Beto Boettcher está de volta as pistas

Por Adriano Winckler | Foto por Divulgação | 22 de julho de 2011 - 18:23

Um dos maiores nomes do Motocross brasileiro de todos os tempos está de volta à ativa após 25 anos. Roberto ‘Beto’ Boettcher, ícone do esporte nas décadas de 70 e 80, irá disputar a terceira etapa do campeonato Brasileiro de Velocross 2011, que acontecerá neste fim de semana, dias 23 e 24 de julho, em Anápolis, Goiás. A prova será realizada na Praça Polifuncional Fora de Estrada, do bairro Vivian Park, e será válida também pela etapa de abertura do campeonato Goiano da modalidade.

“Apesar dos 25 anos sem competir, acho que será uma reestreia bastante interessante. Estou bem de cabeça e venho treinando fisicamente uma vez por semana. A expectativa é poder me divertir dentro da pista”, declarou o piloto, que também é o presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás – FMG.

Primeiro brasileiro a disputar uma temporada do Campeonato Mundial de Motocross, na categoria 125cc, em 1977, sabe que hoje o preparo-físico não é mais o mesmo, mas a experiência pode fazer toda a diferença.

“No Velocross a técnica e a estratégia contam mais do que o preparo físico. Vou andar na categoria VX3 Nacional e espero chegar entre os dez primeiros na prova. Já será um grande resultado”, afirmou o ex-campeão Brasileiro de Motocross.

Roberto 'Beto' Boettcher está voltando as competições

Roberto 'Beto' Boettcher está voltando as competições

Após a etapa de Lapa/PR, disputada em junho, o catarinense Lui André Fietz, atual campeão brasileiro, é o líder da categoria VX1 com 44 pontos, seguido pelo gaúcho Mateus Basso, com 41, e pelo paranaense Paulo Stedile, com 38. Na categoria VX2 as primeiras posições se invertem. Basso lidera com 50 pontos, contra 42 de Fietz. Rodrigo Taborda é o terceiro, com 40. Os demais líderes são: João Silvério Francener (VX3 Nacional), Fabiano Ribeiro (VX3 Importada), Jacson Keil (230cc e Força Livre Nacional).

A 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Velocross e a 1ª etapa do Campeonato Goiano são uma realização da Prefeitura de Anápolis, com apoio de Mobil Super Moto MX. A supervisão é da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG) e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Confira a classificação do Brasileiro de Velocross 2011:

VX1
1º – Lui Andre Fietz – 44 pontos
2º – Mateus Basso – 41
3º – Paulo Stedile – 38
4º – Jeison Scheidt – 34
5º – Rodrigo Taborda – 33 pontos

Vx2
1º – Mateus Basso – 50 pontos
2º – Lui Andre Fietz – 42
3º – Rodrigo Taborda – 40
4º – Tiago Pykocz – 33
5º – Luciano Battistella – 30 pontos

Vx3 Nacional
1º – Joao Francener – 50 pontos
2º – Marcelo Marques – 44
3º – Braulio Andrade – 36
4º – Adilson Hubner – 27
5º – Rudimar Sebben – 26 pontos

Vx3 Importada
1º – Fabiano Ribeiro – 45 pontos
2º – Nasri Sarkis – 44
3º – Carlos Ribas Junior – 33
4º – Marcelo Marques – 32
5º – Alencar Krefta – 30 pontos

230
1º – Jacson Keil – 50 pontos
2º – Preslei De Carli – 31
3º – Wyllyn Alves – 31
4º – Julio Vaselkoski – 30
5º – Edgar Nogueira – 29 pontos

Força Livre Nacional
1º – Jacson Keil – 47 pontos
2º – Marcos Wudarski – 47
3º – Daniel Schmitz – 34
4º – Flavio Cassou – 29
5º – Douglas Korelo – 25 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly