Confirmado locutor do Brasileiro de MX em Anchieta

Por Jorge Soares | 15 de agosto de 2011 - 16:34

A etapa do próximo final de semana marcará a metade do campeonato Pro Tork Brasileiro de Motocross 2011, que terá ao todo sete etapas. A quarta etapa do Brasileiro de MX, será disputada em Anchieta, no Espírito Santo, e será marcada pelo anúncio do Team Brasil para o Motocross das Nações 2011, evento que será realizado nos dias 17 e 18 de setembro na França.

Após três etapas disputadas: Foz do Iguaçu, Carlos Barbosa e Canelinha, apenas dois pilotos estão invictos no campeonato. Das sete categorias em disputa, o catarinense Gustavo Henn está invicto na 85, e o gaúcho Enzo Lopes, na 65. Será que eles manterão a invencibilidade no campeonato ? Esta é a pergunta da Enquete desta semana do site Mundocross, e se você ainda não responde, dê seu palpite sobre a invencibilidade destes dois jovens pilotos no Brasileiro de Motocross 2011.

Serviço do evento
O quê : Quarta etapa do Pro Tork Brasileiro de Motocross 2011
Treinos : Sábado – 20 de agosto
Corridas : Domingo – 21 de agosto
Local : Motódromo de Anchieta
Cidade : Anchieta
Estado : Espírito Santo
Valor do ingresso : Entrada franca
Sonorização : Nandy Sonorizações

Locutor do Brasileiro em Anchieta
E nesta segunda-feira o site Mundocross teve a confirmação de quem será o locutor da etapa em Anchieta. Será o gaúcho Márcio Frozza, que pelo quinto ano seguido é o locutor oficial do campoenato Gaúcho de Motocross. Marcinho já havia narrado a etapa de Canelinha e acertou também para narrar a quarta etapa da temporada.

“Fui convidado para narrar a etapa de Canelinha, e depois da prova recebi um novo convite, desta vez para narrar o Brasileiro de Motocross em Anchieta, e estou indo na sexta-feira para lá. Será um imenso prazer narrar mais uma etapa do Brasileiro de Motocross, e espero que tudo saia da melhor possível, e as pessoas curtam a narração”, comentou Marcinho Frozza.

Confira o teaser para a etapa do Brasileiro de Motocross em Anchieta

Imagem de Amostra do You Tube

Clique aqui e veja o vídeo dos melhores momentos da terceira etapa do Brasileiro de MX

O campeonato Pro Tork Brasileiro de Motocross 2011 tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi. A quarta etapa conta com co-patrocínio da Secretaria de Esportes e Lazer do Governo do Espírito Santo e Prefeitura de Anchieta. A realização é da Federação Capixaba de Motociclismo – FECAM, e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Confira como foram as etapas anteriores do Brasileiro de Motocross 2011

3ª Etapa – 17 de julho – Canelinha / Santa Catarina
2ª Etapa – 8 de maio – Carlos Barbosa / Rio Grande do Sul
1ª Etapa – 3 de abril – Foz do Iguaçu / Paraná

Lista dos campeões Brasileiro de Motocross por categoria desde 1973

Campeões categoria 125
1973 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1974 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1975 – Roberto Boettcher (Yamaha) Goiás
1976 – Pedro Bernardo Raymundo (Suzuki) Rio Grande do Sul
1977 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1978 – Pedro Bernardo Raymundo (Suzuki) Rio Grande do Sul
1979 – Roberto Boettcher (Yamaha) Goiás
1980 – Pedro Bernardo Raymundo (Yamaha) Rio Grande do Sul
1981 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1982 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1983 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1984 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1985 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1986 – Rodney Smith (Cagiva) Califórnia
1987 – Jorge Negretti (Yamaha) São Paulo
1988 – Jorge Negretti (Cagiva) São Paulo
1989 – Rogério Nogueira (Honda) São Paulo
1990 – Jorge Negretti (Kawasaki) São Paulo
1991 – Cássio Roberto Garcia (Honda) Santa Catarina
1992 – Gilberto Narezzi (Honda) São Paulo
1993 – Gilberto Narezzi (Honda) São Paulo
1994 – Cristiano Lopes (Honda) São Paulo
1995 – Milton Becker (Suzuki) Santa Catarina
1996 – Gilberto Narezzi (Honda) São Paulo
1997 – Paulo Stedile (Yamaha) Paraná
1998 – Massoud Nassar (Suzuki) Minas Gerais
1999 – Jorge Balbi Jr. (Yamaha) Minas Gerais
2000 – Roosevelt Assunção (Honda) São Paulo
2001 – Ismael Pereira Maia (Yamaha) Goiás
2002 – Roosevelt Assunção (Honda) São Paulo
2003 – Milton Becker (Honda) Santa Catarina
2004 – Kristofer Florenzano (Yamaha) Paraná

Campeões categoria MX2
2005 – Marcello Lima (Yamaha) São Paulo
2006 – Leandro Silva (Honda) Paraná
2007 – Wellington Garcia (Honda) Goiás
2008 – Rodrigo Selhorst (KTM) Rondônia
2009 – Wellington Garcia (Honda) Goiás
2010 – Scott Simon (Kawasaki) Califórnia

Campeões categoria 250
1973 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1974 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1975 – Roberto Boettcher (Yamaha) Goiás
1976 – Pedro Bernardo Raymundo (Suzuki) Rio Grande do Sul
1977 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1978 – Nivanor Bernardi (Yamaha) Santa Catarina
1979 – Pedro Bernardo Raymundo (Suzuki) Rio Grande do Sul
1980 – Pedro Bernardo Raymundo (Yamaha) Rio Grande do Sul
1981 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1982 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1983 – Álvaro Cândido Filho (Honda) São Paulo
1984 – Álvaro Cândido Filho (Honda) São Paulo
1985 – Pedro Bernardo Raymundo (Honda) Rio Grande do Sul
1986 – Rodney Smith (KTM) Califórnia
1987 – Jorge Negretti (Yamaha) São Paulo
1988 – Eduardo Saçaki (Yamaha) Paraná*
1989 – Eduardo Saçaki (Kawasaki) Paraná
1990 – Jorge Negretti (Kawasaki) São Paulo
1991 – Jorge Negretti (Honda) São Paulo
1992 – Milton Becker (Yamaha) Santa Catarina
1993 – Gilberto Narazzi (Honda) São Paulo
1994 – Rogério Nogueira (Honda) São Paulo
1995 – Cristiano Lopes (Honda) São Paulo
1996 – Rogério Nogueira (Honda) São Paulo
1997 – Cristiano Lopes (Honda) São Paulo
1998 – Jorge Negretti (Honda) São Paulo
1999 – Antony Pocorobba (Suzuki) Califórnia
2000 – Milton Becker (Honda) Santa Catarina
2001 – Milton Becker (Honda) Santa Catarina
2002 – Massoud Nassar (Honda) Minas Gerais
2003 – Jorge Balbi Jr. (Honda) Minas Gerais
2004 – Jorge Balbi Jr. (Honda) Minas Gerais

Campeões categoria MX1
2005 – João Paulino da Silva Jr. (Suzuki) Santa Catarina
2006 – João Paulino da Silva Jr. (Suzuki) Santa Catarina
2007 – Wellington Garcia (Honda) Goiás
2008 – João Paulino da Silva Jr. (Kawasaki) Santa Catarina
2009 – Wellington Garcia (Honda) Goiás
2010 – Scott Simon (Kawasaki) Califórnia

Campeões categoria MX3
1999 – Wellington Valadares (Yamaha) Distrito Federal
2000 – Leonardo Muller (Yamaha) Goiás
2001 – Marco Müller (Yamaha) Rio Grande do Sul
2002 – Cássio Garcia (Honda) Santa Catarina
2003 – Cássio Garcia (Honda) Santa Catarina
2004 – Milton Becker (Honda) Santa Catarina
2005 – Milton Becker (Honda) Santa Catarina
2006 – Milton Becker (Honda) Santa Catarina
2007 – Milton Becker (Kawasaki) Santa Catarina
2008 – Milton Becker (Kawasaki) Santa Catarina
2009 – Cristiano Lopes (Honda) São Paulo
2010 – Davis Guimarães (Kawasaki) Paraná

Campeões categoria 65
2006 – Cezar Zamboni (KTM) Mato Grosso
2007 – Gustavo Roratto (Kawasaki) Rio Grande do Sul
2008 – Kaio Miranda (KTM) São Paulo
2009 – Rodrigo Riffel (LEM) Santa Catarina
2010 – Kioman Navarro (KTM) Goiás

Campeões categoria 85
2006 – Rodrigo Rodrigues (Honda) São Paulo
2007 – Hector Assunção (Honda) São Paulo
2008 – Rodrigo de Andrade Santos (Honda) Sergipe
2009 – Andrews Armstrong (Honda) Paraná
2010 – Anderson Amaral (Honda) São Paulo

Campeões categoria MXJR
2007 – Jean Carlo Ramos (Kawasaki) Paraná
2008 – Thales Vilardi (Honda) São Paulo
2009 – Rodrigo Rodrigues (Honda) São Paulo
2010 – Marçal Müller (Kawasaki) Rio Grande do Sul

Campeões categoria CRF230
2008 – Carlos Eduardo Mendes Franco (Honda) Mato Grosso do Sul
2009 – Marcos Roza Moraes (Honda) São Paulo

Campeão categoria 50
2009 – Enzo Lopes (KTM) Rio Grande do Sul

Campeão categoria 230 Multimarcas
2010 – Carlos Eduardo Mendes Franco (Honda) Mato Grosso do Sul

Campeão categoria 50A
2010 – Lucas Torres da Costa (LEM) São Paulo

Campeão categoria 50B
2010 – Arthur Piva Todeschini (KTM) Santa Catarina

Campeã categoria MX Feminina
2010 – Brunna Bartz (Kawasaki) Paraná

* Ylton Veloso Cavalcanti, o eterno Paraibinha, faleceu quando era o líder do Brasileiro, e foi homenageado com o título de Campeão In Memorian. Por sinal, muitíssimo merecido, pois era uma grande pessoa e um ótimo piloto.

As informações em relação as categorias de base (50, 65 e 85) antes de 2006 estão sendo resgatadas, e quando estiverem completas serão inseridas nesta relação de campeões Brasileiros de Motocross

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Betinho e Bebe #51 disse:

Marcinho narrando a etapa do Brasileiro de motocross em anchieta……..uma otima noticia! vai com tudo que tu sabe fazer o que tem que ser feito….Grande abraco!!!!!!!!!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly