A Saga de Enzo Lopes – Recapitulando tudo

Por Jorge Soares | Fotos por Delaine Lopes | 20 de agosto de 2011 - 14:23

O jovem talento brasileiro Enzo Lopes fez um relato do que ele viveu entre os dias 18 de julho e 15 de agosto, quando fez um Tour de Motocross, indo competir nos Estados Unidos e depois na Europa. Na terra do Tio Sam, Enzo competiu em Ponca City, onde foi vice-campeão na categoria 65, e em Loretta Lynn’s, onde também conquistou o vice na categoria 65 Stock.

Na Europa, o piloto gaúcho foi correr no Mundial de Motocross Júnior FIM, evento realizado na Itália, de onde trouxe um grande resultado para o Brasil, o vice-campeonato Mundial na categoria 65, competindo entre 60 dos melhores pilotos de Motocross Júnior do mundo na categoria 65. Enzo chegou ao Brasil na terça-feira, 16 de agosto, justamente no dia do seu aniversário de 12 anos.

Na chegada ao Brasil, além de trazer na mala grandes resultados, Enzo trouxe a certeza de que o trabalho que vem sendo desenvolvido pela sua família e seus apoiadores em relação a sua carreira de piloto de Motocross, vem dando certo. E também trouxe a certeza de que para atingir o topo no Motocross americano e Mundial, é questão de alguns detalhes, e que se bem trabalhados poderão colocar seu nome, o nome dos patrocinadores e o nome do Brasil na história do Motocross mundial.

Confira agora o relato de Enzo Lopes sobre seus vinte dois dias de viagens pelos Estados Unidos e sete dias pela Itália em busca de grandes conquistas. Parabéns Enzo !! Os fãs do Motocross estão contigo !!!

“Olá pessoal !! Já estou no Brasil, e estou em Anchieta disputando a quarta etapa do campeonato Pro Tork Brasileiro de Motocross. Segue aqui um resumo de tudo que aconteceu nos últimos 15 dias:

Em Loretta corri três baterias na categoria 65cc. Na primeira já senti alguma coisa travando minha roda traseira, quando já estava prá pegar o primeiro lugar, mas não deu… terminei em 2o. Meu mecânico passou a noite toda trabalhando na moto, mas mesmo assim no dia da segunda bateria quase não consegui largar !! Durante a volta de apresentação minha moto simplesmente travou e eu tive que voltar correndo no carrinho dos bandeirinhas para o gate de largada. Já cheguei falando pro meu mecânico Fernando Flores: “solta o freio, solta o freio !!” Ele entendeu que eu estava com a roda traseira presa e soltou o freio. Larguei super mal. Caí na segunda curva, fiquei ainda mais para trás, mas corri tanto que fiz os dois melhores tempos da prova, e terminei em 7º lugar.

Enzo Lopes conquistou o segundo lugar no Loretta Lynn's 2011

Enzo Lopes conquistou o segundo lugar no Loretta Lynn's 2011

Depois de muitos ajustes, a KTM trocou minha embreagem, freios e minha terceira bateria foi um show !! Larguei bem e terminei a prova em 1º lugar. Apesar da torcida para que o Gabriel Jairalla chegasse em 6º lugar para eu ficar com a melhor pontuação e ganhasse o campeonato, ele largou bem e se manteve na segunda posição até o final da corrida. De qualquer foma, comemorei muito o título de Vice-Campeão do Loretta Lynn´s 2011 !!

Ahhh… o pai do terceiro colocado na geral contestou minha moto. Achou que eu estava muito rápido, e solicitou ao diretor de prova que abrissem minha moto e fizesse as medições do motor, etc. Estava tudo regular, e eu ganhei a prova correndo com minha moto original mesmo.

Mecânicos verificando se a moto estava dentro do regulamento

Mecânicos verificando se a moto estava dentro do regulamento

Saímos do Rancho da Loretta, no Tennesses, no próprio sábado à tardinha, depois da cerimônia de premiação, e rodamos mais de 1.500 kms para chegarmos a Miami. Chegamos em Miami no final do domingo, e logo na segunda-feira, 8 de agosto, embarcamos para a Itália.

Chegamos em Roma e o motorhome que havíamos alugado não estava funcionando direito, e não podemos seguir viagem até Cingoli. Não havia nenhuma van, motorhome, furgão, nada para alugar na Itália, já que é um período de férias em que tudo está fechado, todos os carros estão alugados… Ficamos mais de cinco horas  no aeroporto de Roma, até que fomos para um hotel e na manhã seguinte conseguimos alugar um pequeno furgão para irmos até Cingoli, a 300 kms de distância.

Tivemos que ficar num hotel, ainda bem que era perto… A pista ficava no alto das montanhas, muito lindo o lugar. Fui correndo olhar a pista, linda, cheia de subidas e descidas !! Chão duro, parecia a pista de Motocross dos Flintstones em Bedrock… rsrsrs…

Na sexta-feira foi dia de treinos. Eram 60 pilotos na minha categoria. Terminei a classificatória em 3º lugar no meu grupo, e fiquei em 11º na geral.  No domingo corri duas baterias de 12 minutos mais duas voltas.
Apresentação dos pilotos por países

Apresentação dos pilotos por países

Na primeira bateria larguei mal, no pelotão final, mas acabei a prova em 4º lugar. Tive 12 minutos para ultrapassar mais de 20 adversários, e cheguei na frente dos pilotos americanos e estava apenas cinco segundos atrás do 1º colocado.
Na segunda bateria larguei mal novamente, mas na primeira volta estava em 12º. Corri  muito !! Fiz a melhor volta da prova e terminei em 2º lugar.  Se a prova não fosse tão curta eu ganharia a prova !!
Pódio da categoria 65 com Enzo no segundo lugar mais alto

Pódio da categoria 65 com Enzo no segundo lugar mais alto

Foi assim que consegui o vice-campeonato Mundial de Motocross Junior 2011 na categoria 65 na Itália. Apesar de toda a falta de infra-estrutura, pudemos contar com a Equipe da KTM, que nos ajudou com ferramentas, óleo, gasolina, lavagem da moto… mas fora isso, nosso box era o furgão, três cadeiras de plástico que o meu pai comprou e um toco de madeira onde ficava a minha moto.  Ahhh… e um papelão que cobria minha moto !!!”

Box dos pilotos da Austrália

Box dos pilotos da Austrália

Prika Becker e Fernando Flores revisando a moto de Enzo em Cingoli

Prika Becker e Fernando Flores revisando a moto de Enzo em Cingoli

Compartilhe este conteúdo

Comentários

deisiane disse:

Twitter: weret45
sou sua fan ta te amo gato

Ratinho #21 Maratá disse:

Enzo parabenz pela conquista ,com essa estrutura de box voce provou que nao e nessesario ter tudo de bom e de melhor para se obter bom resultado basta ter fe em Deus e acreditar em si mesmo um abraço do amigo que torçe por voce Ratinho #21 marata rs ;

Fabrício Magalhães disse:

Olha a foto que eu achei,kkkkkk,esse moleque e tudo de bom,olha o estilo do Enzo http://inema.com.br/Albuns/0061719/20060104022436.enzoleo_rev.htm

Fabrício Magalhães disse:

Nao gosto muito de ficar puxando conversa e fazendo pergunta a pilotos nos boxes para nao incomodar e atrapalhar a concentraçao,gosto mais de observar e vi ontem em Anchieta que esse menino e tudo o que o nosso pais estava precizando para mudar de vez a historia de nossos pilotos la fora,o Enzo e frio e faz tudo com uma perfeiçao impressionante sei que o caminho e duro mas ele tem tudo para ser uma estrela e se a cbm nao tivesse feito aquela cagada ontem ele com certeza teria vencido sua primeira prova nas 85 cc em campeonato nacional,deram a bandeira vermelha antes do tempo previsto e na volta em que ele estava em 1o lugar e tinha feito o melhor tempo de volta,foi uma lambança da cbm pois nao havia motivos daquela bandeira vermelha antes da hora aquilo foi ridiculo assim como a poeira do sabado,parabens Enzo e so de ver os trofeus do mundial e do loretta de perto ja pagou minha viagem de 500 km,valeu

Mauro B. Alves disse:

Parabéns garoto, seus pais, equipe e patrocinadores, continuem esse ótimo trabalho e represente os brasileiros apaixonados pelo motocross mundo a fora. valeu…

Marcelo Hübner disse:

Pensa num moleque gente boa. Acelera muito. Conheci ele hj em Anchieta
Show de pessoa

Eliseu Júnior disse:

To emocionado parceiro!!!!! Vc ta de parabéns!!!!!!!!!!!!!!

Olvanio Fischer disse:

Twitter: FISCHER
PARABENS CAMPEÃO !!!!

Esta Saga do Enzo dá um filme…

Tiago Souza disse:

Pra quem ama Motocross , acho que a imagem do seu box , não tem como não ficar emocionado….Pura Raça BRASILEIRA !!! é disso que to falando…GO GO GO ENZO !!!

Murilo 'Gyn' P. Vieira disse:

Parabéns Enzo! Que todas essas conquistas seja só o começo de uma carreira brilhante no motocross, e quem sabe no supercross tambem né?xD
Espero ver você correndo no AMA motocross e “batendo guidon” com o Justin Barcia, Ryan villopoto e outros grandes nomes.
Força e felicidade!

Juarez (Boston) Silva Jr. disse:

Esse gauchinho é orgulho nacional,,,

Felipe Machado Lontra disse:

Parabéns Enzo!
Que exemplo de determinaçao muleque!
show de bola
o Brasil agradece

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly