Brasileiro de Supermoto começou quente em Goiás

Por Adriano Winckler | Foto por Randes Nunes | 27 de junho de 2011 - 14:38

Com grande presença de público e muita emoção dentro da pista, começou neste último final de semana, 25 e 26 de junho, no Autódromo Internacional de Goiânia, em Goiás, o campeonato Brasileiro de Supermoto 2011. Tetracampeão nacional, o brasiliense Rafael Fonseca foi o grande destaque da prova, vencendo as duas baterias da categoria SM1, a principal da modalidade.

Outro piloto que se destacou na etapa foi Kurt Feichtenberger. Correndo em casa e com apoio da torcida, o goiano também venceu as duas baterias da categoria SM2 com ampla vantagem sobre o segundo colocado. Feichtenberger também subiu ao pódio na categoria SM1.

“Foi um evento maravilhoso. Tivemos um público de mais de nove mil pessoas presentes na etapa. Considerando também as etapas do Goiano de Motovelocidade e Supermoto, tivemos quase 150 pilotos disputando as provas. Começamos o Brasileiro de Supermoto da melhor maneira possível”, declarou Roberto Boettcher, presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás e diretor de Supermoto da Confederação Brasileira de Motociclismo.

As duplas vitórias também aconteceram nas categorias SM3 e SM3 Incentivo. Apesar da diferença de tempo não muito grande para o segundo colocado, Wagner Pavaneli, o goiano Yoshinori Noda Filho impôs ritmo forte e venceu as duas baterias da SM3. O mesmo aconteceu na SM3 Incentivo. O goiano Murilo Bailão pressionou, mas as vitórias ficaram com o brasiliense André Luiz Barbosa.

Rafael Fonseca saiu na frente no Brasileiro de SM 2011

Rafael Fonseca saiu na frente no Brasileiro de SM 2011

Na SM4, Luciano Milazzo venceu a primeira e Marcio do Carmo venceu a segunda corrida. No somatório das baterias, os líderes do Campeonato Brasileiro de Supermoto são: Rafael Fonseca (SM1), Kurt Feichtenberger (SM2), Yoshinori Noda Filho (SM3), Andre Luiz Barbosa (SM3 Incentivo) e Marcio do Carmo (SM4).

A próxima etapa do campeonato está marcada para os dias 30 e 31 de julho, no Rio Grande do Sul. A primeira etapa do Brasileiro de Supermoto, válida também pela terceira etapa dos campeonatos Goianos de Supermoto e Motovelocidade, foi uma realização da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás – FMG, com supervisão da própria FMG e da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Resultados da primeira etapa do Brasileiro de Supermoto 2011

Categoria SM1 – Primeira bateria
1º – Rafael Fonseca
2º – Francisco Velasco
3º – Juliano Meira
4º – Kurt Feichtenberger
5º – Luciano Milazzo

Categoria SM1 – Segunda bateria
1º – Rafael Fonseca
2º – Kleber Justino
3º – Francisco Velasco
4º – Juliano Meira
5º – Kurt Feichtenberger

Categoria SM2 – Primeira bateria
1º – Kurt Feichtenberger
2º – Sabrina Paiuta
3º – Paulo de Araújo
4º – Lindomar Moraes

Categoria SM2 – Segunda bateria
1º – Kurt Feichtenberger
2º – Sabrina Paiuta
3º – Paulo de Araújo
4º – Lindomar Moraes

Categoria SM3 – Primeria bateria
1º – Yoshinori Noda Filho
2º – Wagner Pavaneli
3º – André Luiz Barbosa
4º – Murilo Bailão
5º – Emerson Menezes

Categoria SM3 – Segunda bateria
1º – Yoshinori Noda Filho
2º – Wagner Pavaneli
3º – André Luiz Barbosa
4º – Murilo Bailão
5º – Emerson Menezes

Categoria SM3 Incentivo – Primeria bateria
1º – André Luiz Barbosa
2º – Murilo Bailão
3º – João Feliciano Carneiro
4º – José Waldonete Marques
5º – José de Barros Neto

Categoria SM3 Incentivo – Segunda bateria
1º – André Luiz Barbosa
2º – Murilo Bailão
3º – Jucelino de Oliveira
4º – João Feliciano Carneiro
5º – José de Barros Neto

Categoria SM4 – Primeira bateria
1º – Luciano Milazzo
2º – Márcio do Carmo
3º – Simão Lawant
4º – Marcelo Celestino
5º – Walner Santiago

Categoria SM4 – Segunda bateria
1º – Márcio do Carmo
2º – Luciano Milazzo
3º – Simão Lawant
4º – Walner Santiago
5º – Uanderson Menezes

Classificação do Brasileiro de Supermoto 2011 após a primeira etapa

Categoria SM1
1º – Rafael Fonseca – 50 pontos
2º – Francisco Velasco – 42
3º – Juliano Meira – 38 pontos

Categoria SM2
1º – Kurt Feichtenberger – 50 pontos
2º – Sabrina Paiuta – 44
3º – Paulo Afonso de Araújo – 40 pontos

Categoria SM3
1º – Yoshinori Noda Filho – 50 pontos
2º – Wagner Pavaneli – 44
3º – André Luiz Barbosa – 40 pontos

Categoria SM3 Incentivo
1º – André Luiz Barbosa – 50 pontos
2º – Murilo Bailão – 44
3º – João Carneiro – 38 pontos

Categoria SM4
1º – Márcio do Carmo – 47 pontos
2º – Luciano Milazzo – 47
3º – Simão Lawant – 40 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly