yamaha) 12-16
15. Tommy Hahn (Yamaha) 7-39
16. Ben LaMay (Yamaha) 16-13
17. Kevin Windham (Honda) 28-9
18. Calle Aspegren (Honda) 17-17
19. Kyle Chisholm (Yamaha) 39-15
20. Fredrik Noren (Honda) 19-19
21. Dean Porter (Suzuki) 21-18
22. Kyle Partridge (Yamaha) 18-35
23. Kurtis Manderscheid (Yamaha) 23-20
24. Seth Rarick (Honda) 20-23
25. Dillon Huddleston (Kawasaki) 24-21
26. Tyler Bright (Honda) 30-22
27. Dustin Kendall (Suzuki) 26-27
28. Tony Gallo (Honda) 31-24
29. Michael Stryker (KTM) 25-30
30. Lowell Spangler (Honda) 22-33
31. Buddi Bruner (Kawasaki) 29-29
32. Dakota Kessler (Yamaha) 27-31
33. Robert Fitch Jr. (Honda) 32-28
34. Heath Harrison (Honda) 40-26
35. Cory Green (Suzuki) 37-32
36. Scotty Wennerstrom (Suzuki) 33-36
37. Dustin Pipes (Suzuki) 36-34
38. Christophe Pourcel (Yamaha) 34-37
39. Weston Peick (Kawasaki) 35-40
40. Kevin Urquhart (Kawasaki) 38-38

Classificação da categoria 450 após duas etapas
1. Chad Reed – 97 pontos (2 vitórias)
2. Ryan Villopoto – 76
3. Davi Millsaps – 72
4. Ryan Dungey – 69
5. Brett Metcalfe – 64
6. Ricky Dietrich – 53
7. Christian Craig – 47
8. Kevin Windham – 45
9. Jake Weimer – 44
10. Tommy Hahn – 40
11. Michael Byrne – 36
12. Nick Wey – 35
13. Andrew Short – 33
14. Tye Simmonds – 31
15. Christophe Pourcel – 24 pontos

Categoria 250

Na largada da primeira bateria, Justin Barcia, da equipe Geico Powersports / Honda, fez o holeshot e saiu na frente, seguido pelo bicampeão Mundial de Motocross 2009/2010 na categoria MX2, o francês Marvin Musquin, da equipe oficial KTM. Ainda na primeira volta, Justin perdeu o controle e caiu em uma curva para a esquerda, Musquin não teve como desviar e acabou caindo também.

Largada da primeira bateria da categoria 250

Largada da primeira bateria da categoria 250

Blake Baggett

Blake Baggett

Musquin abandonou a bateria e Barcia voltou nas últimas posições. Quem aproveitou para assumir a liderança foi Blake Baggett, da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki. Porém sua alegria durou só até a terceira volta !! Baggett comprou terreno também, e a liderança caiu no colo do seu companheiro de equipe, o canadense Dean Wilson. Wilson manteve a liderança até a bandeira quadriculada, garantindo a vitória após dezesseis voltas.

Malcolm Stewart

Malcolm Stewart

Dean Wilson

Dean Wilson

Seu companheiro de equipe, o sul-africano Tyla Rattray, foi o segundo. Kyle Cunningham, da equipe DNA Shred Stixs / Star Racing / Yamaha, finalizou na terceira posição, com seu companheiro de equipe, o sul-africano Gareth Swanepoel em quarto, e Elic Tomac da equipe Geico Powersports / Honda em quinto.

Na largada da segunda bateria, Barcia fez o holeshot e saiu novamente na ponta. As coisas não estão boas para Marvin Musquin, que nem alinhou no gate para a segunda bateria em Freestone. Barcia manteve a liderança até a primeira metade da bateria.

Largada da segunda bateria da categoria 250

Largada da segunda bateria da categoria 250

Justin Barcia

Justin Barcia

Na segunda metade foi superado por Rattray. Uma vez com a liderança assumida, Rattray se manteve nela até a bandeira quadriculada, garantindo a vitória. Barcia finalizou em segundo, Wilson em terceiro, Cunningham em quarto, e Brock Tickle, companheiro de equipe de Rattray, em quinto.

Justin Barcia e Dean Wilson

Justin Barcia e Dean Wilson

Eli Tomac

Eli Tomac

Com estes resultados, Rattray também faturou o overall. Wilson foi o segundo e Cunningham completou o pódio na terceira posição. Barcia foi o quarto e Tomac completou os cinco primeiros. No campeonato, Wilson lidera com 5 pontos de vantagem sobre Rattray. Tomac é o terceiro, Baggett o quarto, e Cunningham fecha os cinco primeiros.

Tyla Rattray

Tyla Rattray

Pódio da categoria 250 em Freestone

Pódio da categoria 250 em Freestone

Resultado da segunda etapa na categoria 250
1. Tyla Rattray (Kawasaki) 2-1
2. Dean Wilson (Kawasaki) 1-3
3. Kyle Cunningham (Yamaha) 3-4
4. Justin Barcia (Honda) 9-2
5. Eli Tomac (Honda) 5-6
6. Martin Davalos (Suzuki) 10-7
7. Matt Lemoine (Kawasaki) 8-11
8. Cole Seely (Honda) 14-8
9. Blake Baggett (Kawasaki) 7-16
10. Gannon Audette (Yamaha) 12-12
11. Gareth Swanepoel (Yamaha) 4-28
12. Broc Tickle (Kawasaki) 39-5
13. Lance Vincent (Honda) 16-8
14. Austin Howell (Suzuki) 18-9
15. Nico Izzi (Honda) 6-29
16. Nick Paluzzi (Suzuki) 15-13
17. Malcolm Stewart (Suzuki) 11-33
18. Justin Sipes (Kawasaki) 20-14
19. Killy Rusk (KTM) 13-34
20. Travis Baker (Honda) 33-15
21. Jason Anderson (Suzuki) 32-17
22. Taylor Futrell (Honda) 17-32
23. Alexander Millican (Yamaha) 29-18
24. Ricky Renner (KTM) 37-19
25. Joshua Clark (Honda) 19-35
26. Johnny Moore (Honda) 28-20
27. Tony Archer (Suzuki) 22-21
28. Levi Kilbarger (Honda) 23-22
29. Teddy Parks II (Kawasaki) 24-24
30. Dakota Tedder (Kawasaki) 27-23
31. Rhett Urseth (Kawasaki) 25-26
32. Cody Woodworth (Suzuki) 30-25
33. Sean Lipanovich (Suzuki) 26-31
34. Steven Clarke (Suzuki) 21-36
35. Ozzy Barbaree (Suzuki) 34-27
36. Scott Champion (Honda) 38-30
37. Alex Martin (Honda) 31-37
38. Darryn Durham (Honda) 35-38
39. Ryan Sipes (Yamaha) 39-39
40. Marvin Musquin (KTM) 40-40

Classificação da categoria 250 após duas etapas
1. Dean Wilson – 90 pontos
2. Tyla Rattray – 85 (1 vitória)
3. Eli Tomac – 69
4. Blake Baggett – 66 (1 vitória)
5. Kyle Cunningham – 64
6. Justin Barcia – 52
7. Gareth Swanepoel – 46
8. Martin Davalos – 44
9. Cole Seely – 42
10. Broc Tickle – 38
11. Marvin Musquin – 33
12. Gannon Audette – 31
13. Matt Lemoine – 27
14. Nico Izzi – 26
15. Austin Howell – 23 pontos

Categoria WMX

Na primeira bateria, Ashley Fiolek da equipe oficial Honda ficou com a vitória. A brasileira Mariana Balbi patrocinada pela Pro Tork e que corre pela equipe MotoConcepts / Yamaha, foi à segunda, com Tarah Gieger, da Troy Lee / Honda na terceira posição. Sarah Price foi à quarta, e Marissa Markelon à quinta.

Largada da primeira bateria da categoria WMX

Largada da primeira bateria da categoria WMX

 

Jessica Patterson

Jessica Patterson

Tarah Gieger e Mariana Balbi

Tarah Gieger e Mariana Balbi

Na segunda bateria, a atual campeã Jessica Patterson, da Yamaha, ficou com a vitória. Fiolek foi a segunda e Gieger novamente a terceira. Mari Balbi finalizou na quarta posição. Tatum Sik foi à quinta colocada. No overall, vitória de Fiolek, com Gieger em segunda, e Mari Balbi completando o pódio na terceira posição.

Largada da segunda bateria da categoria WMX

Largada da segunda bateria da categoria WMX

Mike Genova, dono da equipe MotoConcepts incentivando Mariana

Mike Genova, dono da equipe MotoConcepts incentivando Mariana

Patterson foi a quarta e Sik completou as cinco primeiras. No campeonato, Fiolek assumiu a liderança com 8 pontos de vantagem sobre Patterson. Gieger é a terceira, Mari Balbi a quarta, e Sik fecha as cinco primeiras.

Resultado da segunda etapa na categoria WMX
1. Ashley Fiolek (Honda) 1-2
2. Tarah Gieger (Honda) 3-3
3. Mariana Balbi (Yamaha) 2-4
4. Jessica Patterson (Yamaha) 13-1
5. Tatum Sik (Yamaha) 6-5
6. Marissa Markelon (Yamaha) 5-8
7. Sara Price (Kawasaki) 4-11
8. Alexa Pearson (KTM) 8-7
9. Kasie Creson (Honda) 9-9
10. Lindsey Palmer (Honda) 10-10
11. Vicki Golden (Kawasaki) 15-6
12. Jacqueline Strong (KTM) 12-12
13. Sarah Whitmore (KTM) 11-15
14. Hailey Larson (Honda) 14-13
15. Sayaka Kaneshiro (Suzuki) 7-28
16. Ashleigh Hall (Kawasaki) 17-16
17. Jackie Ives (Yamaha) 29-14
18. Jenica Paulsen (KTM) 18-19
19. Ashley Boham (Kawasaki) 16-24
20. Julie Parizek (Kawasaki) 25-17
21. Alyssa Fitch (Honda) 21-18
22. Christina Reed (Yamaha) 19-20
23. Alexandra Lopez Soliman (Honda) 20-25
24. Tressa Rau (Honda) 22-21
25. Michelle Miller (Yamaha) 24-23
26. Justine Cox (Kawasaki) 23-26
27. Taryn Covington (Honda) 28-22
28. Blake Keller (Kawasaki) 26-27
29. Lauren Volentir (Kawasaki) 27-29

Classificação da categoria WMX após duas etapas
1. Ashley Fiolek – 91 pontos (1 vitória)
2. Jessica Patterson – 83 (1 vitória)
3. Tarah Gieger – 72
4. Mariana Balbi – 66
5. Tatum Sik – 59
6. Jacqueline Strong – 48
7. Kasie Creson – 48
8. Marissa Markelon – 47
9. Sara Price – 43
10. Alexa Pearson – 42
11. Stephanie Laier – 40
12. Vicki Golden – 37
13. Sayaka Kaneshiro – 37
14. Lindsey Palmer – 31
15. Sarah Whitmore – 29 pontos

Calendário do AMA Motocross 2011
3ª Etapa – 11 de junho – High Point Raceway – Mt. Morris (Pensilvânia)
4ª Etapa – 18 de Junho – Budds Creek MX – Mechanicsville (Maryland)
5ª Etapa – 25 de Junho – Thunder Valley MX – Lakewood (Colorado)
6ª Etapa – 2 de Julho – Red Bud – Buchanan (Michigan)
7ª Etapa – 16 de Julho – Spring Creek MX – Millville (Minnesota)
8ª Etapa – 23 de Julho – Washougal MX Park – Washougal (Washington)
9ª Etapa – 13 de Agosto – Unadilla Valley – New Berlin (New York)
10ª Etapa – 27 de Agosto – Motocross 338 – Southwick (Massachusetts)
11ª Etapa – 3 de Setembro – Steel City Raceway – Delmont (Pensilvânia)
12ª Etapa – 10 de Setembro – Pala Raceway – Pala (Califórnia)

Calendário do WMX Motocross 2011
3ª Etapa – 25 de Junho – Thunder Valley MX – Lakewood (Colorado)
4ª Etapa – 2 de Julho – Red Bud – Buchanan (Michigan)
5ª Etapa – 16 de Julho – Spring Creek MX – Millville (Minnesota)
6ª Etapa – 27 de Agosto – Motocross 338 – Southwick (Massachusetts)
7ª Etapa – 3 de Setembro – Steel City Raceway – Delmont (Pensilvânia)
8ª Etapa – 10 de Setembro – Pala Raceway – Pala (Califórnia)

Confira como foi a primeira etapa do AMA Motocross 2011

1ª Etapa – 21 de maio – Hangtown / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Valeu pela resposta Juarez

Juarez(Boston) disse:

Ela é muda sim Tony,,,e anda muito bem,,,já tive a oportunidade de ve-la correr por tres ou quatro vezes…

A Ashley Fiolek é muda não é? Parabéns pra Mariana Balbi.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly