Resultados da 1ª noite do Arenacross

Por Asessoria ArenaCross | Foto por Divulgação | 08 de outubro de 2011 - 11:15

Os pilotos Jean Ramos (Pró), Humberto Martin (MX2) e Kaio Miranda (Júnior)
deram show na pista montada no Sambódromo do Anhembi e conquistaram grandes
vitórias no primeiro dia de competições da quarta etapa do Arena Cross, uma das
atrações do Salão Duas Rodas, em São Paulo. As baterias contaram com diversas
ultrapassagens, quedas e comemorações no lugar mais alto do pódio.

Jean Ramos

Neste sábado (8), os competidores da 50cc e 65cc se juntam aos da Júnior, MX2
e Pró para os duelos na pista. As provas terão transmissão ao vivo do site
SpeedTV (www.speedtv.com.br) e do Facebook oficial do canal. O SporTV também
fará a cobertura ao vivo, a partir das 21h.

PRÓ
Muitos erros e várias ultrapassagens marcaram a primeira bateria.
Roberto Castro iniciou a prova com uma ótima largada. Porém, quando liderava, se
enroscou na entrada de uma mesa. Com isso, Jean Ramos e Adam Chatfield o
ultrapassaram. O paranaense assumiu o primeiro lugar, mas era pressionado pelo
inglês. Os dois travaram por algumas voltas um belo duelo e chegaram a ficar
lado a lado.

Na metade da prova, Jean cruzou a linha de chegada e na descida de um salto
caiu. Logo atrás, Adam ultrapassou o concorrente. Quando tudo dava conta que o
inglês venceria a bateria, mais uma queda. Ao efetuar uma curva, Adam caiu. Jean
acelerou forte e deu o troco no rival. Concentrado, o paranaense caminhou livre
para vitória. “Tenho tido um duelo bem interessante com o Adam. Está virando um
clássico. Cometi um erro, mas ainda venci”, coloca.

Adam foi segundo, seguido de Rafael Zenni, em terceiro. Wellington Garcia,
que voltou a competir após cinco meses, foi o sexto colocado e somou seus
primeiros pontos no campeonato.

MX2
Ausente da última etapa do Arena Cross, em virtude da disputa do
Motocross das Nações, na França, o venezuelano Humberto Martin veio para São
Paulo com o intuito de vencer a qualquer custo, já que não queria perder de
vista os primeiros colocados na classificação geral. Humberto liderou de ponta a
ponta e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro. O piloto da Grã-Bretanha,
que fez sua estreia na competição, terminou em terceiro lugar, após uma queda,
que custou a perda da segunda posição para Rafael Faria. “Achei o traçado muito
bom. A sequência de costelas estava bem complicada. Estou feliz com o resultado,
pois consegui subir na classificação”, destaca Humberto.

JÚNIOR
A primeira bateria da quarta etapa contou com o holeshot de Enzo
Lopes. Porém, ainda primeira volta, o gaúcho perdeu a posição para Kaio Miranda,
que assumiu a liderança, e para Gustavo Pessoa, segundo colocado. A partir de
então, Kaio não se desgarrou do posto e, apesar de sofrer pressão de Gustavo,
conquistou a vitória.”Fiz uma bela apresentação, sem erros. São pontos
importantes para manter a liderança. Espero repetir amanhã este desempenho e
sair com a vitória”, completa Kaio.

RESULTADOS

1ª BATERIA PRÓ
1ª BATERIA MX2
1ª BATERIA JÚNIOR

PROGRAMAÇÃO OFICIAL 4ª ETAPA ARENA CROSS

SÁBADO (8/10)

TREINOS LIVRES
50cc – 16h às 16h15
65cc – 16h20 às 16h35
Honda CRF
50F – 16h40 às 16h55

TREINOS CLASSIFICATÓRIOS
50cc – 17h20 às 17h30
65cc – 17h35 às
17h45

WARM UP
JÚNIOR – 18h25 às 18h30
MX2 – 18h35 às 18h40
PRÓ – 18h45h às
18h50

PROVA HONDA CRF 50F – 19h

ABERTURA DO EVENTO – 19h45

PROVAS
50cc – 20h (10 minutos + 1 volta)
65cc – 20h30 (10 minutos + 1
volta)
INÍCIO TRANSMISSÃO SPORTV 21h
JÚNIOR – 21h05 (10 minutos + 1
volta)
MX2 – 21h30 (15 minutos + 1 volta)
PRÓ – 2ª Prova 22h (15 minutos +
1 volta)
FIM DE TRANSMISSÃO SPORTV 22h30

*a programação pode ser alterada pela organização

Confira todas as informações do Arena Cross 2011 no site oficial, Twitter e
Facebook:
www.arenacross.com.br
@arenacrossbr
arenacrossbr

O Arena Cross tem patrocínio da Honda, Mobil e Santander Financiamentos.
Co-patrocínio Pirelli, Red Nose e Consórcio Nacional Honda. Apoio Salão Duas
Rodas, Reed Exhibitions, Alcântara Machado, revista da Moto! e rádio 89
FM.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly