Grande público e emoção no Nacional de XC em GO

Por Adriano Winckler | Foto por Escadinha - FGM | 10 de agosto de 2011 - 23:56

O mineiro Felipe Zanol venceu neste último final de semana em Senador Canedo, Goiás, a terceira etapa do campeonato Brasileiro de Cross Contry 2011. Com o resultado, Zanol segue na liderança da categoria XC1, com 70 pontos, contra 62 de Nielsen Bueno, que foi o segundo colocado na etapa. A terceira posição ficou com Luiz Felipe Rosendo, seguido por Carlos Carneiro e Gabriel Diniz.

“A corrida foi bem dura, tanto pelo calor, quanto pelo terreno duro e difícil. No final quando consegui uma boa vantagem, comecei a administrar e venci relativamente tranquilo. Meu objetivo era manter a liderança e poupar o corpo para a disputa do Sertões”, declarou Zanol.

Com ótimo público presente, as baterias foram bastante disputadas. Na categoria XC, a vitória ficou com Luiz Felipe Rosendo, seguido por Carlos Carneiro e Rômulo ‘Oncinha’ Bottrel. Apesar da terceira colocação, Oncinha segue líder do Brasileiro com boa vantagem para Rosendo, vice-líder.

“Tive muitos problemas nessa prova. Além do calor e a poeira, tive sérios problemas com a moto no sábado e não consegui arrumar para o domingo. Mesmo assim eu estava liderando a XC2 e estava em segundo na XC1, atrás apenas do Zanol, até a metade da prova. Aí surgiu um outro problema na moto que me fez parar algumas vezes. Infelizmente perdi alguns pontos preciosos para a disputa da XC1, mas continuo na briga. Na XC2 ainda tenho uma boa vantagem e pretendo administrar”, ressaltou Oncinha.

Felipe Zanol é o líder do Brasileiro de Cross Country na categoria XC1

Felipe Zanol é o líder do Brasileiro de Cross Country na categoria XC1

Entre os pilotos mais experientes, Luigi Colella não deu chances aos adversários, vencendo as categorias Over35 e Over45. O mesmo aconteceu com Rafael dos Santos, que venceu a Nacional A e Nacional B.

A terceira etapa do campeonato Brasileiro de Cross Country 2011 foi válida também pela segunda etapa do campeonato Goiano de Cross Country. A supervisão foi da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás – FMG, e da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Resultado da terceira etapa do Brasileiro de Cross Country 2011

Categoria XC1
1º – Felipe Zanol
2º – Nielsen Bueno
3º – Luiz Felipe Rosendo
4º – Carlos Carneiro
5º – Gabriel Diniz

Categoria XC2
1º – Luiz Felipe Rosendo
2º – Carlos Carneiro
3º – Romulo Bottrel
4º – Fabio Padovani
5º – Alexandre Galdino

Categoria Over 35
1º – Luigi Colella
2º – Francisco Marino
3º – João Batista Aguiar
4º – João Bosco Aguiar
5º – Alexandro Leonel

Categoria Over 45
1º – Luigi Colella
2º – Elivalto Batista
3º – Paulo Cesar Zenha
4º – Adalberto Rosendo
5º – Antonio Berrocal

Categoria Nacional A
1º – Rafael Dos Santos
2º – Guilherme da Silva
3º – Silvon Rocha
4º – Bruno Rupolo
5º – Ricardo Batista

Categoria Nacional B
1º – Rafael dos Santos
2º – Guilherme da Silva
3º – Adson Miranda
4º – Ricardo Batista
5º – Giuliano Greco

Classificação do Brasileiro de Cross Country 2011 após três etapas

Categoria XC1
1º – Felipe Zanol – 70 pontos
2º – Nielsen Bueno – 62
3º – Romulo Bottrel – 57 pontos

Categoria XC2
1º – Romulo Bottrel – 70 pontos
2º – Luiz Felipe Rosendo – 45
3º – Marcos Martins – 22 pontos

Categoria Over 35
1º – Francisco Marino – 72 pontos
2º – Luigi Colella – 67
3º – Alexandro Leonel – 38 pontos

Categoria Over 45
1º – Luigi Colella – 75 pontos
2º – Antonio Berrocal – 58
3º – Adalberto Rosendo – 38 pontos

Categoria Nacional A
1º – Rafael dos Santos – 25 pontos
2º – Marcos Martins – 25
3º – Kurtt Rocha – 25 pontos

Categoria Nacional B
1º – Rafael dos Santos – 25 pontos
2º – Ricardo Valiense – 25
3º – Kurtt Rocha – 25 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly