São Miguel receberá o Rondoniense de MX no domingo

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 14 de julho de 2011 - 12:49

Após três etapas até agora realizadas, com disputas das mais acirradas e uma briga ferrenha pela liderança em cada uma das categorias disputadas, a temporada 2011 do Rondoniense de Motocross promete para o próximo fim de semana, dias 16 e 17 de julho, mais um show de acrobacias e velocidade sobre duas rodas com a realização da quarta etapa do campeonato Rondoniense de Motocross.

A cidade de São Miguel do Guaporé, que em 2010 recebeu uma prova oficial de motociclismo e na oportunidade protagonizou uma festa marcante, promete este ano superar o evento, quando os principais pilotos de Rondônia entram na pista em busca das melhores classificações e a liderança da temporada.

Medindo 950 metros de extensão, a pista construída no Balneário Lagoa Azul, foi totalmente reformulada, sofrendo pequenas alterações no traçado, tornando-a mais competitiva. O ex- piloto e atual construtor de pistas oficial da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, Augusto César buscou dar uma nova dinâmica no percurso, mantendo porém os obstáculos como curvas, saltos duplos, sessão de costelas e implantando lançantes de forma a exigir o máximo da técnica dos pilotos e potencia de suas máquinas.

Para garantir a preparação do espaço que a partir do próximo sábado viverá grandes emoções com mais um show de emoção proporcionando pelos melhores pilotos de MX de Rondônia, a FMR em parceria com a Prefeitura de São Miguel do Guaporé, através da Secretaria Municipal de Obras estão ultimando os preparativos, com a montagem das estruturas, limpeza do terreno e melhoria nas vias de acesso á pista. As arquibancadas e camarote Vip já estão sendo montados. Depois de trabalhado o traçado na pista, as máquinas dão os últimos retoques, para já a partir desta quinta-feira ser parcialmente para os pilotos da região iniciar os treinamentos.

Localizada no eixo da BR 492, distante 110 quilômetros de Rolim e Moura e a 80 quilômetros de Alvorada do Oeste, a cidade de São Miguel do Guaporé possui hoje acesso fácil tanto para quem vai pela RO-010 (Pimenta Bueno/Rolim/Nova Brasilândia/São Miguel), como pela BR-429 (Presidente Médici/Alvorada do Oeste/São Miguel), com estrada em ótimas condições de trafego, já totalmente pavimentada. O comércio local já vive o efeito positivo com as vendas aquecidas. Os hotéis da cidade já estão com suas reservas praticamente esgotadas, pelo grande número de pessoas que devem visitar São Miguel neste fim de semana.

Para garantir o sucesso do evento, os pilotos Rodrigo Selhorst # 8, Hugo Amaral # 51, César Zamboni # 172, Marco Túlio # 1, Cândido Chagas # 93, Diego Henning # 191, Victor Carlos # 5, seis primeiros colocados na disputa da MX2 da temporada, Alberto “Brizola” Maschio # 103, Evandro Bucioli # 27, Nidval Amaral # 10, Jean Carlos # 81, Aparício Paixão # 723 e Elias Marinho # 959, categoria MX3, além de Felipe Carvalho # 112, Riderson Carlos # 80, Walcenir “Leitão” Montes # 102 (MX Estreantes) e Lucas Belém # 444, Eduardo Alecrin # 7, Mateus Zilli # 99, Orlando Netto # 222 e Guilherme Maschio # 103 (85cc e 65cc), são as promessas de um grande espetáculo na pista do Balneário Lagoa Azul.

A quarta etapa do campeonato Rondoniense de Motocross 2011 é mais uma promoção e realização da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR em parceria com a Prefeitura de São Miguel do Guaporé, apoio do Ministério dos Esportes, Petrobras, Eletrobrás, Governo de Rondônia, senador Valdir Raupp, senador Acir Gurgacz, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputado federal Moreira Mendes, deputado estadual Valdivino Tucura, Kaká Mendonça, Decar Auto Peças, Ciclo Cairú, Cairú Transportes, Castilhos Estruturas Metálicas, Lind’água e Rondoniaovivo.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly