Finlandês dominou Mundial de Enduro na Turquia

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Jonty Edmunds | 17 de junho de 2011 - 18:07

Após quase um mês de recesso, a temporada 2011 do Mundial de Enduro voltou no último fim de semana, para a disputa da quarta etapa do campeonato, o GP de Fethiye, na Turquia. Um das novidades foi a prova ter sido disputada nos dias 10 e 11 de junho, na sexta e no sábado, diferente das demais etapas, que são sempre aos sábados e domingos.

Esta prova também foi uma das mais exigentes da temporada até agora. Pelo fato de Fethiye ser uma cidade litorânea, os 70 pilotos que se inscreveram enfrentaram um excessivo calor, aliado à sete horas diárias de pilotagem em um circuito muito técnico, com 180 quilômetros de extensão e 13 especiais, além de deslocamentos muito apertados. Confira como foi…

Categoria Enduro 1
O primeiro dia da categoria Enduro 1 foi perfeito tanto para a equipe Husqvarna, como para os finlandeses. Líder do campeonato, Juha Salminen venceu mais uma, com seu conterrâneo e companheiro de equipe Matti Seistola finalizando na segunda posição.

Juha Salminen da Husqvarna

Juha Salminen da Husqvarna

O francês Rodrig Thain da Honda foi o terceiro, o finlandês Eero Remes e o espanhol Lorenzo Santolino, ambos da KTM, foram respectivamente o quarto e o quinto colocado. Empolgado com o segundo lugar na sexta, Seistola decidiu apertar o ritmo no sábado e venceu a prova com apenas dois segundos de vantagem sobre Salminen.

Matti Seistola da Husqvarna

Matti Seistola da Husqvarna

Thain foi novamente o terceiro, Remes o quarto, e Santolino o quinto. No campeonato, Salminen lidera com quase 30 pontos de vantagem sobre Remes. Seistola é o terceiro, Thain o quarto, e Santolino fecha os cinco primeiros.

Resultado de sexta-feira na categoria Enduro 1
1. Juha Salminen – Husqvarna
2. Matti Seistola – Husqvarna
3. Rodrig Thain – Honda
4. Eero Remes – KTM
5. Lorenzo Santolino – KTM

Resultado de sábado na categoria Enduro 1
1. Matti Seistola – Husqvarna
2. Juha Salminen – Husqvarna
3. Rodrig Thain – Honda
4. Eero Remes – KTM
5. Lorenzo Santolino – KTM

Classificação da categoria Enduro 1 após quatro etapas
1. Juha Salminen – 189 pontos
2. Eero Remes – 160
3. Matti Seistola – 156
4. Rodrig Thain – 129
5. Lorenzo Santolino – 115 pontos

Categoria Enduro 2
Se na Enduro 1 o domínio foi dos finlandeses, na Enduro 2 ele ficou com os espanhóis. Cristobal Guerrero, da KTM, venceu o primeiro dia, com seu conterrâneo Ivan Cervantes, da GasGas, em segundo. O francês Antoine Meo, da Husqvarna, atual líder do campeonato, finalizou na terceira posição.

Ivan Cervantes da GasGas

Ivan Cervantes da GasGas

Seus conterrâneos Johhny Aubert, da KTM, e Pierre Alexande Renet, da Husaberg, foram respectivamente o quarto e o quinto colocado. No segundo dia, a dobradinha foi francesa, com o líder Meo garantindo à vitória, e Renet a segunda posição. Guerrero e Cervantes foram respectivamente o terceiro e o quarto colocado.

Antoine Meo da Husqvarna

Antoine Meo da Husqvarna

O piloto de Motocross estoniano Aigar Leok, da TM, foi o quinto colocado. No campeonato, Meo lidera com 24 pontos de vantagem sobre Cervantes. Renet é o terceiro, Guerrero o quarto, e Aubert fecha os cinco primeiros.

Pierre Alexandre Renet e Cristobal Guerrero

Pierre Alexandre Renet e Cristobal Guerrero

Resultado de sexta-feira na categoria Enduro 2
1. Cristobal Guerrero – KTM
2. Ivan Cervantes – GasGas
3. Antoine Meo – Husqvarna
4. Johnny Aubert – KTM
5. Pierre Alexandre Renet – Husaberg

Resultado de sábado na categoria Enduro 2
1. Antoine Meo – Husqvarna
2. Pierre Alexandre Renet – Husaberg
3. Cristobal Guerrero – KTM
4. Ivan Cervantes – GasGas
5. Aigar Leok – TM

Classificação da categoria Enduro 2 após quatro etapas
1. Antoine Meo – 182 pontos
2. Ivan Cervantes – 158
3. Pierre Alexandre Renet – 152
4. Cristobal Guerrero – 139
5. Johnny Aubert – 124 pontos

Categoria Enduro 3
Na Enduro 3, o finlandês Mika Ahola, da Honda, mostrou porque é o líder do campeonato, vencendo com mais de 30 segundos sobre o sueco Joakim Ljunggren, da Husaberg, que finalizou na segunda posição. O francês Christophe Nambotin, da GasGas, foi o terceiro, e o finlandês Marko Tarkkala, da Husaberg, o quarto. Sebastien Guillaume, da Husqvarna, outro francês, completou os cinco primeiros.

Joakim Ljunggren da Husaberg

Joakim Ljunggren da Husaberg

No dia seguinte, Nambotin liderava com cinco segundos de vantagem sobre Ahola, quando o motor da GasGas do francês o deixou na mão. O finlandês não deixou o presente escapar e garantiu mais uma vitória. Seu conterrâneo Tarkkala finalizou em segundo, Ljunggren foi o terceiro, e os italianos Alex Salvini, da Husqvarna, e Fabio Mossini, da Beta, foram respectivamente o quarto e o quinto colocado.

Alex Salvini da Husqvarna

Alex Salvini da Husqvarna

Graças ao abandono de Nambotin no segundo dia, Ahola abriu mais de 40 pontos de vantagem sobre o francês na classificação do campeonato. Ljunggren é o terceiro, Tarkkala o quarto, e o espanhol Oriol Mena, da Husaberg, fecha os cinco primeiros.

Mika Ahola da Honda

Mika Ahola da Honda

Resultado de sexta-feira na categoria Enduro 3
1. Mika Ahola – Honda
2. Joakim Ljunggren – Husaberg
3. Christophe Nambotin – Gas Gas
4. Marko Tarkkala – Husaberg
5. Sébastien Guillaume – Husqvarna

Resultado de sábado na categoria Enduro 3
1. Mika Ahola – Honda
2. Marko Tarkkala – Husaberg
3. Joakim Ljunggren – Husaberg
4. Alex Salvini, Itália – Husqvarna
5. Fabio Mossini – Beta

Classificação categoria Enduro 3 após quatro etapas
1. Mika Ahola – 194 pontos
2. Christophe Nambotin – 151
3. Joakim Ljunggren – 147
4. Marko Tarkkala – 136
5. Oriol Mena – 121 pontos

Calendário do campeonato Mundial de Enduro 2011
5ª Etapa – 18 e 19 de junho – GP da Grécia – Kalampaka
6ª Etapa – 9 e 10 de julho – GP da Romênia – Buzau
7ª Etapa – 3 e 4 de setembro – GP de Andorra – Sant Julia
8ª Etapa – 1º e 2 de outubro – GP da França – Mende

Confira como foram as primeiras etapas do Mundial de Enduro 2011

3ª Etapa – 14 e 15 de maio – Francavilla di Sicilia / Itália
2ª Etapa – 9 e 10 de abril – Vale do Cambra / Portugal
1ª Etapa – 2 e 3 de abril – Ponts / Espanha

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly