Campeões fazem a festa na Etapa final do MX Rondoniense

Por FMR | Foto por Divulgação | 02 de novembro de 2011 - 19:31

Prestigiados por uma público superior a cinco mil
pessoas presentes na pista do motódromo Lauro Ceconi, em Alvorada do Oeste, no
último fim de semana, os pilotos proporcionaram mais um show de adrenalina,
emoção e velocidade na Etapa Final do Campeonato Rondoniense de Motocross 2011.
Decidindo os últimos campeões da temporada de MX estadual, a prova foi das mais
fortes, com os pilotos dando o máximo na busca de encerrar o ano com uma boa
classificação. Após um dia intenso de grandes pegas na pista, foram conhecidos
os últimos quatro campeões do ano no motociclismo de Rondônia.

Rodrigo Selhorst

Sem nenhuma surpresa,na categoria Kids o título
ficou com Luiz Gustavo # 6, (Mastter Moto) de Porto Velho, na MX Estreantes,
Felipe Carvalho # 112 (Canopus Moto), de Rolim de Moura confirmou a conquista,
na MX3, Evandro Bucioli # 27, (Deputado Lebão/Kaká Posto de Molas), de Rolim de
Moura garantiu a conquista, enquanto na M

Luiz Gustavo é campeão da categoria Kids

Na disputa da categoria Kids para motos Honda de
50cc, envolvendo pilotos de até 11 anos de idade, além da correria dos pais
acompanhando seus pequenos competidores, a disputa foi marcada por uma grande
pega envolvendo orlando Netto # 222, de Ariquemes, e Guilherme Maschio # 103,
de Pimenta Bueno. Largando bem e com uma arrancada perfeita, Guilherminho
assumiu a ponta, com Netinho na sua cola durante os 10 minutos de provas, até
que nas voltas finais, Orlando Netto passou á frente, para vencer a prova, com
Guilherme Maschio em segundo e Luiz Gustavo # 6 na terceira posição. Com o
resultado, o título de campeão da temporada ficou com Gustavinho que chegou aos
120 pontos ganhos, contra 112 de Netinho vice campeão e 111 de Guilherme,
terceiro colocado da categoria Kids em 2011.

Lucas Belém fecha a temporada com vitória na 65cc

Líder absoluto da categoria 65cc, o piloto Lucas
Belém # 444, de Vilhena não deu chances aos seus concorrentes diretos. O piloto
que havia vencido as outras sete baterias disputadas na atual temporada, voltou
a fazer uma corrida tranqüila, andando no seu ritmo para cruzar a linda de
chegada em primeiro lugar e garantir os 100% de vitórias pelo segundo ano
consecutivo. Com a conquista deste ano, Lucas Belém assegurou o tricampeonato
rondoniense na sua categoria (65cc). A surpresa da prova foi a grande
performance do pequeno Guilherme Mascho # 103, de Pimenta Bueno, que pilotando
sua KTM garantiu a segunda posição, chegando a frente de Orlando Netto # 222 de
Ariquemes, seu concorrente direto.

Diego Henning se despede da 85cc com mais uma vitória

Vencedor das três últimas temporadas, ganhando
praticamente todas as provas disputadas na categoria em Rondônia, o piloto
Diego Henning # 191, Equipe Mastter Racing/Honda/ASW/ Win Academia/Saga
Veículos/ColorPress) fez no último domingo a sua última corrida pela categoria
85cc. O tricampeão rondoniense vai disputar a partir da próxima temporada a
categoria MX2, juntando aos grandes nomes como Rodrigo Selhorst, Hugo Amaral,
Cesar Zamboni, Victor Carlos, Cândido Chagas, entre outros pilotos de ponta. Na
disputa da Etapa final, no último fim de semana, em Alvorada do Oeste, Diego
Henning não quis saber de brincadeira e buscar fazer uma despedida com grande
estilo, vencendo a prova de ponta a ponta. A surpresa da prova ficou por conta
de Igor Mateus # 718 (Lojas Graúna/Graúna Sport), de Ouro Preto do Oeste, que
garantiu a segunda colocação, com Lucas Belém em terceiro, Douglas Paganini #
525 em quarto e Mateus Zilli # 99 completando o pódio.

Felipe Carvalho é campeão da MX estreante

Na disputa da categoria MX Estreantes, o piloto
Felipe Carvalho # 112 (Canopus Motos), de Rolim de Moura confirmou o seu
favoritismo e imprimindo um ritmo bastante forte, venceu a prova de ponta a
ponta, com Mailson Evandro # 132 (Veipeças/CollorPress/Saga Veículos) em
segundo e Thiago Rigon # 812 (Pica Motos Yamaha) na terceira posição. Sem a
presença de Talles Rodrigues # 63 na prova, a largada aconteceu com Walcenir
Montes “Leitão” # 102 (Retifica Retirama)largando bem e assumindo a ponta, com
Felipe na sua cola. Ainda nas primeiras volta, Leitão perde o traçado e cai
loco após a sessão de costelas, com isso Felipe assume a ponta para se manter á
frente até a bandeirada final. Arnaldo Pereira # 122 (Cometa Moto Norte), de
Alvorada do Oeste depois de dura disputa com Thiago Rigan, terminou na quarta
posição, com Felipe Cordeiro # 85, Cacoal, na quinta posição. Com mais esta
vitória, Felipe Carvalho sagrou-se campeão, somando o segundo título da
temporada, ele que havia assegurada por antecipação o título da Força Livre
Nacional.

Riderson vence disputa na Força Livre Nacional

Mesmo com o campeão já declarado com uma prova de
antecedência, sendo que Felipe carvalho # 112 (Canopus Motos), de Rolim de
Moura já havia sagrando-se campeão na prova de Ariquemes, a disputa da
categoria Força Livre Nacional foi bastante movimentada e cheia de imprevistos.
Na primeira bateria, Riderson Carlos # 80 (Equipe Mastter Racing) largou bem e
abriu boa vantagem com Felipe em segundo. Numa das curvas, Riderson entrou
forte e perdeu o traçado, perdendo também a ponta para Felipe que liderou com
folga até ás últimas voltas, quando sua moto parou, tirando o da prova. Víctor
Carlos # 4 (Ciclo Cairu/Expresso Cacoal), vinha em segundo e assumiu a ponta
para cruzar a chegada em primeiro lugar. Na segunda bateria, mais uma vez
Riderson largou na ponta, com Felipe Carvalho em segundo e Vitim em terceiro,
antes da metade da prova, novamente a moto e Felipe falha e o campeão volta a
abandonar a prova. Riderson se mantém na frente e vence, com João Roberto
Chagas # 39 (Chagas Madeira/Farmácia Brasil), em segundo e Vitim em terceiro.

Brizola vence, mas título da MX fica com Evandro Bucioli

O experiente Alberto Maschio “Brizola” # 103 (
Mastter Honda Motos), de Pimenta Bueno, uma das referencias do motociclismo de
Rondônia, seis vezes campeão Estadual de MX2 e vice campeão brasileiro da
categoria, voltou a andar bem e venceu a etapa do último fim de semana, na
categoria MX3. O piloto que perdeu algumas provas devido seguidos problemas
mecânicos, largou bem e se manteve á frente dos demais vencendo com volta nas
duas baterias. Elias Marinho # 959 (Champion Motos Ciclo Cairu) que também
estava na corrida pelo título da temporada, foi o segundo classificado, com
Evandro Bucioli # 27, na terceira posição, resultado que garantiu a Evandro o
título de campeão da categoria na temporada 2011.

Rodrigo vence prova e conquista título na MX2

De volta as pistas após dois anos sem competir, o
experiente Rodrigo Selhorst # 8 , de Espigão do Oeste não deixou por menos e
mesmo com uma boa vantagem sobre o adversário Hugo Amaral # 51, Rodrigo não se
contentou em apenas administrar o resultado, vencendo a etapa final para
sagrar-se campeão da temporada 2011 de MX2. Na primeira bateria, Hugo Amaral ,
vice líder, mostrou sua força largando bem e abrindo boa vantagem até receber a
bandeira final com Rodrigo Selhorst em segundo e Cesar Zamboni # 172 (Equipe
Mastter Racing/Honda/ASW/ Win Academia/CollorPress/Saga Veículos), de Juína-Mt
na terceira posição. Zamboni que está voltando de contusão após duas etapas
fora, na segunda bateria, largou na ponta, com Hugo Amaral e Rodrigo perdendo
algumas posições na largada. Aos poucos os dois pilotos encostaram em Zamboni e
Rodrigo logo passou. Hugo também passou e se aproxima de Rodrigo para maus um
duelo, perdeu o traçado e algumas posições. Rodrigo venceu, com Zamboni em
segundo e Hugo Amaral em terceiro. Com o resultado, Rodrigo galgou o título de
campeão, mostrando toda a sua experiência de um piloto campeão nacional.

Para a realização da etapa final do Estadual de
Motocross 2011, a Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR contou com a
parceria do prefeito Laerte Gomes, piloto Arnaldo Pereira, e apoio do Governo
de Rondônia, senador Valdir Raupp, senador Acir Gurgacz, deputada federal
Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputado federal Moreira Mendes,
deputado estadual Valdivino Tucura, Kaká Mendonça, Castilho Estruturas
Metálicas, Cairu Transportes, Ciclo Cairu, Decar Auto Peças e Rondoniaovivo.

Classificação geral da 8ª Etapa do Estadual de Motocross 2011

50cc

1° – # 222 – Orlando Netto – Ariquemes

2° – # 103 – Guilherme Maschio – Pimenta Bueno

° – # 6 – Luiz Gustavo – Porto Velho

4° – # 40 – Lucas de Paula – Porto Velho

5° – # 80 – Raomi Carlos – Porto Velho

65cc

1° – # 444 – Lucas Belém – Vilhena

2° – # 103 – Guilherme Maschio – Pimenta Bueno

3° – # 222 – Orlano Netto – Ariquemes

4° – # 99 Iago Conrradi – Sapezal – MT

5° – # 6 – Luiz Gustavo – Porto Velho

85cc

1° – # 191 – Diego Henning – Porto Velho

2° – # 718 – Igor Mateus – Ouro Preto do Oeste

3° – # 444 – Lucas Belém – Vilhena

4° – # 525 –Douglas Paganini – Ouro Preto do Oeste

5° – # 99 – Mateus Zilli – Vilhena

MX Estreantes

1° – # 112 – Felipe Carvalho – Rolim de Moura

2° – # 132 – Mailson Evandro – Porto Velho

3° – # 812 – Thiago Rigon – Cacoal

4° – #122 – Arnaldo Pereira – Alvorada do Oeste

5° – # 85 – Felipe Cordeiro – Cacoal

Força Livre Nacional

1° – # 80 – Riderson Carlos – Rio Branco-AC

2° – # 4 – Victor Carlos – Cacoal

3° – # 55 – Kleiton Klitzke – Ariquemes

4° – #123 – Guilherme Perondi – Vilhena

5° – # 14 – Fábio Moura – Cacoal

MX3

1° – # 103 – Alberto Maschio – Pimenta Bueno

2° – # 959 – Elias Marinho – Porto Velho

3° – # 27 – Evandro Bucioli – Rolim de Moura

4° – # 81 – Jean Carlos – Porto Velho

5° – # 10 – Nidval Amaral – Ji-Paraná

MX2

1° – # 8 – Rodrigo Selhorst – Espigão do Oeste

2° – # 51 – Hugo Amaral – Porto

3° – # 172 – Cesar Zamboni – Juína-MT

4° – # 191 – Diego Henning – Porto

5° – # 4 – Victor Carlos – Cacoal

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly