10P Mundocross para Eduardo Lima

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 31 de julho de 2011 - 18:04

A entrevista 10P Mundocross deste mês é com um dos jovens pilotos que está despontando no Motocross Brasileiro nos últimos dois anos. Em 2010 ele finalizou o Brasileiro de Motocross como vice-campeão na categoria MX1, e em 2011 ele já venceu uma etapa do campeonato Brasileiro de Motocross na categoria MX2 e lidera a categoria.

Por algumas temporadas ele correu como piloto oficial Yamaha, depois foram dois anos como oficial Honda, e desde 2010 ele vem correndo pela equipe oficial Vaz / Rinaldi / IMS / Kawasaki, que tem o seu pai como chefe de equipe e preparador das motos, e seu irmão como companheiro de equipe.

Leia agora com exclusividade a entrevista de Eduardo ‘Dudu’ Lima e saiba um pouco mais sobre a carreira de piloto de Motocross deste jovem talento brasileiro, que deverá ser um dos integrantes do Team Brasil no Motocross das Nações 2011.

Placa de 5 segundos no ar : Largou…

1) Mundox – Para fazer um holeshot e também para a galera saber um pouco mais da tua história, conta aí pros teus fãs como foi o teu início no Motocross.

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Eu comecei com quatro anos. Fui muito incentivado pelo meu pai, e pelo meu irmão, que já andavam de Motocross. Para mim foi muito bom ter comçado novo assim, como muitos pilotos de ponta hoje.

2) Mundox –  Em 2010 você foi o vice-campeão Brasileiro de Motocross na categoria MX1, e neste ano você está liderando o Brasileiro de Motocross na MX2. Qual foi seu trabalho para atingir este ótimo desempenho ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Eu treinei muito, tanto a parte fisica, como com a moto. Me foquei bastante nas primeiras etapas para ter um ótimo campeonato, sabendo que vai ter um descarte, procurei não errar, e até agora venho conseguindo fazer ótimos resultados e estou liderando o campeonato.

Dudu Lima na pista do Beto Carrero World em Santa Catarina

Dudu Lima na pista do Beto Carrero World em Santa Catarina

3) Mundox – Em 2010 você e seu irmão (Marcello ‘Ratinho’ Lima) correram no campeonato Catarinense de Motocross, e neste ano não está correndo em Santa Catarina. O que fez vocês irem correr no Catarinense de MX no ano passado, e o que levou vocês a não irem competir naquele campeonato neste ano ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – O primeiro motivo foi porque acabou nosso campeonato paulista, e a gente sabe que em Santa Catarina tem umas pistas muito boas. Foi basicamente por isso. O que atrapalhou muito a gente foi a distância, e muitas das etapas batem com o Arenacross, por isto perdemos muitas etapas, e decidimos não ir mais mesmo porque agora aqui no nosso Estado tem a Copa São Paulo de Motocross, que é muito boa e muito mais perto para nós.

4) Mundox – Os pilotos amadores e iniciantes se baseiam no que os pilotos de ponta costumam fazer durante a semana, entre uma prova e outra, e por isto te peço para explanar como é o dia-a-dia do seu método de treino com moto e da parte física ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Isso é uma coisa que não tem como dizer mesmo, porque depende muito de uma corrida para outra. Se eu tiver muito cansado, por exemplo, não treino muito para não me cansar para a próxima corrida, e também é dicifil porque tem corrida que a gente chega na terça-feira, e na quinta já tem que sair de novo.

Fica tudo muito corrido por aqui. Tem que lavar e revisar as motos e arrumar todo equipamento, então tem que improvisar muito, e tentar colocar um pouco de parte fisica e um pouco de treino com moto também para não perder o ritmo.

5) Mundox – Você foi um dos pré-selecionados para compor a equipe do Brasil para o Motocross das Nações 2011. Conta como você está em relação a isto, sobre a fase de treinos com os pré-selecionados para definição dos quatro pilotos que formarão a equipe, e se está ansioso em ter a chance de poder ir representar o Brasil na Copa do Mundo do Motocross ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Como eu já disse, eu treinei muito no começo do ano já pensando em ir, e procurei fazer um bom campeonato desde o começo. Me foquei em fazer bons resultados tanto para o campeonato, e tambem sabendo que eu tinha grande chance de ir fiquei muito feliz q estou na lista dos pré-selecionados, eu estou bem tramquilo quanto a isso se eu for espero fazer uma boa atuacao representando bem o brasil.

Dudu é o atual vice-campeão Brasileiro de Motocross na categoria MX1

Dudu é o atual vice-campeão Brasileiro de Motocross na categoria MX1

6) Mundox – No ano passado você acabou tendo melhor resultado na categoria MX1 no Brasileiro de Motocross, e neste ano você está liderando a MX2. Qual a categoria que você prefere e por quê ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Eu gosto das duas motos. Elas sao bem parecidas e não tenho preferência. Me divirto bastante nas duas motos. A 250F é bem legal para dar scrub e fazer curvas. Já a 450F eu gosto muito do motor, que dá para fazer coisas legais como pular o triplo de Canelinha e outros saltos grandes. Em questao do campeonato, como o ano passado eu fui vice-campeão, eu optei por treinar só de 450F, e eu acho que ela me deu mais velocidade e força, e além de melhorar nela, eu melhorei muito com a 250F.

7) Mundox – Como está hoje o Motocross na sua vida. Ser piloto é totalmente profissional e será isto que você seguirá no futuro, ou pensa em seguir alguma outra profissão ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – O Motocross na minha vida é tudo, assim como na vida de muitos outros pilotos. Tudo que eu tenho hoje consegui com minha moto. Não tenho do que reclamar. Eu pretendo sim continuar até quando eu aguentar. Alias nao é todo dia que a gente tem 20 anos né hahaha por isso tem que se aproveitar o máximo agora.

8) Mundox – O que você costuma fazer nas horas de folga ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Eu procuro me divertir um pouco e relaxar, jogando jogos de video game com o Rato por exemplo. E também toco guitarra e jogo ping-pong hahaha e etc.

Eduardo 'Dudu' Lima, Gui Lima e Marcello 'Ratinho' Lima

Eduardo 'Dudu' Lima, Gui Lima e Marcello 'Ratinho' Lima

9) Mundox – O que você acha do nível, do tratamento da terra e dos traçados das pistas de Motocross no Brasil, tanto nos campeonatos Estaduais, Superliga e Brasileiro ? O que você acha que deveria ser mudado para melhorar ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Todo mundo reclama muito das pistas aqui. Falam que são rápidas, mas eu acho que o grande problema tá no tratamento do terreno. Não se tira velocidade de uma pista colocando pulos, e sim deixando o terreno pesado, e é por isso que muita gente se machuca. Eu acho que as pistas daqui estão muito boa, e depois do mundial as pistas melhoraram bem, assim como a gente aprendeu muita coisas, os contrutores de pista também.

10) Mundox – E no primeiro final de semana de agosto, você irá disputar a segunda etapa do Latino Americano de Motocross MX2 em Rondônia, ou correrá na abertura do Arenacross 2011 em Ribeirão Preto ?

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Vou disputar a primeira etapa do Arenacross. Gostaria muito de ir no Latino Americano, mas não participei da primeira etapa.

Mundox – Agora a palavra e o espaço são seus.

Eduardo ‘Dudu’ Lima – Eu quero agradecer vocês do site Mundocross pelo espaço, e também quero agradecer meus patrocinadores, a Vaz, Kawasaki, Rinaldi, Motul e IMS, e agradecer também toda minha família, minha mãe (Soraya), meu pai (Agnaldo ‘Gui’), meu irmão (Ratinho), minha namorada (Tatiane), e a Deus.

Perfil do piloto Eduardo Lima
Nome completo : Eduardo Ferreira de Lima
Data de nascimento : 22 de janeiro de 1991
Idade : 20 anos
Apelido : Dudu
Cidade onde nasceu : São Paulo – SP
Cidade onde mora : Monte Mor – SP
Motos atuais : Kawasaki
Principais títulos : Vice-campeão Brasileiro de 85 e de MX1
Ídolo no Motocross Nacional : Meu irmão Ratinho
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Villopoto
Pista favorita em São Paulo : Limeira
Pista favorita no Brasil : Quissamã
Comida favorita : Carnes em uma churrascaria
Bebida favorita :  Coca-cola
Comida nos dias de corridas : Macarrão
Bebida nas corridas : Sucos
Lazer preferido : Jogar bola
Esporte preferido fora o Motocross : Todos que tem bike
E-mail : [email protected]
Site : www.dudumx.com.br

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Ricardo Suzuki disse:

Dudu, parabéns pela sua dedicação. Os resultados estão aparecendo, premiando seu trabalho, assim como seu irmão e seu pai. Estamos todos na sua torcida!

Patrick de Oliveira disse:

Força dudú o brasil ta com vc no naçôes.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly