IMS / Honda é a equipe campeã da Superliga de MX

Por Divulgação | Foto por Luiz Pires | 14 de julho de 2011 - 11:19

A equipe satélite IMS Racing / Honda faturou três títulos na Superliga Brasil de Motocross 2011. Tudo graças a competência dos pilotos e de seu comandante, o experiente piloto e chefe de equipe Wellington Valadares, que desde o início soube traçar boas estratégias.

O inglês Adam Chatfield venceu o campeonato na categoria MX2, o matogrossense Tiago Formehl foi o campeão da MX Júnior, e Cristiano Lopes ficou com o título da MX3. Para a equipe IMS / Honda / Ipiranga / Pirelli só faltaram os títulos da MX1 e 65, mas essas eram categorias das quais a equipe não tinha representantes.

Ainda assim, o piloto Eduardo ‘Dudu’ Lima, da equipe Vaz / Rinaldi / Kawasaki, que é patrocinado pela IMS Racewear, fez um bom campeonato na categoria MX Pró (MX1) terminando em quarto lugar no campeonato.

Outros pilotos patrocinados que também se destacaram foram Marcello ‘Ratinho’ Lima, que terminou o campeonato da MX2 em sexto, e Rafael Zenni, mesmo tendo problemas na última bateria, somou pontos que o colocaram na oitava colocação do campeonato.

Imagem de Amostra do You Tube

Stefany Serrão, a única garota a disputar todo o campeonato, terminou a temporada em décimo terceiro dentre 38 participantes. Realmente um feito, já que ela sofreu algumas lesões recentemente.

Adam Chatfield, Cristiano Lopes e Thiago Formehl

Adam Chatfield, Cristiano Lopes e Thiago Formehl

Agora a equipe volta a focar suas atenções para o campeonato Brasileiro de Motocross enquanto se prepara para o início do Arenacross 2011. Pilotos como Adam Chatfield, Tiago Formehl e Rafael Zenni são pilotos já confirmados pela equipe para o Arenacross.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly