Brasileiro de MX Júnior seguiu neste domingo no Paraná

Por Adriano Winckler | Foto por Arquivo Walter Guilherme | 30 de maio de 2011 - 20:52

Com mais de 20 mil pessoas nas arquibancadas, a cidade de Boa Esperança, no Paraná, recebeu neste fim de semana, 28 e 29 de maio, a segunda etapa do campeonato Brasileiro de Motocross Júnior 2011, em prova válida também pela terceira etapa do campeonato Paranaense da modalidade.

Cerca de 240 pilotos participaram do evento, marcado por belas disputas e muita emoção em todas as categorias. Pelo Brasileiro, os destaques ficaram por conta de Matheus Favero (50A), Carlos Eduardo Barros (50B), Brunna Bartz (MXF) e Francisco Martins Neto (MXJr).

A primeira categoria a entrar na pista, ainda no sábado, foi a da garotada da 50A. Matheus Favero levou a melhor sobre João Vitor Antunes e venceu com tranquilidade. German Samaniego foi o terceiro. Gabriel Andrigo, que terminou em quarto, segue como líder na classificação geral, com 43 pontos, contra 25 de Matheus Favero.

Na categoria 50B, a disputa foi bem apertada entre  Favero e Carlos Eduardo Barros. Após 11m45s de prova, Carlos Eduardo recebeu a bandeirada na primeira colocação, apenas 1s208 à frente de Matheus. João Vitor Ribeiro foi o terceiro colocado. Carlos Eduardo segue líder da categoria, com 50 pontos. Matheus, o segundo, tem 45.

Entre as mulheres, a paranaense Brunna Bartz, campeã brasileira em 2010, segue dominando sem dar chances às adversárias. Brunna venceu mais uma na categoria MXF, com mais de 30 segundos de vantagem sobre a segunda colocada, Katia Scheider. Bruna Avila foi a terceira, com Jennifer Pereira em quarto. Brunna Bartz lidera a classificação geral com 51 pontos, contra 42 de Jennifer, e 22 de Katia Scheider.

Brunna Bartz

Brunna Bartz

A categoria mais aguardada pelo Brasileiro era a MXJr, composta por pilotos que já começam a se destacar no cenário nacional. Segundo colocado na etapa de abertura, Francisco Martins Neto andou forte, impôs seu ritmo e venceu, com vantagem de cerca de 6s sobre Marciano Rusis, o segundo colocado, e cerca de 7 segundos sobre Endrews Armstrong, o terceiro.

Francisco Martins é o líder na classificação geral, com 47 pontos, seguido por Rodrigo ‘Lama’ Santos, que com o quarto lugar em Boa Esperança subiu para a vice-liderança, e Luiz Miranda Pereira, ambos com 30 pontos. Lama leva vantagem nos critérios de desempate.

Pelo Campeonato Paranaense, os vencedores foram: Leonardo de Almeida (65), Cristian Scherer (85), Ismael da Costa (Nacional), Marciano Rausis (Intermediária), Olavio Carpinski (MX4), Willian Guimarães (MX3) e Jean Ramos (MX1 e MX2).

A próxima etapa do Brasileiro de Motocross Júnior acontecerá nos dias 9 e 10 de julho, no Espírito Santo. A terceira etapa do campeonato Paranaense de Motocross e segunda do Brasileiro de Motocross Júnior foram uma realização da Prefeitura de Boa Esperança, com a organização da Federação Paranaense de Motociclismo – FPRM, e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, com apoio de Jarva Racing, e patrocínio oficial da Pro Tork e Mobil Super Moto.

Resultado da segunda etapa do Brasileiro de Motocross Júnior 2011

Categoria 50A
1º – Matheus Favero
2º – Joao Vitor Ribeiro
3º – German Samaniego
4º – Gabriel Andrigo
5º – Nathan Carvalho

Categoria 50B
1º – Carlos Eduardo Barros
2º – Matheus Favero
3º – Joao Vitor Ribeiro
4º – German Brosel
5º – Nathan Carvalho

Categoria MXF
1ª – Brunna Bartz
2ª – Katia Scheider
3ª – Bruna Avila
4ª – Jenifer Pereira

Categoria MXJR
1º – Francisco Martins Neto
2º – Marciano Rausis
3º – Endrews Armstrong
4º – Rodrigo Santos
5º – Lucas Martini

Classificação do Brasileiro de Motocross Júnior 2011 após duas etapas

Categoria 50A
1º – Gabriel Andrigo – 43 pontos
2º – Matheus Favero – 25
3º – Joao Vitor Ribeiro – 22
4º – Bruno Da Cruz – 22
5º – German Samaniego – 20 pontos

Categoria 50B
1º – Carlos Eduardo Pereira – 50 pontos
2º – Matheus Favero – 45
3º – Nathan Carvalho – 29
4º – Jose Stenio Damasceno – 26
5º – Joao Vitor Ribeiro – 20 pontos

Categoria MXJR
1º – Francisco Martins Neto – 47 pontos
2º – Luiz Miranda Pereira – 30
3º – Rodrigo Santos – 30
4º – Joao Pedro Pinho Ribeiro – 26
5º – Pedro Iglesias – 26 pontos

Categoria MXF
1ª – Brunna Bartz – 51 pontos
2ª – Jennifer Pereira – 42
3ª – Katia Scheider – 22
4ª – Bruna Avila – 20
5ª – Maiara Basso – 20 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

rodrigo disse:

Fica no ar minha pergunta ????Não foi divulgado q a corrida do Paraná ceria sábado…..
Para q descem chance para os pilotos q estão participando das duas corridas….
O que cera q ouve……
Então para q publicar CE não vale nada….
Ai fais nos pilotos de bobo…..
Meu nome e rodrigo…..
Será q o motivo e por causa da esculhambação da CBM…..

janaina todeschini disse:

Twitter: todeschinijanaa
O CIRCO ta pegando fogo, literalmente! HAUAHUAHAUHAU =p

anonimuuuu! =D disse:

Este comentário foi excluído pelo fato de não ter sido informado um email válido.

Evite ter seus comentários excluídos, fazendo seus comentários sem ofensas e com endereço de email válido.

Tiago disse:

srs…
o Jabuti colocou isso no site da FGM por ter a garantia do do JUBA que a prova seria domingo. Pelo que eu conheço o Jabuti, isso nao vai ficar assim. com certeza ele irá tomar as devidas providencias, até mesmo porque ele é forte dentro da CBM e vai conseguir algo para os Gauchos.
Acho eu que a etapa deveria ser cancelada ou no minimo pontuada pelos tempos cronometrados.
se isso nao acontecer, realmente vira ”piada” o campeonato Brasileiro….

anonimuuuu! =D disse:

Este comentário foi excluído pelo fato de constarem palavras de baixo calão e não ter um email válido.

Evite ter seus comentários excluídos, fazendo seus comentários sem ofensas e com endereço de email válido.

Alberto disse:

Uma série de erros,,,,,, desde o ano passado venho falando que esse campeonato Brasileiro Junior é uma farsa…. porque quantos pilotos participam de todas as provas??? quem vai em todas as etapas??? 3 ou 4 na MX-2 …2 ou 3 Pilotos na feminina…. 2 ou 3 pilotos na 50cc…. ou seja,,, não tem numeros de pilotos e o pior… como será o nosso esporte no Futuro,,, o que estamos fazendo nas categorias de Base… quantos pilotos temos em categorias 50cc e 65cc, iniciando no esporte, cada vez mais tem menos,,, tem Estados que nem tem categorias 50cc e 65 cc em seus Estaduais???? quantos que estão irão desistir ao longo do caminho??? quanto é oferecido de ajuda de custos ou premiações para pilotos de 50cc 65cc,,??? agora pergunto…. um piloto da MX-2 gasta mais que um piloto da 50cc para ir numa prova rodando 1.000 / 1.500 / 2.000 km???? ta tudo errado,,,,, o motocross vai acabar…. sabe porque??? vai ser um esporte de apaixonados que vão andar fim de semana,, a base esta esfasselada,, e não vejo ninguem fazer nada…..
Outra coisa,,, erros continuos,,, dizer que a prova iria ser no sabado e não cumpriram, é um enorme erro…. mas erro também da FGM que fez etapa do Gaucho numa data que ja sabia que iria ter Brasileiro Junior….ou seja, nesse caso todo mundo acha facil correr no sabado,,, rodar a noite toda pra correr em outro local num outro campeonato no domingo, mas pra quem tem que fazer isso não é bem assim….
è uma pena que aconteça isso tudo hoje em dia….. ou seja…. completamente um calendario sem organização, um campeonato feito as Coxas, e sem valorização nenhuma…. alguem lembra do Marçal que foi campeão ano passado????

fabricio disse:

O jabuti foi la resolveu tudo com o “esperto” da outra federação.
Mas tem um problema, o jabuti não sabia que estava lidando com “CRIANÇA”, o que fizeram é PA-LHA-ÇA-DA!!!!!!!!

fabricio disse:

Eu axo o seguinte, os caras tavam se cagan…., e por isso transferiram, viram o cara fazendo o melhor tempo, ai melaram as calças, ora bolas????
quer andar com amador???? troca de categoria intaum, tem que andar com os bons e provar q vc é melhor, isso ai foi palhaçada, sempre tem gente puxando a brasa pro seu assado , isso é FATO!!

Rafael Silveira disse:

como diz o Dorival que o Juba é um carana piorado…nooossa aí dá para ter uma mnoção do quanto ele está mal mesmo….vamos tocar esses campeonatos com sinceridade e valorizar o nosso esporte…Brasileiuro Jr. é a prova de entradas para as categorias profissionais, precisamos valorizar os nossos pilotos e suas equipes que se deslocam de longe andando mais de 1000km para acontecer esse tipo de palhaçada!!!vamos se mexer galera…vamos lá Jorge larga alguma matéria relacionada a esse assunto, não podemos deixar passar e branco!!abração Grande Jorge

Rafael Silveira disse:

Repúdio a informação de que a corrida do Brasileiro Jr. seria no sábado!
Boa tarde Jorge, venho através deste, divulgar a minha indignação com a questão da corrida do Campeonato Brasileiro Jr., ao qual conforme matéria abaixo no dia 25 de maio, no site da FGM, a conversa do Presidente da FGM com o presidente da FPRM, ficou acertado que a corrida seria no sábado, ou seja, teve pilotos do RS quen iria para a corrida do Brasileiro Jr. no sábado e voltariam no final de tarde pois também teria o Gaúcho no domingo.
Aconteceu na sexta feira os treinos livres e tivemos um piloto Gaúcho fazendo o melhor tempo e levando o ponto extra, a FPRM esperou até sábado para anunciar que a corrida seria somente no domingo, sabendo eles da FPRM que iria acontecer também no mesmo final de semana o campeonato gaúcho de Motocross, é por esse tipo de motivos que o nosso amado motocross não cresce da forma que deveria, pois não há organização de algumas federações, como queremos que o nosso esporte passe em canal aberto se nem mesmo um calendário eficiente seguimos?
Fica algumas dúvidas, por que será que foi transferido? será que é por que tinha um piloto paranaense disputando nas primeiras posições? Fica a dúvida.
Agradecemos desde já o presidente da Federação Gaúcha de Motociclismo Paulo ‘Jabuti’ Della Flora, que fez a sua parte, ao qual o presidente da FPRM Sr. Gilberto ‘Juba’ Rosa não cumpriu com o combinado.
E agora como fica? Tinha piloto disputando os dois campeonatos, com chance nos dois, teve de optar por um campeonato e “abrir mão” de outro, abrir mão não porque queria e sim por opção de dar valor ao nosso Campeonato Estadual.
Pedimos explicação ao presidente da FPRM, diga a nós como fica a situação Sr. Gilberto ‘Juba’ Rosa? vai ser cancelado a etapa? acho isso difícil mas o correto seria porque nós Gaúchos estamos em cima do assunto e vamos recorrer das formas que nos diz respeito e legalidade.
isso tudo é uma palhaçada!!!!!

Wagner disse:

esse br Junior esta uma vegonha…. como tiago falou, os pilotos foram la no brasileiro junior e nem andaram, o pinho, a maiara, a janaina….que vergonha….o juba fez tudo pra enrolar e para os pilotos nao andarem…quando eles sairam de la soltavam foguetes, de alegria, cm o tiago flou, o pinho meteu 1seggundo nos cara, mas, sera que o brasileiro junior ainda vai continuar, com essa desorganização, por favor!!!! que vergonha, da parte do juba, e PRINCIPALMENTE DO JABUTI!!!!! os pilotos sairem de boa esperança pra correr o gaucho aqui em venancio, fazer 1000km, isso eh ter dedicação ao esporte, vontade de andar, parabens aos pilotos. e JABUTI, VAMOS VER QUE ATITUDE VC IRIA TOMAR????? AGUARDAMOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

dorival disse:

esse juba presidente da federação paranaense nada mais é que um caravana piorado.

Tiago disse:

Brincadeira o que a federacao fez com nossos gauchos na Brasileiro no PR.
O Pinho liderando o brasileiro teve de voltar ao Sul e nao andou, mas colocou quase 1 segundo em cima dos favoritos e mostrou que temos bons pilotos na nossa região.
força pinho e vamos buscar o perdido.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly