Balbi confirmado na Superliga de MX em Chapecó

Por Assessoria Imprensa Pro Tork | Foto por Divulgação | 03 de junho de 2011 - 14:48

O piloto enfrentará a lesão no ombro direito para se manter na disputa do título da MX Pró na Superliga de Motocross. Balbi lidera a categoria principal e espera somar pontos importante na terceira etapa do evento, que será realizado neste fim de semana, dias 4 e 5 de maio, em Chapecó, Santa Catarina.

Desde que sofreu a queda no GP Brasil do Mundial de Motocross FIM, há 15 dias, o atleta que representa a Pro Tork / 2B / Kawasaki Racing não treina com moto. Neste tempo, dedicou-se apenas ao tratamento: seis horas de fisioterapia por dia, além de acupuntura. Os movimentos ainda são restritos e a dor continua presente, mas o edema na região diminuiu bastante.

“A recuperação foi meu foco nos últimos dias. Apesar de ter uma musculatura forte, ainda não consigo fazer alguns movimentos, porém, o importante é que não tenho grandes dificuldades quanto ao posicionamento na pilotagem. Se eu perdesse esta prova seria muito difícil continuar na briga pelo título, então, estou feliz por estar presente e farei o melhor que puder nesta corrida de superação”, explicou Balbi.

Jorge Balbi Jr. corre pela liderança em Chapecó

Jorge Balbi Jr. corre pela liderança em Chapecó

Balbi e o segundo colocado na classificação, o piloto Leandro Silva, possuem o mesmo número de pontos: 92. Como venceu a última prova, o mineiro leva a melhor no critério de desempate. Leandro, que também sofreu um acidente na etapa brasileira do Mundial, não estará presente nesta etapa. Roberto Castro é o terceiro colocado, com 84 pontos, seguido de João ‘Marronzinho’ Júnior, com 70, e Gabriel Gentil, com 58 pontos.

Pilotos Pro Tork ainda disputam na MX4 e MX3
Milton ‘Chumbinho’ Becker lidera a categoria MX4 e está contente com a possibilidade de conquistar sua terceira vitória consecutiva incentivado pela torcida do Oeste catarinense. “Sou da região, inclusive já morei na cidade. Tenho muitos amigos aqui e tenho certeza que as arquibancadas estarão repletas deles, vibrando por mim. O objetivo é manter a invencibilidade, vou com tudo”, afirma.

Já o companheiro de equipe, o paranaense Davis Guimarães, espera recuperar a liderança da MX3. O piloto é o segundo colocado na tabela, atrás de Massoud Nassar. “A disputa está bastante acirrada na categoria, temos o mesmo número de pontos, mas o Massoud venceu a segunda etapa, por isso está na frente. A intenção é vencer e manter o título para a Pro Tork”, disse o atual campeão.

Sobre o evento
A terceira etapa da Superliga Brasil de Motocross será realizada neste fim de semana, dias 4 e 5, em Chapecó, Santa Catarina, no circuito localizado no Autódromo do município. A pista passou por reformas para receber o evento, seu traçado foi aumentado – total de 1800 metros –, ganhou mais saltos e teve sua velocidade reduzida.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Leandro #98 disse:

Mauro…. no site no evento esta informando mesmo que amanha a primeira bateria da categoria MX PRO será ao vivo na rede Tv.

Da uma olhada ai.
http://www.superligademotocross.com.br/noticia.aspx?noticiaId=67

MAURO disse:

PEGADINHA DO MALANDROOOOO……………

fausto disse:

superliga na rede tv .. chapeco ao vivo espero que seja verdade

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly