Balbi encara o Mundial antes do MX das Nações

Por Assessoria Imprensa Pro Tork | Foto por Divulgação | 06 de setembro de 2011 - 15:51

Jorge Balbi Jr. está prestes a encarar a 65ª edição do Motocross das Nações, que será realizada nos dias 17 e 18 de setembro, em Saint Jean d’Angely, na França, e o capitão da seleção brasileira tem a expectativa de superar o resultado alcançado em 2010. Para isso ele investe na preparação, que inclui a disputa da última etapa do Mundial de Motocross MX1 / MX2 2011, evento que será disputado no próximo final de semana, 10 e 11, em Fermo, na Itália.

Enquanto a delegação estiver viajando para a Europa, Balbi alinhará no gate da classe MX1 em uma Kawasaki com o numeral 903 ao lado de grandes nomes do esporte, muitos dos quais também serão seus adversários no Motocross das Nações. Além de estudar os oponentes, o piloto mineiro também irá aproveitar para ganhar ritmo em uma pista de altíssimo nível técnico, semelhante a que lhe aguarda na Copa do Mundo de Motocross.

“Por mais forte que seja meu treinamento no Brasil, sabemos o quanto é difícil acompanhar os gringos em traçados completamente diferentes do que temos aqui. A participação na final do Mundial será uma ótima oportunidade para ganhar ritmo, mas é claro que irei me resguardar para o desafio maior, que é o Motocross das Nações. Estou bastante confiante”, afirmou Balbi.

Jorge Balbi Jr. vai disputar o GP da Itália de Motocross

Jorge Balbi Jr. vai disputar o GP da Itália de Motocross

Balbi se encontrará com a delegação na segunda-feira, 12 de setembro, para compartilhar a experiência com os demais pilotos e entrar no período de concentração. Esta será sua quinta participação no Motocross das Nações. Em 2010, o atleta patrocinado pela Pro Tork conquistou o melhor resultado de um brasileiro na competição, um oitavo lugar geral na categoria Open.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly