Grandes disputas no Rondoniense de MX em São Miguel

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 19 de julho de 2011 - 18:07

Na mais acirrada disputa desde o início de temporada, a pista do Balneário Lagoa Azul, em São Miguel do Guaporé, protagonizou no último domingo grandes pegas, principalmente nas categorias MX2 e MX3, envolvendo os principais pilotos de Motocross de Rondônia.

A prova que marcou a quarta etapa do Rondoniense de Motocross 2011, foi vencida por Rodrigo Selhorst # 8 (Equipe Mastter Racing/Honda/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia), que fez valer a sua experiência de campeão brasileiro, levando a melhor na batalha travado com os companheiros de equipe – Cesar Zamboni # 172 e Hugo Amaral # 51, segundo e terceiro colocados na corrida e respectivamente no campeonato.

Quem também brilhou na prova foi o piloto rolimourense Felipe Carvalho # 112 (Canapus Motos), que venceu as disputas a MX Estreantes e Força Livre Nacional. Lucas Belém # 444, de Vilhena (65cc) e Diego Henning # 191(Equipe Mastter Racing/Honda/Energéticos Monster/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia), de Porto Velho, mantiveram a escrita, vencendo em suas categorias e se aproximando ainda mais da conquista do bi-campeonato.

Depois de mais uma vitória Selhorst é ainda mais líder na MX2

Depois de mais uma vitória Selhorst é ainda mais líder na MX2

A corrida teve como atrativo principal ainda o prêmio de R$100,00 para o vencedor do holeshot em cada uma as baterias disputas. Felipe Carvalho foi quem mais faturou, vencendo a disputa por três vezes. Mais de quatro mil pessoas compareceram no motodrómo da Lagoa Azul para prestigiar a grande festa do MX rondoniense neste domingo, 17 de julho.

O prefeito Ângelo Pastório já antecipou que em 2012 fica o compromisso de São Miguel do Guaporé repetir o feito dos últimos dois anos, confirmando mais uma etapa do Estadual de Motocross. Presente também na festa, o empresário Sidnei Mattos, da Mastter Moto, vice presidente da FMR, comemorou muito o nível alto das disputas em todas as categorias.

Majestoso entre os mirins, Lucas Belém sobrou na pista
Atual campeão da 65cc, tendo vencido as provas disputadas nas duas últimas temporadas em sua categoria, o pequeno e determinado Lucas Belém # 444, da cidade de Vilhena, mais uma vez sobrou na pista, largando em primeiro e impondo um ritmo bastante forte, para vencer a corrida de ponta a ponta, ampliando assim a sua vantagem na classificação geral do campeonato 2011. O segundo colocado da prova na categoria menor do MX rondoniense foi o estiloso Igor Vasconcelos # 37, da cidade de Buritis, que está na briga com Mateus Zilli # 17, de Vilhena, pela vice liderança. Zilli terminou na terceira posição, com Orlando Netto # 222, de Ariquemes em quatro e o inquieto Guilherme Maschio # 103, de Pimenta Bueno na quinta posição, garantindo o segundo pódio consecutivo em São Miguel do Guaporé.

Lucas Belém

Lucas Belém

Líder absoluto, Diego Henning venceu mais uma na 85
Mesmo não tendo ganho o prêmio do holeshot da 85cc, o líder do campeonato na categoria, Diego Henning correu absoluto assumindo a ponta logo após contornar a primeira curva e se isolando na frente, deixando para os outros garotos a briga pela segunda posição. Na sua categoria, Dieguinho mantém a hegemonia, tendo vencido todas as etapas dos último dois anos. Lucas Belém, que ainda chegou a incomodar Eduardo Alecrim # 7, de Porto Velho, na vice liderança, acabou errando o traçado e caindo para a terceira posição, Igor Mateus # 718, de Ouro Preto do Oeste em quatro e Valdecir Rodrigues # 8, de Ariquemes completando o pódio. Apesar de ter largado bem e vencido o holeshot, Mateus Zilli # 99, de Vilhena, teve problema com sua moto e teve de abandonar a prova.

Diego Henning

Diego Henning

Felipe voltou a vencer duelo com Talles na MX Estreantes
Disputada em bateria única na prova, a categoria MX Estreantes levou a pista um bom número de participantes, numa briga acirrada, principalmente entre os dez primeiro colocados, a luta para garantir um lugar no pódio. Atravessando um bom momento, com ótimo preparado físico, Felipe Carvalho # 112 (Canapus Motos) de Rolim de Moura largou forte, assumindo a ponta e se mantendo á frente até a bandeirada final. Talles Rodrigues # 63 (Rodomotos) de Ariquemes ainda tentou forçar, mas não conseguiu manter o ritmo de Felipe que venceu, com Talles em segundo, Thiago Rigon (Pica Pau/Yamaha), de Cacoal em terceiro, Walcenir Montes “Leitão” # 102, de Rolim de Moura terminou em quarto e Vitor Ferreira # 43, de São Miguel do Guaporé, mesmo tento caído na largada e ficado em último, se recuperou para completar a prova ma quinta colocação.

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Melhor condicionado, Felipe venceu também na FL Nacional
Numa prova bastante equilibrada, com os pilotos largando em ritmo intenso, o rolimourense Felipe Carvalho # 112 (Canapus Motos), mais uma vez levou a melhor sobre os seus adversário, conquistando o topo do pódio na disputada categoria Força Livre Nacional. Na primeira bateria, Hérico Flores # 706 (Fazenda Flores/Ivan Agropecuária), de Alta Floresta do Oeste largou na frente e buscou imprimir um ritmo bastante forte, com Felipe Carvalho na sua cola, recuperando a liderança ainda nos primeiros minutos de prova e se mantendo na frente até o final, com João Roberto Chagas # 39 (Chagas Madeiras/Farmácia Brasil), de Santa Luzia do Oeste em segundo. Hérico que havia começado a temporada com força total, sentiu a falta de condicionamento físico, perdendo outras posições e ficando na sétima posição. Na última bateria, Felipe largou na ponta com João Chagas e Fabrício Moreira # 50 (Café Ouro Preto do Oeste/Rondomotos) na sua cola, mas prevaleceu a sua juventude para vencer novamente e disparar na liderança do campeonato.

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Experiente Brizola foi o mais rápido da MX3
Correndo junto com os empolgados pilotos da MX2, a disputa da categoria MX3, envolvendo pilotos acima dos 35 anos, foi marcada por mais uma prova de muito equilíbrio, onde as posições pouco se alteraram da primeira para a segunda bateria. O hexa campeão rondoniense Alberto Maschio, o conhecido “Brizola” # 103 (Mastter Moto/Honda), de Pimenta Bueno, provou na pista toda sua técnica e experiência para completar as duas baterias na primeira colocação e amplia sua vantagem sobre os demais concorrentes na briga pelo título da temporada. Elias Marinho # 959 (Champion Motos/Ciclo Cairu), de Porto Velho, completou a prova em segundo, com Evandro Bucioli # 27 (Dep. Lebrão/Motobras/Kaká Mendonça), de Rolim de Moura, em terceiro, Mailson Evandro # 132 (Veipeças/Saga Veículos) de Porto Velho em quarto e completando o pódio, Nideval Amaral # 10 (Rical/Arroz Primavera), de Ji-Paraná.

Alberto 'Brizola' Maschio

Alberto 'Brizola' Maschio

Na força e no braço, Rodrigo ampliou liderança na MX2
O ponto alto da disputa da 4ª Etapa Estadual de Motocross, ocorrida no último fim de emana, na cidade de São Miguel do Guaporé, mais uma vez foi marcada pela disputa da categoria MX2, a mais forte do motociclismo de Rondônia, onde Rodrigo Selhorst # 8, de Espigão do Oeste, Hugo Amaral # 51, de Porto Velho e César Zamboni # 172, de Juina-MT, ambos patrocinados pelaEquipe Mastter Racing/Honda/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia, protagonizaram verdadeiros duelos na briga pela liderança do campeonato. Na primeira bateria, Rodrigo larga bem, mas com Marco Túlio # 1 (Rondomotos) de Ariquemes faturando o prêmio do holeshot. Os dois abrem na ponta, com Hugo Amaral e Cesar Zamboni na cola. Ainda fora de forma, Túlio não segura o ritmo e cai para a quarta posição.

Rodrigo 'Alemão' Selhorst

Rodrigo 'Alemão' Selhorst

Na segunda bateria, Hugo salta na frente, com Rodrigo em segundo, Zamboni em terceiro, Marco Túlio em quarto, Cândido Chagas # 93 (Farol Facudalde/Decar/Sicoob), de Rolim de Moura em quinto e Diego Henning # 191 (Equipe Mastter Racing/Honda/Energéticos Monster/Saga/BV Financeira/ASW/Color Press/Win Academia), na sexta posição. Zamboni ainda chega a passar Rodrigo, enquanto Hugo segura a ponta até as voltas final, até Rodrigo Selhorst acelerar forte na hora certa para recuperar a segunda posição e aproveitando o espaço na curva, entra por dentro e manda Hugo para fora da pista, que acaba perdendo o traçado e vaga para Zamboni, caindo direto para o terceiro lugar. Daí para frente Rodrigo força o ritmo e vence mais uma, ampliando ainda mais sua vantagem sobre Zamboni e Hugo Amaral, no campeonato.

A quarta Etapa do Estadual de MX foi mais uma promoção e realização da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR em parceria com a Prefeitura de São Miguel do Guaporé e Vitor Ferreira, apoio Ministério do Esporte, Governo de Rondônia, Petrobras, Eletrobras, senador Valdir Raupp, senador Acir Gurgacz, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputado federal Moreira Mendes, deputado estadual Valdivino Tucura, Kaká Mendonça, Ciclu Cairú, Castilhos Estruturas Metálicas, Cairú Transportes, Decar Auto Peças, Rondoniaovivo e Lind’água.

Autoridades falaram no momento da solenidade de abertura do evento

Autoridades falaram no momento da solenidade de abertura do evento

Resultado da quarta etapa do Rondoniense de Motocross 2011

Categoria 65
1° # 444 – Lucas Belém – Vilhena
2° # 37 – Igor Vasconcelos – Buritis
3° # 17 – Mateus Zilli – Vilhena
4° # 222 – Orlando Netto – Ariquemes
5° # 103 – Guilherme Maschio – Pimenta Bueno

Categoria 85
1° # 191 – Diego Henning – Porto Velho
2° # 7 – Eduardo Alecrim – Porto Velho
3° # 444 – Lucas Belém – Vilhena
4° # 718 – Igor Mateus – Ouro Preto do Oeste
5° # 8 Valdecir Rodrigues – Ariquemes

Categoria MX Estreantes
1° # 112 – Felipe Carvalho – Rolim de Moura
2° # 63 – Talles Rodrigues – Ariquemes
3° # 812 – Thiago Rigon – Cacoal
4° # 102 – Walcenir “Leitão” Montes – Rolim de Moura
5° # 43 – Vitor Ferreira – São Miguel do Guaporé

Categoria Força Livre Nacional
1° # 112 – Felipe Carvalho – Rolim de Moura
2° # 39 – João Roberto Chagas – Santa Luzia do Oeste
3° # 50 – Fabrício Moreira – Ouro Preto do Oeste
4° # 63 – Talles Rodrigues – Ariquemes
5° # 706 – Hérico Flores – Alta Floresta do Oeste

Categoria MX3
1° # 103 – Alberto “Brizola” Maschio – Pimenta Bueno
2° # 959 – Elias Marinho – Porto Velho
3° # 27 – Evandro Bucioli – Rolim de Moura
4° # 132 – Mailson Evandro – Porto Velho
5° # 10 – Nidval Amaral – JI-Paraná

Categoria MX2
1° # 8 – Rodrigo Selhorst – Espigão do Oeste
2° # 172 – Cesar Zamboni – Juina / MT
3° # 51 – Hugo Amaral – Porto Velho
4° # 1 –  Marco Túlio – Ariquemes
5° # 191 – Diego Henning – Porto Velho

Confira como foram as primeiras etapas do Rondoniense de Motocross 2011

3ª Etapa – 3 de julho – Buritis
2ª Etapa – 29 de maio – Cacaulândia
1ª Etapa – 15 de maio – Espigão do Oeste

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly