AMA Motocross 2011 – 3ª etapa – High Point

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 12 de junho de 2011 - 19:53

Depois de uma semana de recesso, o AMA Motocross voltou com a terceira rodada do campeonato, em etapa disputada neste sábado, 11 de maio, no tradicional circuito de High Point Raceway, na cidade de Mt. Morris, no Estado da Pensilvânia.

A pista de High Point sempre é um grande teste para os pilotos, e este ano não foi diferente. Foram duas baterias com terreno seco e depois úmido nas duas categorias, devido às rápidas mudanças das condições da pista, além da parte técnica, sempre muito exigente em High Point.

AMA Motocross está a cada etapa mais emocionante

AMA Motocross está a cada etapa mais emocionante

Na principal categoria, a 450, Ryan Villopoto conquistou sua primeira vitória e reduziu um pouco a distância para o australiano Chad Reed na classificação. Já na categoria 250, a disputa e a classificação do campeonato seguem emboladas a cada etapa que passa, já que a quantidade de favoritos na briga pelo título é muito grande. Confira como foi…

Categoria 450

Na largada da primeira bateria, foi o atual campeão Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki quem fez o holeshot e saiu na frente, mas antes que a primeira volta fosse completada, Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki assumiu a liderança e rapidamente se afastou dos demais, vencendo de ponta a ponta esta primeira bateria após 16 voltas tranquilas que os pilotos deram durante os 30 minutos mais 2 voltas da bateria.

Fato inusitado foi a largada de Mike Alessi, que se antecipou demais, e acabou batendo no gate, arrebentando o aro do gate. Mesmo batendo no gate e tirando o ferro fora da estrutura, Alessi não caiu e ainda na primeira volta já estava entre os primeiros colocados.

Largada da primeira bateria da categoria 450 em High Point

Largada da primeira bateria da categoria 450 em High Point

Chad Reed e Jake Weimer

Chad Reed e Jake Weimer

Dungey finalizou em segundo, Mike Alessi da equipe oficial KTM foi o terceiro, Davi Millsaps da equipe Muscle Milk / Toyota /  JGMXR / Yamaha o quarto, e o australiano Chad Reed da equipe Two Two Motorsports o quinto. A Pensilvânia é um Estado conhecido por ocorrerem chuvas a qualquer momento nesta época do ano.

Ryan Villopoto

Ryan Villopoto

Ryan Dungey

Ryan Dungey

E apesar do clima quente e ensolarado na primeira bateria, a fama se confirmou e a chuva se fez presente na segunda bateria. Na largada, Alessi fez o holeshot e saiu na frente. Apesar de ter disputado o AMA Supercross com a KTM 350cc, no Motocross ele optou em voltar para a 450cc. Alessi liderou até a quinta volta, quando foi superado por Reed.

Largada da segunda bateria da categoria 450 em High Point

Largada da segunda bateria da categoria 450 em High Point

Mike Alessi

Mike Alessi

Por causa da chuva, durante os 30 minutos mais 2 voltas desta bateria, os pilotos conseguiram dar somente 14 voltas. Depois que Reed assumiu a liderança, a prova parecia um replay da primeira bateria, com o australiano se afastando rapidamente dos demais. Na 10ª volta ele tinha uma vantagem de 13 segundos sobre Villopoto.

Kevin Windham

Kevin Windham

Ryan Dungey

Ryan Dungey

Reed garantiu a vitória e Villopoto a segunda posição. Dungey foi o terceiro, Alessi o quarto, e Kevin Windham da equipe Geico Powersports / Honda o quinto. No overall, vitória de Villopoto, com Dungey em segundo e Reed completando o pódio na terceira posição.

Chad Reed

Chad Reed

Pódio da categoria 450 em High Point

Pódio da categoria 450 em High Point

Alessi foi o quarto e Millsaps completou os cinco primeiros. No campeonato, Reed ainda lidera, agora com 15 pontos de vantagem sobre Villopoto. Dungey é o terceiro, Millsaps o quarto, e o australiano Brett Metcalfe, companheiro de equipe de Dungey, fecha os cinco primeiros.

Resultado da terceira etapa na categoria 450
1. Ryan Villopoto (Kawasaki) 1-2
2. Ryan Dungey (Suzuki) 2-3
3. Chad Reed (Honda) 5-1
4. Mike Alessi (KTM) 4-4
5. Davi Millsaps (Yamaha) 3-9
6. Kevin Windham (Honda) 6-5
7. Tommy Hahn (Yamaha) 10-7
8. Brett Metcalfe (Suzuki) 8-10
9. Jake Weimer (Kawasaki) 7-11
10. Nick Wey (Yamaha) 14-8
11. Ricky Dietrich (Yamaha) 17-6
12. Andrew Short (KTM) 11-14
13. Weston Peick (Kawasaki) 15-13
14. Michael Byrne (Suzuki) 12-16
15. Christian Craig (Honda) 9-21
16. Les Smith (Yamaha) 13-19
17. Fredrik Noren (Honda) 22-12
18. Tyler Bright (Honda) 39-15
19. Tye Simmonds (KTM) 19-18
20. Travis Sewell (Yamaha) 16-38
21. Kyle Chisholm (Yamaha) 38-17
22. Shane Sewell (Yamaha) 18-39
23. Kevin Rookstool (KTM) 36-20
24. Kyle Partridge (Yamaha) 20-33
25. Auston Albers (Kawasaki) 23-23
26. Garret Toth (Yamaha) 24-27
27. Calle Aspegren (Honda) 29-24
28. AJ Catanzaro (Yamaha) 27-28
29. Dustin Kendall (Suzuki) 25-30
30. Lowell Spangler (Honda) 21-34
31. Ty Newcome (Yamaha) 35-22
32. Jeff Gibson (KTM) 32-25
33. Kyle Keylon (Kawasaki) 28-31
34. Cameron Stone (Kawasaki) 34-26
35. Cory Green (Suzuki) 31-29
36. Tony Gallo (Honda) 26-35
37. Jerry Lorenz (Kawasaki) 30-36
38. Heath Harrison (Honda) 37-32
39. Vince Friese (Yamaha) 33-40
40. Ronnie Stewart (Suzuki) 40-37

Classificação da categoria 450 após três etapas
1. Chad Reed – 138 pontos (2 vitórias)
2. Ryan Villopoto – 123 (1 vitória)
3. Ryan Dungey – 111
4. Davi Millsaps – 104
5. Brett Metcalfe – 88
6. Kevin Windham – 76
7. Ricky Dietrich – 72
8. Jake Weimer – 68
9. Tommy Hahn – 65
10. Christian Craig – 59 pontos

Categoria 250

Na largada da primeira bateria, o piloto privado Nico Izzi foi quem fez o holeshot, seguido do também piloto privado Darryn Durham e Ryan Sipes, da equipe DNA / Star Racing / Yamaha. Mas Duhram ultrapassou Izzi na linha de chegada ao completarem a primeira volta. Levando em conta que os pilotos deram um total de 16 voltas durante os 30 minutos mais duas voltas da bateria, Durham teve muita raça ao segurar bravamente os pilotos das equipes semi-oficiais até a 13ª volta, quando foi superado por Blake Baggett da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki.

Largada da primeira bateria da categoria 250 em High Point

Largada da primeira bateria da categoria 250 em High Point

Ryan Sipes e Darryn Duhram

Ryan Sipes e Darryn Duhram

Depois de assumir a liderança, Baggett garantiu a vitória. Seus companheiros de equipe, o canadense Dean Wilson e o sul-africano Tyla Rattray foram respectivamente o segundo e o terceiro colocado. Durham finalizou em quarto, e Kyle Cunningham da equipe DNA Shred Stixs / Star Racing / Yamaha em quinto.

Dean Wilson e Tyla Rattray

Dean Wilson e Tyla Rattray

Justin Barcia e Malcolm Stewart

Justin Barcia e Malcolm Stewart

Na segunda bateria as condições da pista não era a mesma da primeira, devido à chuva. O terreno lamacento também alterou o tempo de volta dos pilotos. A volta mais rápida, dada por Baggett, foi de 2 minutos e 24 segundos, e o resto dos pilotos andou a maior parte da corrida na casa dos 2 minutos e 30 segundos.

Largada da segunda bateria da categoria 250 em High Point

Largada da segunda bateria da categoria 250 em High Point

Alex Martin

Alex Martin

Aliás falando em Baggett, ele foi o grande nome da categoria na etapa deste sábado. Nesta segunda bateria ele teve que realizar uma corrida de recuperação, depois de sofrer um tombo, e ainda teve tempo para alcançar seu companheiro de equipe, Rattray, que liderava, ultrapassá-lo e garantir a vitória após 15 voltas.

Eli Tomac

Eli Tomac

Rattray garantiu a segunda posição. Elic Tomac da equipe Geico Powersports / Honda foi o terceiro, Broc Tickle, outro companheiro de equipe de Baggett, o quarto, e Cole Seely da equipe Troy Lee Designs / Lucas Oil / Honda o quinto.

Dean Wilson

Dean Wilson

Pódio da categoria 250 em High Point

Pódio da categoria 250 em High Point

No overall, vitória de Baggett, com Rattray em segundo e Tomac completando o pódio na terceira posição. Wilson foi o quarto e Tickle completou os cinco primeiros. No campeonato, Rattray assumiu a liderança com apenas dois pontos de vantagem sobre Wilson. Baggett é o terceiro, Tomac o quarto, e Cunningham fecha os cinco primeiros.

Resultado da terceira etapa na categoria 250
1. Blake Baggett (Kawasaki) 1-1
2. Tyla Rattray (Kawasaki) 3-2
3. Eli Tomac (Honda) 6-3
4. Dean Wilson (Kawasaki) 2-8
5. Broc Tickle (Kawasaki) 10-4
6. Justin Barcia (Honda) 8-7
7. Cole Seely (Honda) 11-5
8. Kyle Cunningham 5-11
9. Darryn Durham (Honda) 4-14
10. Alex Martin (Honda) 13-6
11. Malcolm Stewart (Suzuki) 9-10
12. Travis Baker (Honda) 15-9
13. Nico Izzi (Honda) 7-18
14. Nick Paluzzi(Suzuki) 14-13
15. Gareth Swanepoel (Yamaha) 12-15
16. Jason Anderson (Suzuki) 16-12
17. Martín Davalos (Suzuki) 17-16
18. Gannon Audette (Yamaha) 18-17
19. Justin Sipes (Kawasaki) 40-19
20. Lance Vincent (Honda) 19-27
21. Taylor Futrell (Honda) 37-20
22. Shane Durham (Honda) 20-37
23. Ricky Renner (KTM) 22-21
24. Levi Kilbarger (Honda) 23-24
25. Joey Rossi (Yamaha) 24-25
26. Ryan Zimmer (Honda) 28-22
27. Hunter Clements (Honda) 21-30
28. Dakota Tedder (Kawasaki) 25-29
29. Willy Browning (Honda) 35-23
30. Dylan Slusser (Honda) 32-26
31. Preston Mull (Honda) 27-32
32. Johnny Moore (Honda) 26-33
33. Steve Roman (Yamaha) 29-31
34. Joshua Clark (Honda) 36-28
35. Matt Lemoine (Kawasaki) 31-34
36. Shawn Rife (Honda) 30-35
37. Ryan Sipes (Yamaha) 33-38
38. PJ Larsen (KTM) 34-39
39. Killy Rusk (KTM) 39-36
40. Chad Gores (Honda) 38-40

Classificação da categoria 250 após três etapas
1. Tyla Rattray – 127 pontos (1 vitória)
2. Dean Wilson – 125
3. Blake Baggett – 116 (2 vitórias)
4. Eli Tomac – 104
5. Kyle Cunningham – 90
6. Justin Barcia – 79
7. Cole Seely – 68
8. Broc Tickle – 67
9. Gareth Swanepoel – 61
10. Martín Davalos – 53 pontos

Calendário do AMA Motocross 2011
4ª Etapa – 18 de Junho – Budds Creek MX – Mechanicsville (Maryland)
5ª Etapa – 25 de Junho – Thunder Valley MX – Lakewood (Colorado)
6ª Etapa – 2 de Julho – Red Bud – Buchanan (Michigan)
7ª Etapa – 16 de Julho – Spring Creek MX – Millville (Minnesota)
8ª Etapa – 23 de Julho – Washougal MX Park – Washougal (Washington)
9ª Etapa – 13 de Agosto – Unadilla Valley – New Berlin (New York)
10ª Etapa – 27 de Agosto – Motocross 338 – Southwick (Massachusetts)
11ª Etapa – 3 de Setembro – Steel City Raceway – Delmont (Pensilvânia)
12ª Etapa – 10 de Setembro – Pala Raceway – Pala (Califórnia)

Calendário do WMX Motocross 2011
3ª Etapa – 25 de Junho – Thunder Valley MX – Lakewood (Colorado)
4ª Etapa – 2 de Julho – Red Bud – Buchanan (Michigan)
5ª Etapa – 16 de Julho – Spring Creek MX – Millville (Minnesota)
6ª Etapa – 27 de Agosto – Motocross 338 – Southwick (Massachusetts)
7ª Etapa – 3 de Setembro – Steel City Raceway – Delmont (Pensilvânia)
8ª Etapa – 10 de Setembro – Pala Raceway – Pala (Califórnia)

Confira como foram as primeiras etapas do AMA Motocross 2011

2ª Etapa – 28 de maio – Freestone / Texas
1ª Etapa – 21 de maio – Hangtown / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

sidney disse:

é galera ele ta andando de 450 agora

Eduardo disse:

leia a materia…. Alessi volta a andar de 450

marcelo disse:

ai, os dois estão errados,é ktm350 foto 2

Eduardo disse:

opaa, é 450, e foto 2…..

Eduardo disse:

Ta forte essa KTM350 do Alessi!! quebrou até o gate!!! (foto 1)
hahah

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly