Catarinense venceu o Rally da Amazônia 2011

Por Adriano Winckler | Foto por Divulgação | 20 de junho de 2011 - 20:17

O catarinense Aristides Mafra Júnior foi o vencedor da 3ª edição do Rally da Amazônia, competição realizada neste último final de semana, de 17 a 19 de junho, em Porto Velho, Rondônia, em evento válido pela 3ª etapa do campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2011. Mafra fechou os três dias de prova, quase 600 kms de especiais (trechos cronometrados), com o tempo acumulado de 7h32m41s.

O mineiro Marco Antônio Pereira foi o segundo, completando a prova a menos de cinco minutos do vencedor, com 7h37m34s, enquanto o paulista Dimas Mattos terminou na terceira colocação, com 7h49m42s. Apesar do resultado, Mafra segue em segundo na sua categoria, a Over45, que é liderada por Dimas Mattos, com 116 pontos. Mafra soma 75 pontos, contra 44 de Dárcio Coelho.

Na categoria SuperProduction, sem as presenças de Deni Nascimento e Tiago Fantozzi, quem aproveitou para acelerar forte foi o paulista Ramón Sacilotti. Com o tempo de 8h43m23s, Sacilotti completou a prova, conquistou sua segunda vitória na temporada 2011 do Brasileiro e abriu 65 pontos de vantagem na briga pelo título nacional. Mario Gomes (8h05m58s) foi o segundo, com Vilmarque João (11h30m48s) em terceiro.

“Tive um pouco de dificuldade, principalmente no segundo dia, pois o tanque auxiliar da moto apresentou um problema. No mesmo dia tivemos uma Especial bem longa e o percurso total fechou em quase 500km. Estou muito satisfeito com a vitória e, agora, abro vantagem na liderança do campeonato”, declarou o piloto, através de sua assessoria.

Segundo colocado na geral, Marco Antônio Pereira foi o vencedor na categoria Production Aberta, à frente de Arndt Budweg e da paulista Moara Sacilotti. Pereira lidera a classificação geral da categoria com 116 pontos. Budweg tem 94, em segundo, enquanto o atual campeão brasileiro, Dario Júlio, é o terceiro com 86. Na Marathon a vitória ficou com Luiz Fernando, seguido por André Luiz e Ademar Faustino.

Entre os quadriciclos, vitória de Marcio Oliveira, que segue liderando a classificação geral da categoria QuadriAberta. O piloto completou a prova em 8h50m09s, com grande vantagem para Sandro de Carvalho (14h46m13s) e Leonardo Vieira (15h45m37s), segundo e terceiro, respectivamente. Na categoria Quadri450cc, vitória de Bruno Sperancini, que lidera a classificação geral com 111 pontos.

A próxima etapa do campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country será o Rally dos Sertões, que acontece entre os dias 9 e 19 de agosto, entre Goiânia e Fortaleza. O GP Monster Rally da Amazônia foi uma realização do Rally Clube de Porto Velho, com supervisão da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, e da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Resultado do Rally da Amazônia 2011

Categoria Geral
1º – Aristides Mafra Jr. (7h32m41s)
2º – Marco Antonio Pereira (7h37m34s)
3º – Dimas Mattos (7h49m42s)
4º – Luiz Fernando (8h05m58s)
5º – Arndt Budweg (8h13m38s)

Categoria Super Production
1º – Ramón Sacilotti (8h43m23s)
2º – Mário Gomes (8h49m05s)
3º – Vilmarque João (11h30m48s)

Categoria Production Aberta
1º – Marco Antonio Pereira (7h37m34s)
2º – Arndt Budweg (8h13m38s)
3º – Moara Sacilotti (9h28m28s)
4º – Dário Julio (10h43m16s)
5º – Álvaro Guerra (11h34m56s)

Categoria Marathon
1º – Luiz Fernando (8h05m58s)
2º – André Luiz (9h35m03s)
3º – Ademar Faustino (10h29m12s)
4º – Rodrigo Marques (11h14m44s)
5º – Maguis Correia (12h57m20s)

Categoria Over 45
1º – Aristides Mafra Jr. (7h32m41s)
2º – Dimas Mattos (7h49m42s)

Categoria Quadri Aberta
1º – Márcio Oliveira (8h50m09s)
2º – Sandro de Carvalho (14h46m13s)
3º – Leonardo Vieira (15h45m37s)

Categoria Quadri 450
1º – Bruno Sperancini (9h37m42s)
2º – Ernesto Jun (18h00m00s)

Classificação do Brasileiro de Rally Cross Country 2011 após três etapas

Categoria Super Production
1º – Ramón Sacilotti – 115 pontos
2º – Denísio do Nascimento – 50
3º – Mario Gomes – 44
4º – Tiago Fantozzi – 44
5º – Vilmarque João – 40 pontos

Categoria Production Aberta
1º – Marco Antônio Pereira – 116 pontos
2º – Arndt Budweg – 94
3º – Dário Julio – 86
4º – Moara Sacilotti – 80
5º – Álvaro Guerra – 50 pontos

Categoria Marathon
1º – Luiz Fernando – 50 pontos
2º – José de Deus – 50
3º – André Luiz – 44
4º – José Irineu – 44
5º – Ademar Faustino – 40 pontos

Categoria Over 45
1º – Dimas Mattos – 116 pontos
2º – Aristides Mafra Jr. – 75
3º – Dárcio Coelho – 44
4º – José Janio – 40
5º – Ricardo de Araújo – 36 pontos

Categoria Quadri Aberta
1º – Márcio Oliveira – 119 pontos
2º – Leonardo Franco – 98
3º – Sandro Antunes – 72
4º – Francinei Costa – 50
5º – Heronaldo Marinho – 40 pontos

Categoria Quadri 450
1º – Bruno Sperancini – 111 pontos
2º – Ernesto Watashi – 110
3º – José Moura – 50
4º – Márcio Boaventura – 40
5º – Odlavson Bezerra – 32 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly