Paulo Stedile é internado após acidente na final do Brasileiro de Velocross

Por Pro Tork | Foto por Divulgação Pro Tork | 23 de novembro de 2011 - 13:33

Paulo Stedile foi internado na manhã desta terça-feira, dia 22, na Clínica de Fraturas e
Ortopedia XV, em Curitiba (PR), após o diagnóstico de duas costelas quebradas e
uma lesão no pulmão. No último domingo, o atleta sofreu um grave acidente
durante a disputa final do Campeonato Brasileiro de Velocross, realizada em
Witmarsum (SC). Stedile era apontado como um dos favoritos ao título da categoria principal, a VX1.

Paulo Stedile

O piloto que representa a equipe Pro Tork alinhou no gate confiante. Apesar de uma largada
ruim, impôs um ritmo forte e ainda nas primeiras voltas ultrapassou vários
atletas até alcançar o pelotão principal. Ele precisava terminar a prova a
frente de Matheus Basso e estava quase alcançando seu objetivo. Foi então que,
em uma curva, perdeu o controle da moto e caiu, sendo atropelado por Luiz Henrique Zimmermman.

A corrida foi paralisada imediatamente para o atendimento de Stedile, que deixou a pista inconsciente rumo a um hospital da
região. O atleta retomou os sentidos no local, onde fez uma radiografia e
tomografia. Apesar de os primeiros exames não apontarem nenhuma lesão, o piloto
passou a noite em observação, mas na tarde seguinte foi liberado para voltar a
sua cidade natal. Com dificuldade para respirar durante a noite, Stedile resolveu procurar um especialista.

“Já passei por tantos acidentes, sabia que o que eu estava sentindo não poderia ser normal, por
isso, quis refazer a radiografia e a tomografia. Estou em observação e por
enquanto não há previsão de alta, devo realizar ainda mais alguns exames antes
disso. Sinto muita dor na região do tórax, respirar é bastante difícil. Estou
triste pela perda do título desta temporada, mas agora só quero pensar em minha recuperação”, disse.

A prova foi vencida por Carlos Eduardo Franco; Matheus terminou em segundo e garantiu o título da classe. A posição de Stedile
no campeonato ainda é incerta, uma vez que a Confederação Brasileira de
Motociclismo não divulgou a classificação oficial. O resultado poderá ser conferido em breve no site da entidade: www.cbm.esp.br.

A Pro Tork Racing conta com o apoio de Dash Industries.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

luciano disse:

paulinho estava 6 pontos atraz de mateus basso e era favorito au titulo? hahahahahahaha levou carlos franco#317,davis guimaraes#187,luciano boca#41,taborda#18 e mais um piloto n #94 do parana so faltou o balbi e o chumbinho da equipe pro tork pra tentar ajudar o paulimho.
se foce favorito não teria levado todos esses pilotos pra ajudar ele.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly