Linea pune Roberto Castro no Arenacross

Por VipComm Comunicação | Foto por Divulgação | 18 de agosto de 2011 - 23:08

A Romagnolli Promoções e Eventos, organizadora oficial do Arenacross, informa que o piloto da categoria Pró, Roberto Castro, foi penalizado em 10 segundos pela direção de prova na primeira bateria da etapa de abertura, realizada no último sábado, 13 de agosto, em Ribeirão Preto, São Paulo. A punição ao piloto da Costa Rica foi dada pela Liga Nacional de Esportes a Motor – Linea, regulamentadora da competição.

Segundo a Linea, houve uma determinação a todos os competidores que quando se dirigissem a sequência de costelas, divididas por um bump, eles não poderiam mudar de traçado. Como Roberto Castro infringiu a ordem, e conscientemente mudou de caminho, teve decretada a penalização.

Com isso, Castro, que havia terminado a bateria em primeiro com o tempo de 16min14s, agora, com o acréscimo de 10s, perdeu a posição para João Paulino ‘Marronzinho’, que chegou em segundo com 16min23s.

Roberto Castro foi punido pela direção de prova do Arenacross

Roberto Castro foi punido pela direção de prova do Arenacross

Na classificação geral, Castro e Marronzinho estão empatados com 37 pontos. Porém, conforme prevê o regulamento no critério de desempate, o competidor da Costa Rica é líder da categoria por vencer a segunda prova da etapa no interior paulista.

Novo resultado da primeira bateria da categoria Pró
1) #11 – João Paulino Marronzinho – 16min23s
2) #191 – Roberto Castro – 16min24s
3) #407 – Adam Chatfield – 16min26s

Resultado da segunda bateria da categoria Pró
1) #191 – Roberto Castro – 15min59s
2) #11 – João Paulino Marronzinho – 16min10s
3) #18 – Jean Ramos – 16min13s

Nova classificação da categoria Pró após primeira etapa
1) #191 – Roberto Castro – 37 pontos
2) #11 – João Paulino Marronzinho – 37 pontos
3) #18 – Jean Ramos – 28 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Tiago Wolff disse:

estranho demorar tanto neh, afinal, qse 15 dias depois q foram perceber q ele mudou o traçado?

acho que em 2008 hector assunção caiu e voltou ate o inicio do salto, passou e ficou com a volta computada, e “ninguem” viu…

Henrique J. Gualhardo disse:

nem vale a pena comentar..mas vamos la cade o marlon da abmx pra verificar a pista cade os medicos o hector quebou a perna eo pe veio com aperna quebrada por mais de 300km ..uma vergonha.sem contar o anderson cidade q tb se contondiu e fora outros… a premiacao…quanto os caras recebem da prefeitura de verba quanto o promotor ja faturou com os patrocinadores…todos os dias comenrtamos aqui, mas os organizadores( tirando o pai do lama se manisfestou) entao enquanto tiver pilotos se sujeitando a correr estes riscos a troco de nada vai ficando assim desse jeito ridiculo por fim acorda gente..o dinheiro ja entrou no caixa dos organizadores pra eles tanto faz se vc treina ou gastou alguma coisa acorda gente

marcos disse:

Este comentário não foi incluído pelo fato do email informado não ser um email válido. Foi enviado um email para confirmação do autor do comentário e o email voltou como email inválido. Evite ter seus comentários excluídos informando corretamente seu nome completo e seu email.

Newton Júnior disse:

E o Balbi? Sera que vao deixar ele andar no ARENA “HONDA” CROSS?

Marcos Jr disse:

CERTINHO A PUNIÇÃO.MANDA QUEM PODE OBEDEÇE QUEM TEM JUIZO.

Henrique 'Eventos Energy' disse:

Lamentavel..

Murilo 'Gyn' P. Vieira disse:

Essa é triste msm….se o balbi correr la eles vao desclassificar ele falando que tava correndo d+, direçao perigosa.

Volney Lima disse:

Fala o que “padrão honda” de organização em prol da marca!!!!! E ainda acham que eles é que são os “mocinhos”!!!

Alberto Fernandes disse:

se não fosse um piloto satélite Honda teriam desclassificado o Roberto Castro… porque não agiram da mesma forma com o Davis Guimarães??? haaa desculpa não ter entendido.. é que o Davis não é Honda nem Satélite…

Alberto Fernandes disse:

hahahahahaa… Vou morrer e não ver tudo… não que não esteja corretissima a punição pro Roberto Castro é assim que se pune mesmo… mas analizem comigo,,, Roberto Castro piloto Satélite Honda, punido em tempo como em todo mundo é feita a punição….. correto…… e porque então não agiram da mesma forma em punir em tempo o piloto Pro Tork Davis Guimarães, ao inves de ter desclassificado???? ou seja, pesos parecidos, medidas tomadas diferentes…. me desculpem mas pra mim agora ficou mais claro querer …criar…. arrumar…. um titulo para um piloto satélite Honda como foi o caso da MX-3…. Nada contra o Cristiano Lopes..mas me desculpe novamente, mas um titulo assim é melhor nem ter no corriculo, não que seja sua culpa imagino…mas a LINEA,,, francamente…. palhaçada…

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly