Chumbinho conquista duas vitórias no Catarinense de Motocross

Por Pro Tork | Foto por Maurício Arruda | 20 de outubro de 2011 - 23:55
Milton “Chumbinho” Becker disputou no último fim de semana, dias 15 e 16, a terceira etapa do Campeonato Catarinense de Motocross, realizada na cidade de Capinzal. O piloto Pro Tork foi o grande destaque do evento, vencendo as categorias MX3 e MX4 e ainda terminando em segundo lugar na MX1.

“Fiz provas tranqüilas na MX3 e MX4, larguei em primeiro e mantive a posição até cruzar o arco de chegada. Já na MX1, larguei atrás e fui atacando até encostar no líder, Pipo Castro. Por pouco não consegui a ultrapassagem, infelizmente fui atrapalhado por um retardatário”, explica.

Chumbinho

Chumbinho soma duas vitórias na MX3 e também na MX4 e se mostra satisfeito com o desempenho na competição, mas lamenta não ter participado da primeira etapa por estar em um compromisso como consultor técnico da seleção brasileira na disputa do Motocross das Nações.

“Perdi pontos importantes na briga pelo título, mas tive que optar e naquele momento o primeiro encontro da seleção era mais importante. Apesar disto, ainda tenho chances. O Catarinense está na metade, temos mais três etapas e muita coisa pode acontecer”, comenta.

A próxima rodada será neste fim de semana, dias 22 e 23, em Canelinha. O evento, que integra o Desafio Latinoamericano de Motocross, irá reunir grandes nomes do esporte e promete belos pegas em um dos circuitos mais tradicionais do país. Mais informações em www.fcm.org.br.

Confira os resultados da terceira etapa:

Categoria MX1

1) Cristopher Castro – 28:00.949

2) Milton Becker – 0.601 (Piloto Pro Tork)
3) Joaquin Poli – 47.791
4) Victor Feltz – 1:57.811
5) Erivelto Nicoladelli – 1 Volta

Categoria MX3

1) Milton Becker – 18:50.105 (Piloto Pro Tork)

2) Erivelto Nicoladelli – 6.448
3) Walter Sergio Tardin – 9.287
4) Richard Berois – 10.461
5) Eliseu Glanert – 1:01.425

Categoria MX4

1) Milton Becker – 15:25.878 (Piloto Pro Tork)

2) Eliseu Glanert – 1:13.845
3) Anisio Clasen – 1:14.454
4) Rogerio Schmitt – 1 Volta
5) Adenir da Veiga – 1 Volta

A Pro Tork Racing conta com o apoio de Dash Industries.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

carlos e. duda giovanucci disse:

sei não… mas o catarinense num tá legal… milton becker em 2° na mx1?

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly