FGM terá representante no Latino de Motocross em RO

Por Assessoria Imprensa FGM | Foto por Divulgação | 02 de agosto de 2011 - 18:09

O Rio Grande do Sul estará sendo representado por um jovem piloto na segunda etapa do campeonato Latino Americano de Motocross MX2, que será disputado no próximo final de semana em Pimenta Bueno, em Rondônia. A Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, rebeceu o convite para enviar dois pilotos, e os escolhidos foram Mateus Basso e João Pedro Pinho Ribeiro.

Neste último domingo o piloto Mateus ‘Tatu’ Basso enviou sua moto de caminhão para Rondônia, e na sexta-feira ele estará embarcando no aeroporto rumo a Pimenta Bueno. Tatu terá a companhia de seu pai, sr. Luis Basso, que vai acompanhar a estreia do filho no Latino Americano de Motocross.

Tatu Basso é o atual líder do campeonato Gaúcho de Motocross na categoria MX2 e está com boa expectativa em relação a prova deste final de semana. “A minha expectativa é grande, até porque eu venho treinando muito nas últimas semanas e espero poder enfrentar bem as duas baterias de 30 minutos mais duas voltas debaixo de um forte calor que está previsto para fazer no final de semana”, disse o piloto que mora na cidade de Gentil, na região norte do Rio Grande do Sul.

O líder do Gaúcho de Motocross já teve uma experiência internacional, quando correu no campeonato Paraguaio de Motocross, mas a experiência deste final de semana será mais desafiadora, pois entrentará alguns dos melhores pilotos de Motocross da América Latina. Tatu tem o patrocínio da Cereais Basso e corre com um Kawasaki 250F.

“Como estou disputando o Gaúcho de Velocross, e neste final de semana terá a quarta etapa do Gaúcho de Velocross em Tapejara, vou acabar descartando esta prova, mas a família estará sendo representada pelo meu irmão Lucas, que é o líder na VX1 e VX2. Como a prova será dura por causa do calor e enfrentarei fortes concorrentes, minha meta é ficar entre o décimo e o vigésimo lugar, e o que vier melhor que isto será lucro”, concluiu Tatu.

Mateus 'Tatu' Basso

Mateus 'Tatu' Basso

Já em em relação ao piloto João Pedro Pinho Ribeiro, o seu pai, Daniel ‘Delo’ Ribeiro, informou que o piloto abriu mão de ir disputar a etapa em Rondônia por causa de alguns contra-tempos que aconteceram nos últimos dias. João Pedro lamenta não poder estar indo competir, mas acredita que não faltarão oportunidades para que ele participe desta competição no futuro.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

É isso ai guri. Parabéns pela garra e determinação. Boa sorte Tatu traga além da experiência, alguns pontos para cá. E parabéns ao Jorge pelo espaço destinado aos pilotos que estão alçando asas, O Tatu eo o Enzo,

Paulo Basso disse:

vai lá tatu,mostra a raça que só os gauchos tem,boa sorte e aceleeeeeera

José Luis Brusco Benetti disse:

Boa sorte Tatu…

represente bem a gauchada la

ehehehe

Washington Igor - SE disse:

Lamentamos a ausencia do piloto Rodrigo ‘Lama’ , Que abriu mão de sua vaga no Latino, pro falte de patrocínio.

João Giacomini #21 disse:

que bom ler essa notícia , boa sorte ao tatu …

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly