Motocross pela TV. Até que enfim !!!

Por Carlos Prill | Foto por Divulgação | 27 de junho de 2011 - 17:09

Como todos podem perceber, aumentou a intensidade das transmissões de provas de Motocross Ao Vivo de  pela TV. Este ano já tivemos eventos transmitidos pela ESPN Brasil, ESPN Internacional, RedeTV, Band Sports e pela SporTv. Isso é fantástico !!

Porém amigos, nem tudo é para sempre, e estas transmissões podem estar em teste. Sabemos que os canais, mesmo que especializados em esportes, buscam audiência em massa. Buscam números estatísticos, e relativamente, faturam com receitas de publicidade.

Assim, sugerimos aos motociclistas e pilotos, que durante as transmissões procurem interagir na programação para acumular dados positivos, que são fundamentais para a manutenção da geração Ao Vivo das imagens. Há pouco tempo assistíamos pela internet e sonhávamos com este tipo de transmissão, e agora que é realidade temos que agir para manter este trabalho, pois somente assim haverá mais público, e conseqüentemente  maiores investimentos.

Após algumas poucas transmissões já é notório o interesse das pessoas pelo esporte. E isso é bom sinal. Então amigos, assistam sempre que possível e avisem a todos quantos consigam avisar. Enviem mensagens aos sites e blog’s fornecidos durante a programação.

Chegou a hora de reunirmos força e mostrar para a TV brasileira que o Motocross também é uma alternativa viável, e desta forma, promoveremos a modalidade para também se tornar esporte popular e de massa. Temos que fazer a nossa parte enquanto está ao nosso alcance.

Vamos arregaçar as mangas. Agora está em nossas mãos !!

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Zenha disse:

Ps. O Celestino é um bom comentarista, sabe muito. E percebe-se a paixão pela Honda …. kkkkkkkk

Pensei que era só eu que tinha percebido kkkkkkkkk

Oww Paulão tudo beleza aí em cima ? Qualquer dia destes apareço ai para conhecer seu bar na beira do lago , abraço …

Twitter: claudiodamata38
Eu fiz o seguinte, na primeira bateria assisti pelo site Allsports, que passou as duas primeiras baterias ao vivo, 250 e 450. Aí, as segundas baterias o site não transmite. Fui para a TV. E realmente teve este lance do documentário de Futebol, mas neste caso acho que foi algum problema técnico, pois este documentário já tinha passado… Acho que eles não iriam repetir um documentário fuleiro, sabendo que anunciaram a bateria ao vivo.
Mas é aquele negócio, temos que reivindicar, pois queremos assistir desde o começo. Ainda mais que o começo de uma prova é o momento mais emocionante.
Assim como o Décio, eu acompanho o Motocross desde 1972, foi paixão a primeira vista !! e sou um estudioso do assunto. Procuro ler tudo desde os anos 70 e faço o que nos Estados Unidos há muito tempo faz, cultuar seus ídolos !
E hoje, ver estas provas pela TV ao vivo é um sonho realizado. Mas queremos mais, queremos em TV Aberta, para aumentar o número de fãs e praticantes. Só assim teremos mais equipamentos baratos, pneus, e as motos, pois a pressão será grande para legalizar o projeto de lei de isenção de impostos.
Motocross tem que ser como qualquer moto, chegar em uma revenda e poder comprar, mas num preço justo, pois estas motos são destinadas exclusivamente para competições e não tem lógica pagar impostos em um veículo que não utiliza estradas, ruas, avenidas. As motos de competição tem que ser encaradas como um produto exclusivamente do esporte e não como uma mercadoria para utilização em seu dia a dia.
Bom, fiz o que o Kdeira pediu, mandei várias mensagens e quem assistiu escutou ele falando: um abraço para fulano de tal, ciclano, Cláudio da Mata….. muitos colegas meus me ligaram para falar que escutaram o Kdeira mencionar meu nome. O lance é este mesmo, fazer uma corrente crescente para mostrarmos a emissora que somos público consumidor, que temos as nossas preferências por um esporte que não tem nada a ver com futebol, mas que somos muitos !!!! e eles tem que dar atenção ao público do Motocross/Supercross e FMX. Além, lógico do BMX, Mountain Bike, Trial, BMX Supercross, Dirt …. entre outros esportes duas rodas.
Mas firmo as bases no Motocross e Supercross, tanto Brasileiro, Mundial e AMA.
Se passarem isto, estaremos no céu !!!
Ps. O Celestino é um bom comentarista, sabe muito. E percebe-se a paixão pela Honda …. kkkkkkkk

Cláudio da Mata
Motocross Old School – cat. 45 Veteran
2 Stoke Forever !!!!
Suzuki RM 250 2T ano 2000

Paulao disse:

Titio Zenha você por aqui hehehe

Mas como o Délcio disse: é verdade, nao lembro o dia certo mas anunciaram , e eu divulguei arrumei uns 20 pra assistir aqui no bar , q tem wi-fi de gratis pros crientis hehehe pra mandar mensagens e tals , a ai o circo armado projetor ok telaõ ok e ai ninguem em casa afffffffffff decepçao total . mas ta valendo devarito vamo acertando os ponteiros .
Estamos no caminho forte abraço !

Rodrigo disse:

Cara eu tava esperando pra assisti pela net .cuando comeso transmiti o motocross .logo enseguida o canal ESPN nao funciono mais. fuiquei tristi muito tristi . ai fui joga motocross no play station pra nao chora ….

Delcio Bier disse:

É, não dá pra negar. Eu, como fã de Motocross a , pelo menos, três décadas, confesso que nunca tinha visto, nem de longe, uma cobertura televisiva tão forte como neste ano de 2011. É AMA Motocross ao vivo, Mundial de Motocross ao vivo, Freestyle motocross ao vivo, é um sonho realizado. Porém, como nada é perfeito (ou mais filosoficamente falando, o ser humano nunca está satisfeito, o que nos faz, na cadeia evolutiva, sermos os seres dominantes neste planeta) algumas coisas poderiam ser diferentes e melhores. Sábado a ESPN anunciava para as 16 horas o AMA Motocross. Lá estava eu, em frente a TV, às 15:50 vendo um jod=go de golf, e como não entendo nada daquele esporte, torcendo para aquela partida estar no fim, pois era ao vivo e imaginei que eles não cortariam a transmissão no meio. Eis que, às 15:57 termina o tal do golf e eu comemoro! Vai dar certinho para começar o Mortocross! Para minha surpresa, apesar de a grade continuar idêntica, começao a mostrar um incrivelmente chato (pra mim que não gosto de futebol) programa sobre jogadores de futebol que haviam feito gol em finais de Copa do Mundo. Com todo respeito a estes ídolos, que realmente fizeram algo extraodinário por seu esporte, mas eu queria ver o que estava na grade, Depois de incríveis VINTE minutos, começam a mostrar a segunda bateria da 450 do AMA Motocross, já quase pela metade! Eu até ia mandar um twiter, conforme os apresentadores sugeriam, e eu até acho que ajuda a emissora a pedceber que o intersse pelo Motocross é grande, mas estava tão indignado que até fiquei sem vontade. E nem sequer ouvi explicação sobre o motivo de não terem mostrado metade da bateria! Alguém pode dizer: “Mas pelo menos está passando alguma coisa!” Bem, até é verdadde, mas alguém aí pode imaginar ter um jogo do seu time de futebol anunciado para determinado horário, chegar na hora e ver um documentário antigo sobre pilotos que venceram etapas do Mundial de Motocross, com entrevestas e tudo. Após 20 minutos começam a mostrar o jogo, já pela metade, sem explicarem o que houve. Nem dá pra imaginar, pois o futebol é sagrado, ninguém faria isso. Mas com o Motocross tudo bem, os caras não tinham nada, nem vão reclamar!
Talvez eu seja um chato, mas sinto respeito ao telespectador nas emissoras de TV, principalmente na TV fechada.
Se eu não estiver indignado, na próxima transmissão enviarei um mail pros caras, pois quero que mantenham a transmissão. Mas quero também que respeitem a grade e mantenha o prometido, pois até pra recomendar aos amigos fica difícil, pois não se sabe se a transmissão será mantida!

Abraço a todos

Delcio Bier

Zenha disse:

Caracas o ruim destas transmisoes ao vivo que são exatamente na hora que estamos treinando ou correndo, eu tento assistir ao maximo ate mesmo diminuindo o sagrado treino de sabado ( no caso do AMA) , mas muitas vezes não dá tempo infelizmente , mas esta corretíssimo o colunista quem puder intereagir tem de interagir mesmo com perguntas obvias ou comentarios de apoio ao programa, vamos fazer barulho turma do off…

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly