Stewart foi fichado e teve que pagar fiança

Por Renato Dalzochio Jr. | Foto por Divulgação | 04 de junho de 2011 - 19:57

Como vocês se recordam de terem lido aqui no Mundocross, no dia 28 de março o piloto James Stewart foi detido junto com um amigo no Aeroporto Internacional de Orlando. Stewart dirigia uma camionete Toyota Tundra 2008, transformada em uma Big Monster Truck, na direção norte da rodovia estadual 417, quando tentou parar outro veículo usando luzes vermelhas e azuis, tipo as usadas pela polícia.

Infelizmente, para Stewart, o veículo continha dois soldados fora de serviço da patrulha rodoviária, que suspeitaram que a picape não era da polícia à paisana. Como Stewart parou ao lado do veículo, o motorista se identificou como agente da lei, e aí Stewart, que tinha um passageiro na picape, saiu em disparada, disseram os dois soldados.

Os soldados ligaram para o 911, e um vice-xerife do Condado de Orange e um oficial da polícia de Orlando pararam o carro de Stewart no Aeroporto Internacional de Orlando, quando soldados chegaram e prenderam Stewart. Seu passageiro foi preso sob a acusação de adulteração de provas, já que os policiais dizem que ele escondeu a luzes vermelhas e azuis em sua bagagem. Já Stewart foi liberado ainda na madrugada daquele mesmo dia.

James Stewart na garagem da sua casa na Flórida

James Stewart na garagem da sua casa na Flórida

O caso foi transferido para o condado de Osceola County, também na Flórida, onde a acusação de crime foi apresentada nesta sexta-feira, dia 3 de maio, já que na época a promotoria não havia apresentado uma decisão. Segundo um porta-voz da procuradoria do governo, a decisão foi anunciada ainda nesta sexta-feira, 3 de maio, e Stewart acabou sendo fichado na prisão do condado de Polk County, e teve que pagar mil dólares de fiança.

Entenda o caso : James Stewart preso pela polícia da Flórida

Confira os vídeos do episódio envolvendo James Stewart

Imagem de Amostra do You Tube

Imagem de Amostra do You Tube

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Beto disse:

pelo menos ele tem bom gosto pra moto e carro..

Aurelio Gabriel Silva disse:

Renato confirma ai pra nós … mas meu representante aqui da Parts Unlimited me disse que quem tem passagem pela polícia nos EUA não tem direito de entrar no Canadá, mesmo sendo um atleta ou alguém de renome, sendo assim, isso deixaria o Stewart fora da etapa de Toronto dia 24 de Março de 2012.?

flavio disse:

e e doido de mais na mesma forma que pilota quem nunca zuou um pouquinho a mais

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly