Mundo Afora by Renato Dalzochio Jr. #26

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 06 de outubro de 2011 - 13:30

“Silly” Season esquenta bastidores nos EUA

Com o fim do AMA Motocross, o Motocross norte-americano vive agora a
expectativa do Monster Energy Cup, que acontece no próximo dia 15 de outubro,
no Sam Boyd Stadium, em Las Vegas. Não apenas por ser a estreia de um evento
que promete agradar aos público e aos pilotos, mas também por ser a primeira
corrida onde o troca-troca de pilotos nas equipes pode ser verificado. Enfim, é
a oportunidade de ver quais especulações eram verdade e quais eram mentira na
famosa “Silly” Season.

 

Começando com a notícia que mais mexeu com os bastidores. Em 2010 Ryan
Dungey teve uma temporada perfeita pela equipe oficial de fábrica da Suzuki,
sagrando-se campeão do AMA Supercross e Motocross na principal categoria dos
dois campeonatos. Mas este ano, com ida de seu até então chefe de equipe Roger
De Coster para o time oficial KTM, Dungey teve uma temporada para ser
completamente esquecida.

 

Ryan Dungey

No Supercross uma corrente quebrada em uma das etapas reduziu suas
chances de chegar mais forte na briga pelo título. Já no Motocross, faltou
gasolina durante uma corrida quando ele liderava, e em outra o motor quebrou
antes mesmo do piloto alinhar no gate. Com o final do campeonato e o desgaste
da relação entre piloto e equipe, ganhou força os boatos de que ele estaria
indo pra KTM, ainda mais com a presença de De Coster no time laranja.

 

E no primeiro dia do mês de outubro os boatos se confirmaram e ficou
constatado que a KTM só estava esperando terminar o contrato dele com a Suzuki
para anunciá-lo. Dungey assinou contrato de dois anos e terá a disposição a tradicional
motocicleta de 350cc e uma renovada 450cc, com novo quadro e injeção eletrônica
na versão 2012. A marca austríaca inclusive já dispensou Mike Alessi, que logo
após postou vídeos na internet pilotando uma Suzuki.

 

Na categoria 250cc, o time laranja já havia anunciado o alemão Ken
Roczen e o francês Marvin Musquin. Falando em Suzuki, a marca japonesa das
motos amarelinhas fechou a equipe oficial de fábrica no Motocross e no
Supercross norte-americano. O australiano Brett Metcalfe, que tem mais um ano
de contrato para cumprir, provavelmente será abrigado pela Yoshimura, que
deverá assumir as operações da marca, com caminhões, oficinas e demais equipamentos.

Brett Metcalfe

 

Aproximadamente 30 pessoas foram demitidas do departamento de
competições, mas uma boa parte deverá ser remanejada na estrutura da Yoshimura,
já que há alguns anos a marca opera a equipe de Motovelocidade nos EUA.

 

A equipe oficial Red Bull/Honda Racing anunciou Trey Canard e Justin
Brayton para a temporada 2012. Brayton estava na equipe Joe Gibbs Racing/Muscle
Milk/Toyota/Yamaha. A equipe semi-oficial Geico PowerSports/Honda ainda não
confirmou seus pilotos, mas provavelmente serão Kevin Windham e Justin Barcia.

Justin Brayton

São fortes as chances de vermos Barcia correndo de 450cc na principal
categoria do AMA Supercross e Motocross. Já o veterano Windham deve correr
apenas no Supercross. A equipe oficial Monster Energy/Kawasaki por enquanto não
apresenta novidades. A principal estrela, Ryan Villopoto, deve ser mantida, já
que teve uma temporada praticamente perfeita em 2011, vencendo o AMA Supercross
e Motocross e ajudando os EUA na busca pelo título do Motocross das Nações.

 

Correm boatos de que James Stewart estaria assinando com à Joe Gibbs
Racing, faltando apenas escolher com qual moto irá competir. A equipe está em
dúvida se continua de Yamaha ou se muda para Suzuki. O problema é que Stewart
não quer continuar de Yamaha. Outra possibilidade especulada é de que ele
poderia montar sua própria equipe com motos Suzuki e estrutura bancada pelo seu
principal patrocinador, a Red Bull.

 

James Stewart

Após o sucesso de 2011, o australiano Chad Reed deve continuar com sua
equipe particular Two Two Motorsports. O boato é que Reed estaria à procura de
um segundo piloto. Falta também definir com qual moto irá correr embora a Honda
continue tendo a preferência do piloto.

 

Jeremy Mcgrath voltou a se reunir com seu antigo sócio na equipe
L&M/Yamaha, Larry Brooks. Estão procurando pilotos e motocicletas. O boato
é que a Suzuki seria a moto escolhida, e Andrew Short o piloto, mas por
enquanto nada foi confirmado.

 

A equipe JDR Motorsports/J-Star/KTM assinou com o norte-americano PJ
Larsen, com o australiano Matt Moss, e com Malcom Stewart, irmão de James
Stewart, para a temporada 2012 do AMA Supercross na categoria Lites e do AMA
Motocross na categoria 250cc.

 

Larsen foi campeão australiano de Motocross e Supercross em 2010, ambos
na categoria Lites, mas em 2011, na sua estreia no AMA Supercross e Motocross,
foi atormentado por lesões. No Supercross machucou o pulso e no Motocross o
pescoço.

 

PJ Larsen

Já Moss fará sua estreia nos EUA depois de uma temporada de sucesso na
Austrália em 2011. Foi campeão nacional de Motocross na categoria Lites, e ao
lado de Chad Reed e Brett Metcalfe, levou a Austrália a conquistar seu primeiro
pódio na história do Motocross das Nações.

 

Matt Moss

Malcom Stewart disputou a temporada deste ano pela equipe privada Suzuki
City. Entretanto, sua estrela ainda não brilhou como a de seu irmão mais velho.

 

AMA anuncia numeração dos pilotos
para o Supercross e o Motocross em 2012

A AMA anunciou esta semana a nova numeração dos pilotos para a temporada
2012 do AMA Motocross e Supercross, de acordo com o ranking atualizado, baseado
nos resultados que os pilotos obtiveram em 2011.

 

O regulamento obriga os atuais campeões de cada categoria a competirem
com o número 1 e o number plate com fundo vermelho. Desta forma, Ryan Villopoto
será o número na categoria Supercross do AMA Supercross e na categoria 450cc do
AMA Motocross.

 

Na categoria Supercross Lites costa Oeste, Brock Tickle será o número 1,
e na Leste Justin Barcia. Na categoria 250cc do AMA Motocross, o número será do
escocês Dean Wilson. Entre os demais pilotos, alguns já estão com seu número de
carreira reservado, enquanto outros (os mais jovens na disputa) tiveram seu
número atualizado, conforme desempenho obtido neste ano. Confira abaixo o
ranking completo. Um asterisco indica número de carreira reservado, e dois
indicam número atualizado conforme desempenho no ranking.

 

1 (SX/450MX): Ryan Villopoto

1 (250 MX): Dean Wilson

1 (SX Lites West): Broc Tickle

1 (SX Lites East): Justin Barcia

2*: Ryan Villopoto

3*: Mike Brown

5*: Ryan Dungey

7*: James Stewart

9*: Ivan Tedesco

10*: Justin Brayton

11*: Kyle Chisholm

12**: Blake Baggett

14*: Kevin Windham

15*: Dean Wilson

16*: John Dowd

17: Eli Tomac

18*: David Millsaps

19: Kyle Cunningham

20: Justin Barcia

21: Jake Weimer

22*: Chad Reed

23: Gareth Swanepoel

24*: Brett Mecalfe

25: Broc Tickle

26*: Michael Byrne

27*: Nicholas Wey

28*: Tyla Rattray

29*: Andrew Short

30: Alex Martin

31: Martin Davalos

32: Tommy Hahn

33*: Joshua Grant

34: Cole Seely

35: Darryn Durham

36: Kyle Regal

37: Malcom Stewart

38: Marvin Musquin

39: Tye Simmonds

40: Gannon Audette

41*: Trey Canard

42: Ricky Dietrich

43: Christian Craig

44: Jason Anderson

45: Nick Paluzzi

46: Les Smith

47: Chris Blose

48: Jimmy Albertson

49: Justin Bogle

50: Nico Izzi

51: Travis Baker

52: Ben Lamay

53: Ryan Sipes

54: Weston Peick

55: Lance Vincent

56: Austin Stroupe

57: Jake Canada

58: Will Hahn

59: Vince Friese

60: Matthew Lemoine

61: Austin Howell

62: Travis Sewell

63: Colton Facciotti

64: Matt Boni

65: Ryan Morais

66: Jason Thomas

67: Scott Champion

68: Shane Sewell

69: Jimmy DeCotis

70: Ken Roczen

71: Kevin Rookstool

72: Jarred Jet Browne

73: Joshua Clark

74: Tyler Bowers

75*: Josh Hill

76: Calle Aspergren

77: Lowell Spangler

78: Tommy Weeck

79: Tyler Medaglia

80: Kyle Keylon

81: Robert Kiniry

82: Justin Sipes

83: Kyle Partridge

84: Killian Rusk

85: Robert Marshall

86: Taylor Futrell

87: Matt Goerke

88: Ben Evans

89: Tyler Bright

90: Bryce Vallee

91: Dalton Carlson

92: Hunter Clements

93: AJ Catanzaro

94: Cole Siebler

95: Chris Plouffe

96: Kyle Peters

97: Jeremy Medaglia

98: Tye Hames

99: Sean Hackley Jr

377*: Christophe Pourcel

800*: Mike Alessi

 

FIM
anuncia Mundial de Motocross na Tailândia a partir de 2013

Em uma conferência realizada no último
Motocross das Nações, o presidente da Federação Internacional de Motociclismo,
Giuseppe Luongo, e o Presidente da Federação de Esportes Motorizados da
Tailândia, Thongchai Wongsawan, que é apoiado por Jan Postema,
anunciou que a Tailândia irá receber um GP do Mundial de Motocross nas
categorias MX1 e MX2 a partir de 2013.

 

O contrato vai até
a temporada 2015 do campeonato e será sempre a etapa de abertura da competição,
com o objetivo de facilitar a viagem de pilotos e equipes e permitir que os
mesmos possam conhecer o país por alguns dias.

 

Feld divulga foto-desenhos da pista do
Monster Energy Cup

Como todos já devem
saber, no próximo dia 15 de Outubro, acontece no Sam Boyd Stadium, em Las
Vegas, o Monster Energy Cup, evento que contará com os principais pilotos da
atualidade e pagará 1 milhão de dólares ao vencedor.

O desenho do
traçado da pista estava a cargo do Rei do Supercross Jeremy Mcgrath, e do The
Greatest Off All Time, Ricky Carmichael. Esta semana, depois de muito trabalho,
as imagens da pista do evento finalmente foram divulgadas, como vocês podem
conferir abaixo.

A pista já está
sendo considerada a mais longa do mundo já construída dentro de um estádio, com
1.400 metros mesclando Supercross e Motocross, sendo que um trecho passará por
cima de parte de uma das arquibancadas do Sam Boyd Stadium. Assista abaixo ao
vídeo de uma volta animada em 3D no circuito.

Imagem de Amostra do You Tube

 

Chad Reed abdica participação no
Monster Energy Cup

De férias na
Austrália, sua terra natal, Chad Reed anunciou esta semana que não irá
participar do Monster Energy Cup no próximo dia 15 de Outubro.

 

Após o sucesso da
sua própria equipe, a Two Two Motorsports, neste ano, logo na temporada de
estreia, onde ele se sagrou vice-campeão do AMA Supercross e finalizou o AMA
Motocross na terceira posição, Reed explicou que não se arrepende de nada do
que fez, entretanto, suas  novas
atribuições como piloto e chefe de equipe ao mesmo tempo não permitiram que ele
pudesse passar o tempo que gostaria com sua família, ao lado de sua esposa
Ellie e seu filho Tate.

 

Além disso o
Australiano afirmou que, por estar de férias e a muito tempo sem treinar, seria
uma injustiça com seus fãs e patrocinadores participar do evento sem estar nas
condições adequadas. Entretanto, ele não nega que tomar tal decisão foi muito
difícil já que, segundo o próprio Reed, o Monster Energy Cup tem tudo para ser
um evento fantástico.

 

Feld anuncia mais dois pilotos no
Monster Energy Cup

Esta semana a Feld
Motorsports anunciou mais dois pilotos para a disputa do Monster Energy Cup.
Trata-se de Brock Tickle, campeão do AMA Supercross Lites 2011 costa Oeste, e
do neozelandês Ben Townley, multi-campeão mundial de Motocross. Ambos pilotarão
motos Kawasaki na briga pelo prêmio de 1 milhão de dólares.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Hübner disse:

Deu promoção no Groupon pra Vegas essa semana

Hübner disse:

Falei sim Renato.
Mas e ae, bóra pra Vegas?

Renato Dalzochio Jr disse:

kkkkkkkkkkkkkkk Hubner se vc for ver todas as notícias tiveram linhas especiais hehehehe!! O que vale é informar os leitores, mas eu levo na boa pq sei q vc falou brincando pra me zuar hehehe!! =)

Abraço!

Renato Dalzochio Jr disse:

Valeu pelos elogios pessoal!

Abraço a todos!

Hubner disse:

Meu Deus, que loucura!!! Quanta novidade cara? Mas é claro, a noticia do Reed teve umas linhas especiais ne Renatinho?
Abraço

GUALTER#21 disse:

o dungey vai correr o monster cup de ktm? o BUBBA se optar por suzuki vai correr o monster cup na amarelinha?

Paulo Eduardo de Araujo disse:

Twitter: pauloaraujoo
Bela matéria!

ANDERSON SEBEN disse:

CHAD REED ARREGO!!!!!!

Washington Igor -SE disse:

Alguém, arrisca um palpite?Vou torcer pro Bubba.

Renato Dalzochio Jr disse:

Valeu Adam!

Abraço!

Leonardo #751 disse:

Que pena Chad Reed não vai participar do espetáculo !!! Será um grande show de pilotagem ,ultrapassagens , iiiirrrruuuu o bicho vai pegar !!!!

Paulinho disse:

É uma pena mesmo… hehe… mas vai ta muito showww

Adam Santos disse:

Bela matéria,tava ancioso pra saber como estava os preparativos.
Obrigado!!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly