Enzo Lopes é o Brasil no Mundial de Motocross Júnior

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 13 de agosto de 2011 - 12:48

A capital do Mundial de Motocross Júnior deste ano é Cingoli, bela cidade italiana situada perto de Macerata. Os melhores jovens pilotos de MX de todo o mundo estão lá para lutar pelo título de Campeão do Mundo FIM Júnior Motocross 2011. Além da classificação individual, há também a muito prestigiada classificação por países.

Os meninos vão lutar em três categorias de acordo com a potência de seus motores: 65cc, 85cc e 125cc 2T. Cada classe também tem suas restrições de idade: 65cc é de 10-12 anos, 85cc para 11-14 anos e de 125cc para 13-17 anos de idade, respectivamente.

Em relação a disputa por países, o Brasil vai ser uma equipe de um piloto só, pois somente Enzo Lopes está inscrito pelo país. Fato este que deveria ser revisto para as próximas edições, porque para haver grandes pilotos nas categorias profissionais do Motocross brasileiro no futuro, deve haver um bom trabalho nas categorias de base.

A lista de inscritos contém mais de 200 nomes, originários não apenas de países tradicionais no Motocross como Itália, França, Bélgica ou Estados Unidos, mas também de Madagascar, Estônia, Taiwan, México, Venezuela, e do Brasil, representado pelo jovem piloto gaúcho Enzo Lázaro Pedó Lopes.

O dia de hoje, sábado, foi dedicado aos treinos livres e sessões de qualificação, pois apenas os 40 melhores pilotos de cada categoria irão disputar as corridas de domingo. O formato das corridas de domingo é o mesmo que num GP de Motocross profissional.

Circuito de Cingoli está recebendo o Mundial de MX Júnior 2011

Circuito de Cingoli está recebendo o Mundial de MX Júnior 2011

A cidade de Cingoli irá assistir neste domingo disputas entre todos os continentes, como por exemplo os europeus Samuelle Bernardini, da Itália, e Tim Gajser, da Eslovênia, que estão no topo da classificação do campeonato Europeu 125, contra os top da América do Norte, como o americano Matthew Bisceglia, campeão de Loretta Lynn’s 125 em 2011, e Gabriel Jairala, que tem dois títulos em Loretta Lynn’s 2011 na categoria 65.

A lista de vencedores de anos anteriores do Mundial de Motocross Júnior é impressionante, e conta com nomes como o alemão Ken Roczen, o holandês Jeffrey Herlings, o belga Joel Roelants e o finlandês Matiss Karro.

Enzo Lopes nos treinos deste sábado
O piloto brasileiro Enzo Lopes, que tem o patrocínio de Mobil / Pirelli / Léo Motos / Freeday, fez um bom treino neste sábado. Treinos estes que já se encerraram, pois a Itália está cinco horas a frente no fuso horário em relação ao horário de Brasília. O jovem piloto de 11 anos (fará 12 na próxima terça-feira), finalizou em terceiro lugar no seu grupo (Grupo A), e fez o décimo primeiro tempo entre todos os 60 competidores da categoria 65.

“Um desfile de cores, línguas, raças, estilos, motos, marcas, e principalmente nações. Um lugar onde a língua não é compartilhada, quase nada é igual entre os países, apenas o amor por esse esporte que não escolhe continente ou nação. Aqui somos todos iguais, nesse mundo de loucos por Motocross. Cada equipe veste com orgulho a camiseta de seu país e carrega sua bandeira com prazer”, disse Alexia Lopes, irmã de Enzo, que acompanha o jovem piloto brasileiro junto com a família (Delaine e Léo, pais de Enzo), e o mecânico Prika Becker, e o preparador Fernando Flores.

“Dizer que um continente tem mais chances ou condições de ganhar que outro, é bobagem. Todos na pista são os mesmos. As nações somem, e apenas uma coisa traz a vitoria: o querer. Todo país tem um ‘Golden Boy’, e todos querem ganhar. Todos treinaram para ganhar, todos tem praticamente a mesma idade, todos tem uma moto, o que os diferencia dentro das pistas é o quanto cada um quer ganhar”, completou Alexia em uma mensagem enviada ao Brasil neste sábado.

Amanhã, domingo, 14 de agosto, serão disputadas as baterias finais de cada uma das três categorias, e de onde sairão os campeões do Mundial de Motocross Júnior edição 2011. Confira abaixo as categorias e o formato das corrridas.

Categorias
65 – 10 a 12 anos
85 – 11 a 14 anos
125 – 13 a 17 anos

Disputas
65 – Duas baterias de 12 minutos + 2 voltas
85 – Duas baterias de 20 minutos + 2 voltas
125 – Duas baterias de 25 minutos + 2 voltas

Clique aqui e confira os dados da cronometragem do Mundial de MX Júnior 2011

História de Cingoli
Cingoli tem raízes antigas datam de 63BC ano. Pois está situado 631m acima do nível do mar, mas também perto do Mar Adriático, este sempre foi o lugar de elevada importância estratégica. O panorama da paisagem bonita, com a vista para as montanhas eo mar pode ser observado não apenas de antigas muralhas do castelo, mas também da pista.
A cidade ea região circundante é muitas vezes sendo chamado de “Varanda do Marche”.

Confira o vídeo com os detalhes da pista de Cingoli /Itália

Imagem de Amostra do You Tube
Vista panorâmica do circuito da cidade de Cingoli na Itália

Vista panorâmica do circuito da cidade de Cingoli na Itália

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Parabens Enzo pelo resultado que deus te abencoe e te ilumine em todos os momentos de sua vida um abraco do amigo Ratinho#21 marata

Paulo Kunt disse:

Nao da pra acreditar que no site da CBM nao tem nenhuma noticia do ENZO pelo jeito so mudou o nome na presidencia mas o ENZO é maior que esse descaso……….

Paulo Kunt disse:

Parabens ENZO tu é nossa alegria e esperança valeu isso é so o começo vem muito mais apartir de agora abs

1 61 PRADO GARCIA JORGE ESP KTM 25 25 50
2 92 LOPES ENZO BRA KTM 18 22 40

PARABENS AO GAROTO ENZO LOPES….

Twitter: claudiodamata38
Enzo Lopes, Vice campeão Mundial Juvenil 65cc !!!!!!!!!!!!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly