Resultados Campeonato Gaúcho e Brasileiro Júnior em Terra de Areia

Por Bolivar Trindade | Foto por Bolivar Trintade | 15 de novembro de 2011 - 12:50

A sexta etapa que ocorreu neste fim de semana em Terra deAreia demonstrou a importância do
Motocross Gaúcho, esta etapa do Rinaldi Gaúcho de MotoCross foi
realizada em conjunto com a quarta etapa do Brasileiro de Motocross Junior,
pilotos de diversos estados e até mesmo do exterior estiveram presentes, mas
não apenas pelo Brasileiro Junior mas também  devido a proximidade com Santa Catarina vários
pilotos deste estado se fizeram presentes no evento, engrandecendo o evento comacirradas disputas.

Pipo Castro

O fim de semana foi de tempo encoberto, mas a energia
positiva do Motocross evitou que a chuva que girou em tornou do circuito
causasse maiores problemas não passando apenas de garoa.

A pista fica bem próxima a sede do município em um pequeno
morro circundada por uma linda paisagem que era muito comentada pelas pessoasde outras regiões.

Confira abaixo como foram as provas e os destaques do evento:

O dia começou com um café da manhã oferecido pela prefeitura
de Terra de Areia, demonstrando grande hospitalidade.

65cc

Quem largou na frente foi Gabriel Della Flora que segurou a
primeira colocação somente durante parte da primeira volta, Enzo Lopes assumiu
a ponta conduzindo a sua moto até o final da Bateria, apesar de liderar a prova
Enzo não conseguiu abrir grande diferença de Gabriel que se manteve próximo por
toda prova. Como Enzo não pontua no campeonato Gabriel Della Flora continua
invicto no campeonato aumentou ainda mais a sua vantagem na liderança, eles
foram seguidos de Gabriel Favero de Londrina no Paraná, Felipe Migliorini em
quarto e Bernardo Picoli na quinta posição.

 

MX4

Marcelo Alan Agostini liderou a prova de início ao fim,
abrindo grande vantagem sobre os demais companheiros, Carlos Ketermann
finalizou em segundo, seguido de Leo Lopes, na quarta posição Eduardo Timm
Bargmann e completando o pódio Fabiano Kubaski em quinto.

 

50CC a/b

Na prova da categoria de entrada do Motocross que também era
válida pelo Brasileiro de Motocross Junior começou pelo Holleshot do Mineiro Carlos
Eduardo Barros seguido de Matheus Favero e Bernado Zappellini, estas posições
não se mantiveram, Matheus ultrapassou Carlos Eduardo ainda na primeira volta
mantendo-se nestas posições até o final, os Marauenses Pedro Morais e Bernardo
Picoli concluíram em terceiro e quarto lugares e o catarinense Bernardo
Zappellini finalizou em Quinto lugar. Na categoria 50cc A, Gabriel Andrigo
subiu ao lugar mais alto do pódio acompanhado de Garmichael em segundo,
Cristyan Rian em terceiro e Bruno Chavier em quarto lugar.

 

MXJR

A categoria teve holleshot de Northon Carvalo, que ainda na
primeira volta cedeu a posição para o Uruguaio Nicolas Rolando, durante a
segunda volta da prova o catarinense Tauan Brenner roubou a posição do uruguaio
e ambos travaram uma grande disputa até o final da prova quando o uruguaio
entrou pelo de fora do duplo da parte baixa da pista, fez o “S” na curva e
conseguir superar Tauan finalizando com Nicolas em primeiro, Tauan em segundo e
na disputa regional que também foi muito acirrada, Lucas Kerchner conseguiu
superar João Pedro Vicelli, finalizando o pódio em quinto Northon Carvalho.

 

MX3

A categoria com maior número de inscritos do dia teve
holleshot do Carioca Walter Tardin que conseguiu manter a posição por algum tempo,
cedendo o lugar para Marcelo Agostini que já havia ganhado a MX4 e conseguiu
repetir o feito na MX3, o segundo lugar ficou para o catarinense Erivelto
Nicoladelli, seguido por Eder Antoniazzi, Frederico Andrigo finalizou em quarto
e Walter Tardin em quinto.

 

85CC

Enzo Lopes fez o holleshot da categoria e liderou até o
final da prova, mas não teve facilidade nesta prova, foi seguido de perto pelo
catarinense José Bryan Soares que finalizou em segundo, em terceiro chegou o
gaúcho Nicolas de Oliveira seguido em quarto pelo Guilherme Zaparoli e Henrique
Araújo em quinto lugar, a prova finalizada com uma pequena antecipação para
evitar acidentes, a pista estava muito lisa e começava a chover, o diretor de
prova optou pela Bandeira Vermelha e ficou valendo a última passagem de cada
piloto.

 

MX2

Esta foi a prova mais disputada do dia, emocionante de
início ao fim e com um final surpreendente com diferença entre o primeiro e o
segundo lugares com apenas 0,015 segundos. Mateus Basso de Gentil fez o
holleshot sendo seguido de perto por Nicolas Rolando. Após algumas voltas
Cristopher Castro (Pipo) conseguiu superar o segundo pelotão formado pelo
Uruguaio Nicolas,  Pinho Ribeiro e
Leonardo Sebben alcançando a segunda colocação e iniciando um embate entre os
dois ponteiros até o final da prova. A diferença dos dois pilotos a cada volta
praticamente não se alteravam, numa das curvas próxima do público o Mateus
optou por fazê-la por dentro e Pipo por fora na esperança de reduzir o tempo,
volta após volta isso parecia não fazer diferença, após várias investidas Pipo
obteve êxito e conseguiu ultrapassar Mateus que passou pressionar Pipo, na
última volta Pipo optou por fazer aquela mesma curva por dentro enquanto Mateus
inverteu fazendo por fora, isso fez diferença para o Mateus que encostou na última
curva e cruzaram juntos linha de chegada, Mateus Basso chegou a comemorar, mas
pela diferença de 0,015 segundos a vitória era do Cararinense. Os dois foram
acompanhados no pódio por João Pedro Pinho Ribeiro, Leonardo Sebben em quarto e
Lucas Basso em quinto lugar.

 

ESTREANTES

A prova começava com um forte vento que causou danos a
alguns elementos de cenografia da pista, na largada Moises Lazaroto o Laza
saltou na frente fazendo o holleshot, após algumas poucas voltas houve um
acidente onde o piloto Joel Mezetta caiu e precisou de primeiros socorros
dentro da pista, a prova foi paralisada e tivemos uma nova largada onde Lucas
Kerschner fez o holleshot e segurou a posição até o fim, ele foi seguido de
João Pedro Vicelli, Moises Lazarrato, Maiara Basso e Gabriel Mattes.

 

MX1

Fredy Andrigo garantiu o holleshot, mas não conseguiiu
segurar a posição por muito tempo,  Pipo
Castro ultrapassou o Fredy e passou a ser seguido por Mateus Basso que fez forte
pressão novamente ao Catarinense, finalizaram a prova nestas posições seguidos
pelo Duda Parise, Jethro Feula e Lucas Basso.

 

FEMININA

Bruna Bartz, atual campeã brasileira fez o holleshot mas não
conseguiu segurar a posição, Maiara Basso assumiu a ponta e tirou grande
distância da Bruna que finalizou em segundo, seguida da Janaina Todeschini,
Jennifer Pereira e Fernanda Kubaski.

 

INTERMEDIÁRIA MX

Marcelo Dahmer puxou a fila da Intermediária enquanto que João
Pedro Pinho Ribeiro lutava no segundo pelotão , Pinho Ribeiro conseguiu superar
todos e finalizou em primeiro, seguido de Rodrigo Galiotto, com Cristian
Tessaro em terceiro, Luis Henrique em quarto e Walter Tardim em quinto.

 

NACIONAL

O Catarinense Cassio Anacleto levou mais um troféu para o
estado visinho, liderou de início ao fim a categoria, sendo seguindo por
Vanderlei Rodrigues, Gedielson Sá, Mauricio Maritan e Guilherme Zottis.

 

MX GOLD

Mais uma vez a vitória foi a Santa Catarina e mais uma vez
para Pipo Castro, ele liderou prova do início ao fim, teve no seu encalço
Douglas Parise que chegou em segundo, em terceiro Jetrho Feula, Mateus Basso em
quarto e Lucas Basso em quinto.

Patrocinadores do Rinaldi Gaúcho de Motocross

O campeonato Rinaldi Gaúcho de Motocross 2011 tem o patrocínio máster de
Rinaldi, Siverst e Mobil, e copatrocínio de Impacto Motos, IMS Equipamentos e
Bel Parts, e apoio de DG Rampas, Motul, Farover, Octano, SSul, Artemoto Troféus
e Mecânica Zapanetti.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly