Enzo Lopes e os bastidores em Loretta Lynn’s

Por Sandra Souza | 10 de agosto de 2011 - 12:56

O capítulo final da 30ª edição do Loretta Lynn’s Championships 2011 foi escrito no último sábado na pista do Rancho da cantora country Loretta Lynn. Trinta e três campeões levaram seus troféus para casa e todos os participantes provaram que realmente fazem parte da elite do Motocross amador do mundo, incluindo o piloto brasileiro Enzo Lopes, que ficou com a segunda colocação no campeonato na categoria 65cc Stock e a 7ª colocação na categoria 85cc Modified.

Recaptulando as disputas em Loretta Lynn’s 2011

Com sua moto 65cc revisada pela KTM após um acerto no sistema de freio traseiro que apresentou problemas e resultou na sua 7ª colocação na 2ª bateria, Enzo foi para o tudo ou nada na última bateria da semana. Além de precisar de um primeiro lugar, Enzo tinha que contar com a sorte para que o então primeiro colocado na geral, chegasse em sexto lugar no máximo. Enzo largou em segundo e logo assumiu a primeira posição, fazendo o melhor tempo da prova, com 2’15”. Liderou a prova toda e mesmo com os pilotos da 3ª, 4ª e 5ª posições se aproximando muito de Gabriel Jairalla, líder da competição, as posições não se alteraram e Enzo recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar, com a certeza de ter dado o seu melhor durante a bateria e durante toda a competição.

Jairalla, que também competirá na Itália no Mundial de Motocross Júnior FIM 2011, tinha um 3º e um 1º lugar, com 4 pontos na geral, enquanto Enzo tinha um 2º e um 7º lugar, com 9 pontos somados, e na final ambos somaram mais 2 e 1 pontos, respectivamente, o que fez com que na geral Enzo ficasse com o vice-campeonato, com 10 pontos, 7 pontos a menos do que o 3º colocado no campeonato, Logan Stokes, que terminou a competição com um 7-4-6.

Porém o brilho de Enzo não foi ofuscado. Foi com muito orgulho que Enzo subiu ao pódio mais uma vez para receber sua medalha de ouro pelo 1ª Lugar na terceira bateria da 65cc, com direito a entrevistas e fotos para todas as revistas e sites especializados. A tarde, Enzo participou da entrega dos troféus aos 3 primeiros colocados de cada categoria, sendo que os 10 primeiros subiam ao palco do AMA National Loretta Lynn´s Championship para fotos e entrega de prêmios.  Pela 7ª colocação na geral da Categoria 85cc, Enzo recebeu um troféu e diversos prêmios dos patrocinadores do evento. Pelo vice-campeonato na categoria 65cc Enzo recebeu uma espada de prata.

Enzo partiu nessa segunda-feira, 8 de agosto, dos Estados Unidos para a Itália, onde já está a caminho de Cingoli, para sua última disputa nesse tour internacional que se iniciou em 18 de julho, logo após vencer em Canelinha a terceira etapa do Brasileiro de Motocross. No próximo final de semana, 13 e 14 de agosto, Enzo disputará o Mundial de Motocross Júnior da FIM, onde entrentará  outros 40 pilotos de vários países, incluindo o americano Gabriel Jairalla, integrante da equipe americana e seu principal adversário em Loretta. “Agora estou com mais vontade ainda de ganhar. Não vou perder para ninguém dessa vez”, disse Enzo, com sua determinação de sempre, antes de embarcar para Roma.

Bastidores de Loretta

Apesar de todo trabalho minucioso de revisão das motos após cada bateria, nem tudo sai como esperado. Após o primeiro dia de provas, o preparador do Enzo, Fernando Flores, que o acompanha em todas as provas internacionais, identificou as falhas no motor da KX 85cc que o fez terminar a bateria em 12º lugar. Fernando passou a noite desmontando e afinando o motor, e como a pista de testes dentro do Rancho é fechada a partir das 19 horas, e o horário de silêncio era 22 horas, o jeito foi ir para a rodovia para testar a moto nos acostamentos gramados e de terra.

No outro dia, sua atenção se voltou à solução dos problemas constatados na KTM 65cc de Enzo. Que em sua primeira bateria, nas voltas finais, apresentou um travamento na roda traseira, que o impediu de assumir a primeira colocação da prova, terminando em 2º lugar. Nada foi constatado no freio traseiro, e após revisão minuciosa Enzo foi para a segunda bateria e já na volta de reconhecimento, que antecede à largada, precisou ser levado às pressas para o gate de largada, onde Fernando soltou o freio traseiro, que estava travando novamente a moto. Correndo a prova toda sem freio traseiro, Enzo largou entre os últimos e em 9 voltas ultrapassou mais de 20 adversários. Apesar do esforço, Enzo terminou a prova em 7º lugar.

Para garantir total solução do problema, Fernando pediu assistência à equipe da KTM, que colocou outro fluido de freio, acertou a pastilha e resolveu o problema de travamento que a moto apresentava. Tudo certo, tudo resolvido ? Não !! No final do dia anterior à terceira e última bateria, Enzo foi testar sua KTM 65cc, e assim que entrou na pista, Léo Lopes (pai de Enzo) e Fernando Flores perceberam que a embreagem apresentava problemas, pois a moto não rendia tudo o que podia. A esta altura era impossível comprar novo jogo de embreagem, muito menos pedir auxílio aos mecânicos da KTM, que já haviam fechado o caminhão-oficina e retornado ao hotel.

No dia seguinte, Enzo disputaria a final da categoria 85cc às 10:30 horas da manhã e a final da 65cc às 12:30 horas. Já nas primeiras horas do sábado, todo esforço foi feito para que sua moto estivesse pronta antes do meio-dia, e depois da embreagem trocada e a moto toda revisada, Enzo finalmente pôde sentir o gosto da vitória, chegando em 1º lugar na terceira e última bateria da competição.

Para encerrar as surpresas deste campeonato, aconteceu um fato inesperado na final da categoria 65cc. De acordo com o regulamento da AMA, as motos dos 10 primeiros colocados devem ficar um tempo no parque fechado para eventuais averiguações, e assim que Enzo desceu do pódio, o pai do piloto Logan Stokes, 3º colocado na geral, exigia a medição completa da  KTM 65cc de Enzo, inconformado com a velocidade dele durante as provas. Enzo e Logan se conheceram em outras competições nos Estados Unidos, e se reencontraram há 20 dias no Millsaps Training Facility, treinando juntos todos os dias para o Loretta.

A moto de Enzo foi levada ao caminhão-oficina da KTM, onde foi aberto o motor pelos seus experientes mecânicos. Na presença do Chefe da Equipe da KTM, do Diretor de Prova, do preparador do Enzo, Fernando Flores, e de Léo Lopes, os mecânicos fizeram diversas medições no diâmetro do cilindro e outras peças que conferem a potência da motocicleta. Tudo confirmado pelos manuais da KTM, e nenhuma irregularidade foi constatada, afinal Enzo competia com sua moto Stock, na categoria 65cc Stock. Faltou apenas medir o ‘braço’ do piloto !!

Michael Sleeter, Chefe da Equipe KTM, comentou que o fato de contestarem a moto de Enzo validou ainda mais seu talento e sua competência. Colleen Millsaps, do Millsaps Training Facility, que também acompanhou as provas do Enzo, disse que ele atraiu muita atenção durante as provas classificatórias e durante o campeonato, e que ter sua moto contestada deveria ser considerado como um elogio ao piloto. Realmente isso serviu de estímulo para o Enzo, que ainda embolsou 200 dos 500 dólares pagos à AMA pelo pai do piloto que contestou a moto de Enzo.

Outro fato curioso aconteceu durante a festa de premiação final do evento. O locutor que chamava ao palco os “top 10”  foi informado que apesar do endereço americano do Enzo ser Coconut Creek na Flórida, o piloto era na verdade Brasileiro, e pedimos para que ele chamasse então o piloto “Enzo Lopes do Brasil”.  Pudemos então sentir uma pontinha de desprezo quando o locutor anunciou:  “Enzo Lopes de Coconut Creek , ou melhor, do Brasil, ou de algum lugar lá embaixo”…    Desprezo que logo se traduziu em orgulho de ser brasileiro e ter ameaçado a hegemonia do motocross americano com muita dose de talento brasileiro.

Number plate de Enzo para o Mundial de MX Júnior 2011

Number plate de Enzo para o Mundial de MX Júnior 2011

Enzo já está na Itália para o Mundial de MX Júnior

Esperamos que percalços desse tipo não afetem a participação do Enzo no campeonato Mundial de Motocross Júnior na Itália, onde ele já desembarcou ontem, na terça-feira, 9 de agosto, junto com sua família, e seu preparador Fernando Flores. O seu mecânico Dilson ‘Prika’ Becker, viajou ontem do Brasil com destino a Roma para acompanhar Enzo no Mundial em Cingoli. E neste final de semana, dias 13 e 14 de agosto, Enzo terá o apoio da Equipe KTM Silver Action, comandada por Mirko Madaschi.

“Vou fazer de tudo para dar uma vitória de presente para meu pai no Dia dos Pais”, prometeu Enzo.

Enzo Lopes tem o patrocínio de Pirelli, Mobil, Kawasaki do Brasil, Freeday e Léo Motos.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Lucas 'MVB' disse:

Enzo Parabens! estamos torcendo por voce!!
Que Deus lhe ajude nessa proxima batalha do mundial!

Júnior Comassetto - Kasão disse:

poxa veiu,eh muito bom saber q um gaucho mandou ver lah nos EUA,sempre vih o enzo correr e via muita garra nele,espero q vc nos traga o titulo mundial os gauchos vaum vibrar muito eh espero tbm (acho q todos amantes do motocross esperam tbm) se vc for campeao e vc vai ser,q o motocross gaucho seja mais valorizado e mais incentivado.força enzo,muita fé,vc e capaz estou torcendo muito por vc.vai la enzo…

Parabéns, temos orgulho de ter um gaúcho representando nosso esporte…

Léo Lopes disse:

Agradecemos a deus acima de tudo,
e aos nossos patrocinadores por podermos estar aqui , e competindo .
Que ele nos abençoe.
Léo Lopes

Mais uma vez parabens para voce e toda sua familia e equipe,e para todos a exemplo do Enzo em Novembro acontece o Minio’s na Florida que tem o mesmo nivel do Loretta Lynns e seria bacana ver muito mais brasileiros correndo por aqui.Visite http://www.motocrossnaamerica.com

Leandro Koebennemann disse:

Parabéns Enzo, orgulho do motocross gaúho e do Brasil, Boa sorte na Itália.

ai véio.parabens pelo teu filho.boa sorte

Twitter: claudiodamata38
Qualquer paizinho lá de baixo está melhor que o país lá de cima ! quem está quebrado não somos nós !!! Uma empresa como a Apple tem mais dinheiro em caixa que o próprio governo !! foi divulgado no site http://www.infoexame.com.br que o Governo Americano tem em caixa 73,5 Bilhões de dólares e a Apple de Steve Jobs tinha 76,8 Bilhões de dólares em caixa !!! e ficam zuando com nossa cara !!!! uma empresa ter mais dinheiro em caixa que o próprio governo é sinônimo de humilhação. E o Brasil é o 4º país tem ter papéis da dívida pública americana ( não é bom, pois se quebrar, estes papéis viram pó) , mas por outro lado mostra o quanto estamos fortes !

O desprezo deles por nós está se revertendo nestas coisas, primeiro, a sua economia está no lixo, e agora até a hegemonia de um esporte que se consideram os melhores, está indo por água abaixo !!!

Parabéns Enzo, Léo e toda família junto com o Staff por trás do pequeno Enzo.

Go Enzo, go !!!!!

Cláudio da Mata

João Giacomini #21 disse:

mto bom ler isso acima eu resumo em uma só palavra o que c define enzo :
FENOMENO !!!!!!!!

Paulo Kunt disse:

È isso Enzo nao da bola pra ninguen ,esses gringo so queren te derubar eles saben que tu é melhor que eles , na italia mao no fundo tu é de outra ninhagen abs sorte traga o titulo pra nosssss teu futuro e´ai na KTM oficial nossa senhora vai estar contigo

mostra pra esses gringo que tu é melhor que eles ENZO , abs vitor , thor duke, fox

Otavio Giacomet disse:

mto bom parabens Enzo…Podia rolar uns videos ae da final né

Rodrigo Gonçalves disse:

O Léo ! no ano de 1999 / 2000, vc me disse que o teu filho seria campeão mundial , será que já vai ser agora !!! tu sabe que to aqui torcendo , boa sorte a todos vcs !!!

Carlos E. "Duda" Giovanucci disse:

É COM MUITO ORGULHO, QUE DOU OS PARABÉNS PARA NOSSO GLORIOSO ENZO LOPES, QUE ESTÁ ANDANDO DEMAIS, E FAZENDO A DIFERENÇA FORA DO PAÍS!

É ATÉ ESTRANHO OLHARMOS UM DESEMPENHO DE TANTA NOTORIEDADE, QUANDO ESTAMOS FALANDO DO PAÍS DO FUTEBOL, RS.

VAI LÁ ENZO, MESMO COM TODAS AS DIFICULDADES QUE TODOS CONHECEMOS QUE NOSSO ESPORTE ENFRENTA, GARRA FIRME, QUEREMOS TE VER EM CARREIRA INTERNACIONAL, EM CATEGORIAS PRINCIPAIS… ESSE DIA VAI CHEGAR!!!!!!

Murilo 'Gyn' P. Vieira disse:

Primeiramente parabens ao Enzo, e que toda essa desconfiança e desprezo lhe dê mais força e garra para andar sempre na frente, e mostrar que tem que respeitar qualquer um independente do lugar de onde veio.
Parabens ao Enzo e que traga mais um bom resultado do mundial.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly