Guilherme Cascaes conquista o título do Brasileiro de Regularidade

Por Adriano Winckler | Foto por Gerson Coas | 25 de outubro de 2011 - 10:52

Após dois anos “batendo na trave”, o catarinense Guilherme Cascaes conquistou
neste domingo o título de campeão brasileiro de enduro de regularidade na
categoria Master, a principal da modalidade. O piloto da cidade de Tubarão/SC
terminou em segundo na última etapa do campeonato, disputada em Campo Largo, no
Paraná, mas após os descartes dos piores resultados, ficou dois pontos à frente
do capixaba Sandro Hoffmann na classificação geral. Vencedor da etapa pelos
critérios de desempate, Hoffmann somou 270 pontos ao longo do ano, contra 272 de
Cascaes. O mineiro Dario Julio terminou em terceiro com 234.

– Estou muito feliz pelo título. Não posso dizer que eu já esperava o
resultado, mas vinha brigando por ele há algum tempo. Este foi meu terceiro ano
disputando o Brasileiro. Ao contrário de pilotos como Sandro e Darinho, que
disputaram categorias “de entrada” antes de chegar à Master, eu entrei direto na
categoria principal – declarou Cascaes, logo após a divulgação do resultado.

Guilherme Cascaes

Em 2009 Cascaes terminou em terceiro na categoria Master, e no ano passado,
após um problema na última etapa, acabou em quarto lugar na classificação.

– Comecei o ano bem, vencendo no Rio Grande do Sul, mas depois acabei tendo
uns problemas no meio da temporada. No final consegui uma boa arrancada e
garanti o título aqui em Campo Largo. Esse título dá muito motivação. Terminei o
ano com 100%, sendo campeão catarinense, brasileiro e sul-brasileiro. Agora já
começo a pensar em defender o título no ano que vem – garantiu.

Além de Cascaes, outros cinco pilotos garantiram os títulos de campeões
brasileiros nas demais categorias da modalidade. Henrique Ribeiro foi o campeão
na Senior, com Alexsander Mainardi em segundo e Hajime Yokoyama em terceiro. Na
Júnior o título ficou com Krishnamurti Balbinot, com Emerson Tiago em segundo e
Saule Bernardi em terceiro. Entre os mais experientes, Marcio Galatto faturou a
Over40, com José Alexandre Tommaso em segundo e Péricles Dutra em terceiro. Na
Over50, título para Wilmar Possamai, com Amilar Rodrigues em segundo e Altair
Bordignon em terceiro. Fechando as categorias, Dalmar Rodrigues foi o campeão da
Novatos, tendo Mateus Pereira como vice e Bruno Mattos em terceiro.

– O campeonato deste ano foi bastante disputado. Tanto é que as principais
categorias foram decididas somente na última etapa. Comparado a outros anos,
tivemos um número bem maior de pilotos em todas as etapas – declarou Alfredo
Miranda, diretor nacional de Enduro da Confederação Brasileira de Motociclismo.
– Já acertamos as provas e as federações que irão realizar as etapas do ano que
vem. Iremos repetir a mesma fórmula. O calendário está elaborado e devemos
anunciá-lo na semana que vem – completou Alfredo.

A 15ª e a 16ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade
tiveram organização da Equipe Aroeira. A prova também foi válida pela Copa Trail
Clube de Curitiba, pelo Campeonato Paranaense e pelo Campeonato Sul-Brasileiro
da modalidade. A supervisão foi da Federação Paranaense de Motociclismo (FPRM) e
da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Confira a classificação final do Brasileiro:

MASTER
1º – Guilherme Cascaes – 272 pontos
2º – Sandro Hoffmann – 270
3º – Dario Julio – 234

SENIOR
1º – Henrique R. de Castro – 221 pontos
2º – Alexsander Mainardi – 208
3º – Hajime Yokoyama – 162

OVER40
1º – Marcio Roberto Galatto – 283 pontos
2º – José Alexandre Tommaso – 226
3º – Pericles C. Lopes Dutra – 208

OVER50
1º – Wilmar Possamai – 272 pontos
2º – Amilar Jose Rodrigues – 228
3º – Altair Bordignon – 140

JÚNIOR
1º – Krishnamurti Balbinot – 267 pontos
2º – Emerson Tiago – 152
3º – Saule Bernardi – 145

NOVATO
1º – Dalmar Rodrigues – 147 pontos
2º – Mateus Pereira – 85
3º – Bruno Mattos – 76

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly